Marlene Mattos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marlene Mattos
Marlene na gravação do programa Show da Gente
Nome completo Marlene Mattos
Nascimento 27 de abril de 1940 (74 anos)
São José de Ribamar, MA
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Diretora e empresária

Marlene Mattos (São José de Ribamar, 27 de abril de 1940) é uma empresária e produtora de televisão brasileira. Além da "Rainha dos Baixinhos" Xuxa Meneghel, Marlene Mattos também agenciou a carreira de diversos ídolos do esporte, por exemplo, as jogadoras de volei Virna e Leila, os futebolistas Dida e Kaká e o ex-nadador Xuxa.[carece de fontes?]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi durante quase duas décadas a empresária da apresentadora Xuxa. As duas se conheceram em 1983, quando Marlene trabalhava na TV Manchete, porém em 10/07/2002 o jornalista João Gabriel de Lima escreveu na Revista Veja, que as duas romperam relações pessoais e profissionais.

Em 1985 Marlene começou a trabalhar na Rede Globo como datilógrafa e passou por várias áreas diferentes.

Em 1993 Marlene foi a responsável pela vinda da Dangerous World Tour, de Michael Jackson, para o Brasil. De todas as turnês do Astro Pop, essa foi a única que aterrissou no Brasil.[carece de fontes?]

Mattos saiu do anonimato quando, em 1998, com o nascimento da filha de Xuxa, a cantora Rita Lee, durante um show no Metropolitan, declarou: "Aquele homem Marlene Mattos vai processar a Sasha. Porque ela está sugando a Xuxa."[1]

Em 2000, foi promovida a diretora de núcleo, um dos cargos mais altos da emissora. Foi também diretora do Programa Mais Você de Ana Maria Braga.[carece de fontes?] Em 2002, Xuxa e Marlene Mattos romperam a parceria. Atualmente é diretora, produtora e tem uma agência de casting de atores.[carece de fontes?] Em abril do mesmo ano, ela assinou contrato com Kléber de Paula, o Bambam, ex-Big Brother Brasil, entre outros.[carece de fontes?] Em 2004 após 19 anos na Rede Globo ela trocou a emissora pela TV Bandeirantes, lá exerceu o posto de diretora artística por 10 meses. A saída de Marlene da Bandeirantes ocorreu em 1º de novembro de 2004.[carece de fontes?]

Em 2009, o jornal Folha de São Paulo e o colunista João Paulo Cabral, do site Revista Universo, anunciaram Marlene como nova diretora do SBT. Ela foi responsável pelo programa de Netinho de Paula, o Show da Gente que estreou no dia 9 de maio de 2009, mas teve sua transmissão interrompida em março de 2010 em função do Netinho de Paula disputar o cargo de Senador em São Paulo nas eleições daquele ano, mesmo não eleito, o programa não voltou ao ar. Devido a isso a diretora deixou a emissora para se dedicar a um projeto de documentário sobre a Amazônia.[carece de fontes?]

Referências

  1. (30/12/1998) "Frases". revista IstoÉ: 16. ed. Três. ISSN 0104-3943.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Marlene Mattos