Marrina Smallwood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marrina
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Alpha Flight #1
Criado por John Byrne
Características do personagem
Alter ego Marrina Smallwood MacKenzie
Espécie Plodex
Terra natal Newfoundland, Canadá
Afiliações Tropa Alfa
Tropa Beta
Tropa Gama
Os Vingadores
Codinomes conhecidos leviatã, manipuladora.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Marrina é um personagem de quadrinhos na Marvel Comics, foi membro da Plodex. Ela era um membro da Tropa Alfa, e um membro honorário dos Vingadores. Sua primeira aparição foi em Alpha Flight #1.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Tropa Alfa[editar | editar código-fonte]

Thomas Smallwood, um humilde pescador, encontra um ovo estranho no mar, durante uma pesca no Oceano Atlântico, Thomaz pega o ovo e o leva para sua casa. Sua mulher, Gladys Smallwood, toca o ovo, que se abre e revela uma criança verde. Os dois adotam a a criança e a dá o nome de Marrina. quando ela atinge a maturidade, seus pais informam ao governo que tem uma filha subre-humana, então o governo a coloca em programa de treinamento para mutantes, a Tropa Gama. Logo Marrina sobe de categoria e participa da primeira formação da Tropa Alfa, no entanto, o programa perde o financiamento do governo. No entanto, alguns membros se unem e resolvem manter a equipe sem ajuda do governo.[2]

Algum tempo depois Marrina foi sequestrada pelo Mestre do Mundo, um antigo inimigo da Tropa Alfa. Ele estava determinado a destrui-la, pois ele havia sido transformado pelos Plodex, e Marrina era a última sobrevivente da espécie na Terra. Então ele conta para ela qual era a sua origem. Os Plodex procuravam novos planetas e os semeavam com seus ovos, dentro deles existiam seres com estrutura genética variável. Estes seres copiavam a estrutura genética da espécie dominante do planeta, e, assim, conseguiam sobreviver. O Mestre acreditava que somente destruindo a raça de Marrina estaria livre para dominar a Terra sem nenhuma oposição. Antes do Mestre do Mundo conseguir matar Marrina, Namor, o Príncipe Submarino e a Tropa Alfa conseguiu salvá-la.[3] Depois foi visitar Atlântida, a pedido de Namor, logo os dois se apaixonam. No entanto Mestre encontra outro membro da Plodex na Terra, mas esse tinha uma forma monstruosa e que se entregou totalmente aos seus instintos. Mestre deixou a criatura cometer uma série de assassinatos, e Marrina começou a investiga-los. Ao se aproximar da criatura, seus instintos selvagens foram desencadeados. Ela atacou Pigmeu e o Príncipe Submarino, que haviam a seguido, porém todos eles foram capturados pelo Mestre do Mundo. Na base do ela confrontou o Plodex. Quando o submarino onde eles estavam explodiu, Marrina fez Namor achar que ela havia morrido na explosão. Acreditand ser um monstro, Marrina deixou todos para levar uma vida solitária no mar.[2]

Os Vingadores[editar | editar código-fonte]

Tendo, aparentemente, superado suas tendências selvagens, Marrina voltou e se casou com Namor, se tornando a rainha de Beluvia. O reino de Beluvia falha e os dois retornam a suerfície. Namor então aceita se afiliar ao Vingadores, Marrina também se torna membro da equipe. Sem saber que estava grávida (a princípio, ela achava que a gravidez era psicológica), ela se transformou em uma gigantesca criatura, que se assemelhava ao monstro mítico Leviatã. Depois de destruir várias frotas de navios e devastar Atlântida, os Vingadores começam a caça-la. Finalmente, o Príncipe Submarino a feriu mortalmente com a espada de Ébano do Cavaleiro Negro.[4] Marrina, cujo o corpo havia voltado ao normal, foi enterrada por Namor com honra, pois havia sido sua companheira e também por ter sido membro dos Vingadores. No entanto, mais tarde o Mestre do Mundo disse que, "Agora ela dorme uma morte falsa sob as ondas"[5] . Este fato foi revisitado mais tarde, quando Warbird invadiu covil do Mestre e viu o corpo de Marrina flutando em um tanque de água.[6]

Algum tempo depois os Vingadores descobrem um ninho, feito do restos da Leviatã e ovos já chocados. Dando a entender que um número desconhecido de filhotes de Plodex haviam fugito para a vastidão do Oceano Atlântico. Quando a Terra é atacada por Kang, Mestre do Mundo fica furioso com seu novo inimigo, alegando ser o guardião do planeta, ele lançou um contra-ataque. Agora os Vingadores tinham uma batalha dupla. Quando conseguiram deter o Mestro do Mundo, eles assumiram o controle de sua base de operações, dentro dela descobriram que ele havia localizado material genético necessário para criar uma raça de guerreiros Plodex, mas eles não conseguiram encontrar o corpo de Marrina no laboratórios de genética do Mestre. Infelizmente, a base do Mestre e os seus equipamentos desapareceram na Terra logo que o conflito terminou.[1] [2] .

Reinado Sombrio[editar | editar código-fonte]

Durante o Reinado Sombrio, Marrina ressurge sob custódia Norman Osborn e ele a usa como um plano contra Namor (que recentemente o traiu e se aliou aos X-Men). Como ela virou sua prisioneira é desconhecido, no entanto Osborn revela que ele teve seu DNA modificado, fazendo dela um leviatã em forma de cobra, impulsionado por uma fome que só pode ser saciada com o sangue da Atlântida. Uma vez liberada, Marrina causa estragos no reino submarino, ferindo e matando muitos atlantes. Namor e os X-Men elaboram um plano: Usar os poderes de Magik e Fada e transportar todos os atlantes, deixando Namor como única isca. Uma vez que ela se aproxima de nova base dos X-Men, a Utopia, Namor percebe que quem ela é. As Irmãs Stepford leem sua mente, revelando que não há nada, apenas a fome, raiva e ódio. Sem opção, eles batalham com ela. Os esforços combinados de Namor e os X-Men enfraquecem a serpente do mar, o suficiente para que Namor a arraste para o fundo do mar, onde ele realiza um golpe de misericórdia, que termina com a vida de Marrina. Namor então leva seu cadáver para a torre dos Vingadores e o joga pela janela do escritório de Norman Osborn.[1] [7]

Guerra do Caos[editar | editar código-fonte]

Duranta a Guerra do Caos, Sasquatch faz um acordo com as Great Beasts, para que os membros mortos da Topa Alfa voltem a vida. Marrina está entre estes membros.[8] Durante a batalha eles descobrem que as Great Beasts, apenas os usaram para eliminar Amatsu - Mikaboshi, o Rei do Caos. Se sentindo usados, os membros que voltaram se dividiram em dois grupos, os que queriam ficar vivos e os que queriam voltar para o mundo dos mortos. Com o tempo, Marrina começou a voltar a sua forma de leviatã, e isso foi necessário para convencê-la que ela deve retornar para a morte. No entanto, eles descobriram que não podiam mais voltar. Sendo assim, Marrina se junta aos outros membros da tropa e ajuda a derrotar o Rei do Caos.[1] [9]

Realidades Alternativas[editar | editar código-fonte]

House of M[editar | editar código-fonte]

Em House Of M #6, Marrina aparece em uma festa realizada por Magneto para celebrar a vitória de mutantes da humanidade, ao lado do marido, Namor.[10]

Referências

  1. a b c d "Marrina" (em inglês) ComicVine. Visitado em 29 de novembro de 2011.
  2. a b c "Marrina" (em inglês) Marvel. Visitado em 3 de Dezembro de 2011.
  3. Alpha Flight #1
  4. Avengers vol. 1 #291-293; Alpha Flight #15-16
  5. Alpha Flight #78
  6. The Avengers vol. 3, #47-48
  7. Dark Reign the List: X-Men
  8. Chaos War: Alpha Flight #1
  9. Chaos War #5
  10. House Of M #6