Martin Esslin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martin Esslin
Pereszlényi Gyula Márton (em Húngaro)
Nome completo Julius Pereszlényi
Nascimento 6 de junho de 1918
Budapeste, Hungria
Morte 24 de fevereiro de 2002 (83 anos)
Londres, Inglaterra
Nacionalidade Húngaro
Ocupação argumentista, jornalista, adaptador, tradutor, crítico, acadêmico e erudito
Principais trabalhos Teatro do Absurdo

Martin Julius Esslin (Budapeste, Hungria, 6 de junho de 1918, Londres, Inglaterra, 24 de fevereiro de 2002) foi um produtor, argumentista, jornalista, adaptador, tradutor, crítico, acadêmico e erudito professor de arte dramática, mais conhecido por ter cunhado o termo "Teatro do Absurdo" no seu trabalho hômonimo, de 1962. Foi eleito, segundo John Carter, "o texto teatral mais influente dos anos 1960".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Esslin cunhou o conceito de "Teatro do Absurdo" para descrever um grupo de dramaturgos não-naturalistas, que dramatizaram a natureza estranha e sem sentido da vida, onde não há certezas ou finalidades. De acordo com Esslin, "o declínio da crença religiosa privou o homem das certezas. Quando não é mais possível aceitar completos sistemas fechados de valores e revelações do propósito divino, a vida deve ser encarada como em sua realidade última e absoluta. [1]

Esslin viveu e cresceu em Viena e foi influenciado pelo seminário que o diretor alemão Max Reinhardt ministrou em 1928 sobre a arte dramática. De ascendência judaica, Esslin deixa Viena em 1938 após a anexação desta por Hitler em 1938 e vai vivem em Londres, indo trabalhar na BBC, onde foi chefe do Rádio Drama, entre 1963 e 1977. Depois de deixar a BBC trabalha como professor na Florida State University e depois na Universidade de Stanford. Ele dirigiu também muitas obras traduzidas e adaptadas a partir do original alemão, entre elas as peças de Wolfgang Bauer (entre 1967 e 1990).

Publicações[editar | editar código-fonte]

português
  • O Teatro do Absurdo. Rio de Janeiro: Zahar, 1978, tradução Barbara Heliodora, prefácio Paulo Francis.
  • Uma Anatomia do Drama. Rio de Janeiro: Zahar, 1978, tradução Barbara Heliodora.
  • Artaud. São Paulo: Ed. Cultrix, 1978, tradução James Amado.
  • Brecht: dos males, o menor: um estudo crítico do homem, suas obras e suas opiniões. Rio de Janeiro: Zahar, 1979, tradução de Barbara Heliodora.
inglês
  • Absurd Drama
  • Absurd Drama (Introduction)
  • An Anatomy of Drama (1965)
  • Artaud (1976)
  • Artaud and The Age of Television (1981)
  • Brecht : Das Paradox des politischen Dichters - dtv(-Taschenbücher)
  • Brecht: A Choice of Evils (1959)
  • Brecht: The Man and His Work
  • Brief Chronicles: Essays on Modern Theatre
  • Espedair Street Special (Abacus Books)
  • Harold Pinter
  • Illustrated Encyclopaedia of World Theatre
  • Mediations: Essays on Brecht, Beckett, and the Media
  • Peopled Wound: Plays of Harold Pinter. Methuen young books; First Edition (1970)
  • Pinter the Playwright (Modern theatre profile) (Plays and Playwrights)
  • Pinter: A Study of His Plays
  • Reflections: Essays on Modern Theatre
  • Samuel Beckett: A Collection of Critical Essays (Editor)
  • Shakespeare, Our Contemporary (Introduction, some editions)
  • The Absurdity of the Absurd (Interpreting Literature - 5th Edition)
  • The age of television
  • The Anatomy of Drama (1965)
  • The Encyclopedia of World Theater:
  • The Field of Drama: How the Signs of Drama Create Meaning on Stage and…
  • The Genius of the German Theatre
  • The Language of Drama; Drama as a Language
  • The New Theatre of Europe: An Anthology (4 Volumes)
  • THE PEOPLED WOUND: THE WORK OF HAROLD PINTER
  • The Peopled Wound: The Work of Harold Pinter (1970)
  • Theatre of the Absurd - A history and analysis of this dramatic movement, which includes the work of such dramatists as Beckett, Ionesco, Genet and Pinter (1961).
  • Theatre of the Absurd: Essential Reading List - A must-read list for anyone interested in absurdist theatre.
  • Three Plays of the Absurd

Referências

  1. O Teatro do Absurdo, 1961, 3a ed, 1980

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

inglês
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.