Martin Nowak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martin Nowak
Matemática e Biologia
Naturalidade Áustria
Nacionalidade Austríaco
Nascimento 1965 (49 anos)
Local Viena
Atividade
Campo(s) Matemática e Biologia
Instituições Universidade Harvard
Alma mater Universidade de Viena
Instituto Max Planck
Universidade Oxford
Universidade de Princeton
Instituto de Estudos Avançados de Princeton
Conhecido(a) por Evolução da cooperação, Dinâmica dos virus, Dinâmica da Evolução, Jogos espaciais, Evolução da linguagem, Dinâmica do cancer
Prémio(s) Weldon Memorial Prize
Prêmio(s) Albert Wander Prize
Religião Católico


Martin Andreas Nowak é professor de biologia e matemática e diretor do programa de Dinâmica da Evolução na Universidade de Harvard.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Estudou bioquímica e matemática na Universidade de Viena, obteve seu doutorado em 1989 trabalhando com Peter Schuster na teoria das quase espécies e com Karl Sigmund na evolução da cooperação. Em 1989 mudou para a Universidade Oxford como um scholar Erwin Schrödinger para trabalhar com Robert May. Em 1998 mudou novamente para o Instituto de Estudos Avançados de Princeton para estabelecer o primeiro programa em Biologia teórica. Em 2003, Nowak foi selecionado pela Universidade Harvard como professor de matemática e biologia.[1] è o diretor do Programa da Dinâmica da Evolução[2] que foi iniciado com verba de uma doação de U$310 milhões doados por Jeffrey Epstein e sua fundação,[3] amigo de Nowak e que já o finaciara antes..[4] [5]

Nowak trabalha na dinâmica de doenças infecciosas, genética do cancer, na evolução da cooperação e na linguagem humana Venceu vários prêmios importantes[6] e seu livro Evolutionary Dynamics: Exploring the Equations of Life[7] publicado em 2006 foi aclamado pela crítica especializada[8] [9] .

Em 2010, materia publicada por Nowak, E.O. Wilson e C. Tarnita na Nature argumentava que a teoria padrão da seleção Natural representa uma solução mais simples e melhor que a teoria de seleção de parentesco na evolução da eusocialidade .[10] Este trabalho foi duramente criticado pelos proponentes da teoria do exercício inclusivo.[11] [12] [13] [14] Nowak manteve a posição que as descobertas em sua publicação eram conclusivas e que o campo da evolução social deveria se mover por sobre as limitações impostas por essa teoria.[15] [16]

Supercoperadores[editar | editar código-fonte]

Em 2011 seu livro "Supercoperators:The Mathematics of Evolution, Altruism and Human Behaviour (Or, Why We Need Each Other to Succeed)" foi publicado em co-autoria com Roger Highfield.

Manfred Milinski na Nature descreveu o livro como parte autobiografia, parte manual e lido como uma novela best seller e sugeriu que embora Nowak estivesse certo quanto à necessidade das teorias do parentesco necessitarem de revisão , era muito cedo para revelar qual ideia sobraria dos testes empíricos. Já David Willetts, no Financial Times, descreveu o livro como como um excelente exemplo do uso da razão da biologia evolucionária, a teoria dos jogos e neurociências para entender o desenvolvimento da cooperação na sociedade e sugeriu que todos os políticos poderiam se inspirar e tirar novas ideias dos recursos intelectuais desse excitante enfoque [17]



Referências

  1. Bio-details used with thanks from the PED website
  2. http://www.ped.fas.harvard.edu
  3. Financier pledges $30 million to support Harvard researcher, The Associated Press, 7 February 2003
  4. Landon Thomas Jr. (2002-10-28). Jeffrey Epstein: International Money Man of Mystery New York Magazine.
  5. http://www.thecrimson.com/article.aspx?ref=514187
  6. David Starr Jordan Prize recipients
  7. (October 2006) "Evolutionary Dynamics: Exploring the Equations of Life". Belknap Press.
  8. e.g. in Nature "It should be on the shelf of anyone who has, or thinks they might have, an interest in theoretical biology" " wonderfully well-presented, and offers a new range of insights into interesting and important and emerging topics in mathematical biology." Robert May. ""rigor and new ideas into the study of the evolution of language and cooperation...brimming with insights and surprising findings and should be of interest to anyone who is curious about these topics" Steven Pinker "A brilliant book by a master of his field" Robert Trivers "a remarkable book, absolutely original, containing a lot of material which has never before appeared in book form. It is written in a very accessible style, and leads almost effortlessly from first principles to state-of-the-art research. The book takes an eagle's view on evolution, covering a vast range of topics from molecules to man. It emphasises analytical methods and presents a large canvas of superbly elegant mathematical models." Karl Sigmund
  9. Harvard release on RR Hawkins Award
  10. doi:10.1038/nature09205
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  11. doi:10.1038/467661a
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  12. Gadagkar R (2010) Sociobiology in turmoil again. Current Science, 99:1036-1041
  13. doi:10.1111/j.1420-9101.2011.02251.x
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  14. doi:10.1038/nature09831
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  15. doi:10.1038/nature09836
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  16. http://www.fas.harvard.edu/~ped/IF_Statement.pdf
  17. The invisible hand that binds us all by David Willetts FT 24-Apr-2011

Ligações externas[editar | editar código-fonte]