Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes
Produtora Capcom
Editora(s) Capcom Production Studio 1
Motor Sega NAOMI
Plataforma(s) Arcade
Conversões/
relançamentos
Dreamcast, Playstation 2, Xbox; Xbox 360; Playstation 3
Data(s) de lançamento Arcade
Dreamcast
Playstation 2
Xbox
Dreamcast
Xbox 360
Playstation 3
Gênero(s) Jogo de luta
Modos de jogo Single Player, Multiplayer
Número de jogadores 1 ou 2 jogadores
Classificação ESRB: T (Teen) 13 + (Dreamcast, PlayStation 2, Xbox)
USK: 12 + (Dreamcast, PlayStation 2)
OFLC: M15+ (Dreamcast)
VET/SFB: 11 (Square) (PlayStation 2, Xbox)
Controles Joystick, 8 direções, 6 botões
Hardware
CPU Motorola 68000 16 MHz
Zilog Z80 8 MHz
Vídeo Raster (Horizontal)

Marvel vs. Capcom 2: a New Age of Heroes (ou somente MvC 2) é o penúltimo jogo da série crossover de jogos de Video-game Marvel vs. Capcom. Na qual seus personagens se enfrentam em lutas de times de 3 membros contra 3, alternando entre eles de acordo com o jogador.[1] [2] [3]

São 57 personagens no total, sendo que mais da metade precisam ser liberados durante o game.

Concentrando praticamente todos personagens clássicos da série, é um épico dos fliperamas no estilo arcade de luta.

O jogo é original das placas de arcade Naomi e também foi lançado para as plataformas Dreamcast. Posteriormente para Playstation 2 e Xbox.

Nota: Marvel vs Capcom 2 Remix, foi lançado para PlayStation 2, a diferença da versão oficial para essa, são as músicas trocadas por alguns cantores famosos, pois sua maioria são de rock, como Red Hot Chilli Peppers, Franz Ferdinand e etc.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Marvel
Capcom
Neutro
  • Flag of None.svg Abyss (com suas 3 formas)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Marvel Vs Capcom 2 traz de volta todos os personagens do jogo anterior Marvel Vs. Capcom, com exceção de alguns parceiros especiais e dos personagens secretos. Deste último grupo, os únicos personagens que permanecem são Roll e Homem de Ferro, sendo que este último não é mais uma alteração dourada de War Machine, e desta vez utiliza-se de sua armadura na coloração original.
  • Alguns personagens foram certamente alterados em seus estilos. Ryu, que usava faixa vermelha no primeiro jogo, desta vez é substituido por sua versão bem mais jovem, que utiliza-se de uma faixa branca na cabeça. Wolverine desta vez tem duas versões, uma com garras de osso(comum) e a outra com garras de adamantium(desbloqueável).
  • Personagens como Amingo, Ruby Heart e Son Son, foram criados especialmente para este game, não retornando para títulos posteriores.
  • Muitos personagens comuns(que já estão disponíveis no game desde o início, sem precisarem ser desbloqueados) dos games anteriores, desta vez são desbloqueáveis. Tais como Chun-Li, Gambit, Morrigan, Mega Man, War Machine, Jin e outros.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O jogo foi bem recebido pela crítica e fãs. Os fatores principais foram o grande número de personagens e o bom uso dos heróis e vilões do Universo Marvel. Até então, o jogo bateu dois recordes, como jogo de luta com maior número de personagens, depois foi superado por Mortal Kombat: Armageddon, e jogo de super-herói mais aclamado pela crítica, mais tarde superado por Batman: Arkham Asylum.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.