Marvila (Lisboa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Marvila  
—  Freguesia  —
Centro de Produção da RTP em Chelas, Marvila
Centro de Produção da RTP em Chelas, Marvila
Brasão de armas de Marvila
Brasão de armas
Marvila está localizado em: Portugal Continental
Marvila
Localização de Marvila em Portugal
38° 44' 43" N 9° 06' 15" O
País  Portugal
Concelho LSB.png Lisboa
Fundação 7 de fevereiro de 1959
 - Tipo Junta de freguesia
Área
 - Total 7,12 km²
População (2011)
 - Total 37 793
    • Densidade 5 308/km2 
Gentílico: marvilense
Código postal 1900 Lisboa
Orago Santo Agostinho
Correio electrónico jfmarvila@mail.telepac.pt
Sítio www.jf-marvila.pt/

Marvila é uma freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, com 7,12 km² de área[1] e 37 793 habitantes (2011).[2] Densidade: 5 308 hab./km².

Descrição[editar | editar código-fonte]

O sítio de Marvila, tão velho quanto a fundação da nacionalidade, é dos bairros mais típicos da zona oriental da cidade de Lisboa. Até ao século XIX, sucediam-se agradáveis quintas nesta vasta zona de Lisboa e era grande a fertilidade das terras banhadas pelo Tejo.

Era, até há pouco tempo, uma freguesia essencialmente rural, onde proliferavam as quintas e as hortas. Ainda hoje, os exemplos são fáceis de detectar: a Quinta dos Ourives, a da Rosa, a das Flores, a das Amendoeiras, a do Leal, a do Marquês de Abrantes… Estas propriedades eram exploradas, na sua maioria, por gentes originárias do norte do País e abasteciam os mercados ambulantes, espalhados pelo bairro, pela vizinhança e, mais tarde, por toda a Capital. Ao antigo mercado da Praça da Ribeira, a mercadoria chegava transportada por carroças. Essa população originária do norte trouxe muitos dos seus hábitos e costumes, nomeadamente, a Feira da Espiga, que poderá ter origem num costume dos hortelões nortenhos. Mas de zona rural, Marvila transformou-se, com o passar dos anos, em zona urbana de fisionomia bairrista e fabril. Todavia, ainda hoje se vêem vestígios de uma grande actividade hortícola. O palácio do Marquês de Abrantes, na rua de Marvila, ou o da Mitra, na rua do Açúcar, são verdadeiros exemplares dos vários solares que ali foram edificados. Também os monumentos de carácter religioso abundavam, como o antigo Mosteiro de Marvila. No século XX, continuou a instalação de unidades fabris desde a rua do Açúcar até Braço de Prata. São deste período as tanoarias da rua Capitão Leitão e os armazéns de vinhos de Abel Pereira da Fonseca (que, pouco antes de morrer disse a seus descendentes "enquanto o Tejo tiver água, nunca deve faltar vinho a Lisboa"). Hoje, estes armazéns estão transformados em centros culturais.

A actual Marvila, freguesia criada pelo Dec.-Lei 42.142 de 7 de Fevereiro de 1959, é bem significativa da zona periférica de uma grande cidade europeia em franco crescimento. Beneficiou, consideravelmente, com a realização do grande evento que foi a Expo 98.

O seu padroeiro é Santo Agostinho.

A Junta de Freguesia de Marvila é situada na Avenida João Paulo II, ao lado da 16ª Esquadra da "Zona J" de Chelas. Tem um sítio na Internet e um jornal mensal e gratuito para todos os habitantes de Marvila.

Património[editar | editar código-fonte]

Ordenação heráldica do brasão[editar | editar código-fonte]

Escudo de Prata, dois perfis de carril negro e uma roda dentada de vermelho; campanha ondada a azul e prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com legenda a negro: MARVILA - LISBOA.

Os símbolos heráldicos representam:

Carril (símbolo que representa os caminhos de ferro um dos pólos de desenvolvimento da freguesia);

Roda dentada (significativa da existência de grande número de unidades industriais);

Ondeado de duas faixas de azul e uma de prata (referência ao Rio Tejo que banha a freguesia e que foi um dos grandes meios do seu desenvolvimento).

Arruamentos[editar | editar código-fonte]

A freguesia de Marvila contém 145 arruamentos.[3] São eles:

  • Alto das Conchas
  • Avenida Avelino Teixeira da Mota
  • Avenida Carlos Pinhão[4]
  • Avenida Cidade de Bratislava
  • Avenida da Ucrânia
  • Avenida do Santo Condestável
  • Avenida Dr. Arlindo Vicente
  • Avenida Dr. Augusto de Castro
  • Avenida Francisco Salgado Zenha
  • Avenida François Mitterrand
  • Avenida Infante Dom Henrique[5]
  • Avenida João Paulo II
  • Avenida José Régio[6]
  • Avenida Marechal António de Spínola[7]
  • Avenida Marechal Gomes da Costa[8]
  • Avenida Paulo VI
  • Avenida República da Bulgária
  • Avenida Vergílio Ferreira
  • Azinhaga da Bela Vista
  • Azinhaga da Maruja
  • Azinhaga da Quinta do Alfenim
  • Azinhaga da Salgada[9]
  • Azinhaga da Troca
  • Azinhaga das Veigas
  • Azinhaga do Armador
  • Azinhaga do Baptista
  • Azinhaga do Ferrão
  • Azinhaga do Planeta[9]
  • Azinhaga do Poço de Cortes
  • Azinhaga do Vale Fundão
  • Azinhaga dos Alfinetes
  • Beco da Mitra
  • Beco das Taipas
  • Calçada do Duque de Lafões[9]
  • Calçada do Perdigão
  • Calçada dos Vinagreiros
  • Estrada de Chelas[10]
  • Estrada de Marvila[9]
  • Largo Álvaro de Andrade
  • Largo Artur Bual
  • Largo Associação Ester Janz
  • Largo da Quinta das Salgadas
  • Largo das Roseiras
  • Largo de Chelas
  • Largo do Broma
  • Largo dos Castanheiros da Índia
  • Largo Luís Dourdil
  • Largo Vitoriano Braga
  • Praça David Leandro da Silva
  • Praça Dr. Fernando Amado
  • Praça Eduardo Mondlane
  • Praça Raúl Lino
  • Praça 25 de Abril
  • Rua Acácio Barreiro
  • Rua Actriz Palmira Bastos
  • Rua Adães Bermudes
  • Rua Adelino Nunes
  • Rua Afonso Annes Penedo
  • Rua Alberto José Pessoa
  • Rua Alfredo Duarte (Marceneiro)
  • Rua Álvaro Machado
  • Rua «Amigos de Lisboa»
  • Rua Amorim
  • Rua André Vidal de Negreiros
  • Rua António Gedeão
  • Rua Aquilino Ribeiro
  • Rua Armandinho
  • Rua Artur Duarte
  • Rua Bento Gonçalves
  • Rua Bento Mântua
  • Rua Botelho de Vasconcelos
  • Rua Capitão Leitão
  • Rua Capitão-Mor Lopes de Sequeira
  • Rua Carlos Gentil
  • Rua Carlos Gil
  • Rua Cassiano Branco
  • Rua Chianca de Garcia
  • Rua Conselheiro Emídio Navarro
  • Rua da Fraternidade Operária
  • Rua de Cima de Chelas[9]
  • Rua de José do Patrocínio
  • Rua de Marvila
  • Rua de Ovar
  • Rua Dinah Silveira de Queiroz
  • Rua Direita de Marvila
  • Rua do Açúcar
  • Rua do Beato[9]
  • Rua do Telhal
  • Rua do Vale Formoso
  • Rua do Vale Formoso de Cima
  • Rua Domingos Parente
  • Rua Dr. Estêvão de Vasconcelos
  • Rua Dr. José Espírito Santo
  • Rua Duarte Lopes
  • Rua Eduarda Lapa
  • Rua Engº Cunha Leal
  • Rua Engº Ferreira Dias
  • Rua Engº Rodrigues de Carvalho
  • Rua Ernesto Rodrigues
  • Rua Félix Bermudes
  • Rua Fernando Farinha
  • Rua Fernando Maurício
  • Rua Fernando Palha
  • Rua Ferreira de Castro
  • Rua Gabriel Constante
  • Rua Gilberto Freyre
  • Rua Gomes de Brito
  • Rua Jaime Cortesão
  • Rua João César Monteiro
  • Rua João Graça Barreto
  • Rua João José Cochofel
  • Rua João Palma-Ferreira
  • Rua Jorge Amado
  • Rua José Domingos Barreiros
  • Rua José Luís Monteiro
  • Rua Keil do Amaral
  • Rua Lino Ferreira
  • Rua Luís Cristino da Silva
  • Rua Luís de Sttau Monteiro
  • Rua Luísa Neto Jorge
  • Rua Manuel Caetano de Sousa
  • Rua Manuel Teixeira Gomes
  • Rua Mário Botas
  • Rua Miguel de Oliveira[9]
  • Rua Miguel Nogueira Júnior
  • Rua Norte Júnior
  • Rua Oliveira Cadornega
  • Rua Padre António Ferreira
  • Rua Pardal Monteiro
  • Rua Paulo Dias de Novais
  • Rua Pedro Cruz
  • Rua Pedro de Azevedo
  • Rua Pedro Homem de Melo
  • Rua Pedro José Pezerat
  • Rua Pereira Henriques
  • Rua Prof. Lopo de Carvalho
  • Rua Ricardo Ornelas
  • Rua Rui de Sousa
  • Rua Rui Grácio
  • Rua Salgueiro Maia
  • Rua Severo Portela
  • Rua Sousa Bastos
  • Rua Tomás Alcaide
  • Rua Xavier de Magalhães
  • Rua Zófimo Pedroso

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marvila (Lisboa)