Mary Edwards Walker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Edwards Walker com sua Medalha de Honra.

Mary Edwards Walker (Oswego, 26 de novembro de 1832 – Oswego, 21 de fevereiro de 1919) foi a primeira mulher a ser comissionada como médica-cirurgiã do Exército dos Estados Unidos, durante a Guerra de Secessão, e a ser autorizada pelo Congresso a se vestir com roupas de homens.[1] É também a única mulher a ter sido condecorada com a Medalha de Honra, a mas alta condecoração militar dos Estados Unidos, até hoje.[2]

Referências

  1. Green R. Mythological, historical and cross-cultural aspects of transsexualism. In: Denny D, editor. Current concepts in transgender identity. New York: Garland Publishing; 1998. p.3-14.
  2. Dr. Mary Edwards Walker whitman-walker.org. Visitado em 23/04/2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.