Mary Tyfoid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Tyfoid
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Daredevil #254 (maio de 1988)
Criado por Ann Nocenti
John Romita Jr.
Características do personagem
Alter ego Mary Walker
Espécie Mutante
Afiliações Rei do Crime
Deadpool
Iniciativa
Ocupação Assassina profissional
Inimigos Demolidor
Codinomes conhecidos Mary Tyfoid
Tyfoid
Bloody Mary
Mutante Zero
Habilidades Telecinésia;
Artista marcial;
pirocinese.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Mary Tyfoid (Mary Walker), também conhecida como Tyfoid, Bloody Mary I e mais recentemente como Mutante Zero [1] é uma personagem fictícia dos quadrinhos da Marvel Comics. Apareceu pela primeira vez como uma supervilã inimiga do Demolidor na revista americana Daredevil #254 de Maio de 1988, criada por Ann Nocenti e John Romita, Jr..

O nome da personagem foi retirado do apelido da pessoa da vida real Mary Mallon, conhecida como "Maria Tifóide".

Biografia ficcional[editar | editar código-fonte]

A vilã Mary Tyfoid é inimiga e também foi amante do Demolidor. Ela possui poderes psiônicos, incluindo telecinésia leve e forte pirocinese (capacidade de provocar chamas), além de ser uma grande artista marcial. Geralmente ela trabalha como assassina contratada pelo crime organizado e sofre de graves problemas mentais.Como Mary Walker ela é tímida, quieta e pacifista. Já Tyfoid é aventureira, desinibida e violenta. Bloody Mary é uma violenta assassina que odeia todos os homens.

Sua enfermidade deve-se a um acidente envolvendo o Demolidor em início de carreira. Ao perseguir um bandido até o bordel onde ela trabalhava, Mary acabou em pânico e foi jogada pela janela. Teria sido nesse momento que sua personalidade se fraccionou e surgiu a de Mary Tyfoid, com a ideia de vingança contra os homens que não deveriam feri-la novamente [2] .

Em sua primeira aventura ela conheceu o Demolidor como a tímida Mary, ao mesmo tempo que foi contratada como assassina pelo Rei do Crime [3] . Em sua personalidade de Tyfoid ela começa um romance com o Rei do Crime, ao mesmo tempo que como Mary ela se tornou amante de Matt Murdock [4] . Contratando Bullet, Guerrilheiro e Balaço, ela atacou o Demolidor [5] e lutou pessoalmente contra o herói [6] .

Tornando-se a capanga favorita do Rei do Crime, Tyfoid frequentemente lutava e mantinha uma relação de amor e ódio contra o Demolidor até que desapareceu. Por intermédio do hipnotismo, Mary conseguiu suprimir suas outras personalidades e durante algum tempo levou uma vida normal como atriz de telenovela. Em Atos de Vingança, Tyfoid ressurgiu e foi enviada pelo Doutor Destino para aprender os segredos da tecnologia Kimeliana do Quarteto Futuro [7] . Novamente contratada pelo Rei do Crime ela encontrou o Mercenário [8] . Ajudou o Rei do Crime a escapar de um ataque do Ossos Cruzados [9] . Lutando para manter as personalidades múltiplas sob controle, ela conheceu Mary Jane Watson e lutou contra o Homem-Aranha quando Bloody Mary se tornou dominante e começou a matar homens que cometeram violência doméstica. Reassumindo o controle, Mary voluntariamente se entregou a polícia para tratamento.

Confinada em uma instituição mental, cada uma das personalidades de Mary contratou um mercenário para eliminar as outras. Mary e Tyfoid alugaram Deadpool e Bloody Mary contratou Vamp/Animus. Deadpool derrotou esse mas se recusou a matar Mary [10] . Tyfoid e Deadpool tiveram algumas aventuras juntos incluindo uma viagem para Nova Iorque para uma luta contra o Demolidor quando, ao ser novamente jogada por uma janela, ela recobrou sua memória. Deadpool tentou fazer com que Tyfoid continuasse como a personalidade dominante, mas não deu certo e os dois se separaram.

Durante a Guerra Civil, Mary é encontrada por Henry Peter Gyrich e recrutada para o programa Iniciativa. Nas aventuras começa a aparecer o "Mutante Zero", apresentado como um mutante sem registro até que o mesmo é revelado como uma nova personalidade de Mary Tyfoid [11] .

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Uma vilã chamada Typhoid (interpretada por Natassia Malthe) apareceu em Elektra, bem diferente do personagem dos quadrinhos. No filme ela é uma assassina do Tentaculo que mata com o toque. Tyfoid beija Elektra e com isso a contamina com veneno que quase a mata.

Vídeogames[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Daredevil vol. 1 #255-257, 259-260, 292-300
  • Daredevil vol. 2 #46-50
  • Captain America vol. 1 #373-377
  • Marvel Comics Presents vol. 1 #109-116, 123-130, 150-151

Referências

  1. Dan Slott: Taking The Initiative - Newsarama
  2. Deadpool/Daredevil Annual 1997
  3. Daredevil #254 a 2565
  4. Daredevil #257
  5. Daredevil #258
  6. Daredevil #260
  7. Power Pack #53
  8. Captain America #373
  9. Captain America #376
  10. Deadpool Vol. 1 #7
  11. Avengers: The Initiative #20

Ligações externas[editar | editar código-fonte]