Mary Wells

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Wells
Wells em 1964
Informação geral
Nome completo Mary Esther Wells
Nascimento 13 de maio de 1943
Origem Detroit, Michigan
País Estados Unidos
Data de morte 26 de julho de 1992 (aos 49 anos)
Gênero(s) R&B, soul, pop, disco
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1959 - 1992
Gravadora(s) Motown/Tamla, 20th Century Fox, Atco, Jubilee, Reprise, Epic, Motorcity
Afiliação(ões) Smokey Robinson, Marvin Gaye, Cecil Womack, Bobby Womack

Mary Esther Wells (13 de maio de 1943; 26 de julho de 1992) foi uma cantora norte-americana de soul, R&B e pop.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De origem humilde, Marry Wells nasceu e passou à infância em um bairro pobre de Detroit, Michigan.

Ela foi a primeira cantora a assinar um contrato com a gravadora Motown, onde gravou o maior sucesso de sua carreira, a canção "My Guy", de 1964. Ela também gravou um dueto com Marvin Gaye, com quem emplacou os sucessos "Once Upon a Time" e "What's the Matter With You, Baby?".

Ao completar 20 anos, Wells decidiu romper seu contrato com a Motown e assinou com a 20th Century Fox. Além da música, havia a promessa de uma carreira cinematográfica. Mas na nova gravadora, Wells não repetiu o mesmo sucesso que obteve na Motown. Apesar de ter um relativo sucesso com seus três primeiros singles pela Fox, seu álbum fracassou comercialmente e seu contrato foi rescindido.

A cantora assinou com uma nova gravadora, a Atco (subsidiária da Atlantic Records). Embora seu primeiro single, "Dear Lover", tivesse chegado ao sexto lugar na lista R&B da Billboard, os seguintes fracassaram. Em 1968, ela assinou com a Jubilee Records, mas novamente não obteve sucesso - e o mesmo ocorreria na gravadora Reprise.

Sua carreira renasceria em 1981, quando ela gravou o álbum "In and Out of Love", lançado pela Epic Records. O single "Gigolo" se tornou um grande sucesso e atingiu o segundo lugar na lista disco da Billboard.

Mary Wells acabou morrendo em 1992, em decorrência de um câncer na laringe.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Motown releases
  • 1961: Bye Bye Baby I Don't Want to Take a Chance
  • 1962: The One Who Really Loves You US #8
  • 1963: Two Lovers and Other Great Hits US #49
  • 1963: Recorded Live On Stage
  • 1964: Mary Wells Sings My Guy US #6
  • 1964: Mary Wells' Greatest Hits US #18
  • 1964: Together (with Marvin Gaye) US #42
  • 1966: Vintage Stock (greatest hits compilation)
Outros lançamentos
  • 1965: Mary Wells (20th Century Fox) US #145
  • 1965: Love Songs to the Beatles (20th Century Fox)
  • 1966: The Two Sides of Mary Wells (Atco)
  • 1968: Servin' Up Some Soul (Jubilee)
  • 1981: In and Out of Love (Epic)
  • 1983: I'm a Lady (Allegiance)
  • 1990: Keeping My Mind on Love (Motor City)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Bye Bye Baby" (1960) R&B: #8 US: #45
  • "I Don't Want to Take a Chance" (1961) R&B: #9 US: #33
  • "Strange Love" (1961)
  • "The One Who Really Loves You" (1962) R&B: #2 US: #8
  • "You Beat Me to the Punch" (1962) R&B: #1 US: #9
  • "Two Lovers" (1962) R&B: #1 US: #7
  • "Laughing Boy" (1963) R&B: #6 US: #15
  • "Two Wrongs Don't Make a Right" (1963) US: #100 (b-side of "Laughing Boy")
  • "Your Old Standby" (1963) R&B: #8 US: #40
  • "What's So Easy for Two Is So Hard for One" (1963) R&B: #8 US: #29
  • "You Lost the Sweetest Boy" (1963) R&B: #10 US: #22 (b-side of"What's So Easy for Two Is So Hard for One")
  • "My Guy" (1964) US: #1 UK: #5
  • "Stop Takin' Me for Granted" (1964) US: #88
  • "Once Upon a Time" (1964) US: #19 (with Marvin Gaye)
  • "What's the Matter With You Baby]" (1964) US: #17 (with Marvin Gaye, b-side to "Once Upon a Time")
  • "When I'm Gone" (1964) - scheduled but not issued
  • "Whisper You Love Me Boy" (1964) - scheduled but not released
  • "Ain't It the Truth" (1964, 20th Century Fox) US: #45
  • "Stop Takin' Me For Granted" US: #88 (b-side of "Ain't It The Truth")
  • "Use Your Head" (1964, 20th Century Fox) R&B: #13 US: #34
  • "Never, Never Leave Me" (1965, 20th Century Fox) R&B: #15 US: #54
  • "He's a Lover" (1965, 20th Century Fox) US: #74
  • "Me Without You" (1965, 20th Century Fox) US: #95
  • "Dear Lover" (1965, Atco) R&B: #6 US: #51
  • "Can't You See (You're Losing Me)" (1966, Atco) US: #94 (b-side of "Dear Lover")
  • "Keep Me in Suspense" (1966, Atco)
  • "Such a Sweet Thing" (1966, Atco) US: #99 (b-side of "Keep Me In Suspense")
  • "Me And My Baby" (1966, Atco)
  • "(Hey You) Set My Soul On Fire" (1967, Atco)
  • "The Doctor" (1968, Jubilee) R&B: #22 US: #65
  • "Can't Get Away From Your Love" (1968, Jubilee)
  • "Don't Look Back" (1968, Jubilee)
  • "Mind Reader" (1969, Jubilee)
  • "Dig the Way I Feel" (1969, Jubilee) R&B: #35
  • "Sweet Love" (1970, Jubilee)
  • "Mr. Tough" (1971, Jubilee)
  • "I Found What I Wanted" (1971, Reprise)
  • "If You Can't Give Her Love (Give Her Up)" (1974, Reprise)
  • "Gigolo" (1981, Epic) R&B: #69
  • "These Arms" (1982, Epic)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]