Masculinidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Durante a primeira metade do século XX, a imagem do homem másculo foi ligada ao trabalho braçal e à industrialização.

Em antropologia, a masculinidade se refere à imagem de tudo aquilo que seria próprio de indivíduos machos, principalmente em análises da sociedades humanas. Faz oposição ao termo feminilidade.

A masculinidade é, de acordo com o Dicionário Collins,o que possui qualidades ou características consideradas típicas ou necessárias para um homem. O termo pode ser usado para descrever qualquer humano, animal ou objeto que tenha a qualidade de ser masculino. Quando "masculino" é usado para descrever os homens, ela pode ter graus de comparação.

Em muitas culturas, as características básicas da masculinidade incluem capacidades físicas (força), coragem, maestria, honra e liderança.

O oposto pode ser expresso por termos como "efeminado" ou "epiceno"[1] Um quase-sinônimo de masculinidade seria virilidade (do latim vir, homem)[2] . Seu complemente seria a feminilidade.

Características associadas à masculinidade[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. name=Roget> Roget’s II: The New Thesaurus, 3rd. ed., Houghton Mifflin, 1995.
  2. name=Roget> Roget’s II: The New Thesaurus, 3rd. ed., Houghton Mifflin, 1995.