Matéria orgânica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Matéria orgânica são os restos, dos seres vivos (plantas, animais, etc). Também é matéria que deriva do que em algum momento foi um organismo vivo. É matéria decomposta ou em decomposição, composta essencialmente de compostos de carbono. Para que se forme matéria orgânica, o carbono se associa ao oxigênio e ao hidrogênio. Por vezes, outros elementos podem se associar aos compostos de carbono, como enxofre ou glicose.

O húmus é uma parte dos elementos não-vivos da matéria orgânica. Um exemplo de matéria orgânica é o nitrogênio. Basta que falte um dos três elementos referidos para já não ser matéria orgânica, é matéria mineral, um exemplo é a água (H2O).

Os elementos vivos, cerca de 3%, da matéria orgânica são provenientes das raízes de plantas, minhocas, formigas, cupins, ácaros, bactérias e fungos.

Os outros 94% são de elementos não-vivos como restos de plantas em diferentes estágios de decomposição e húmus. É dela que os seres vivos obtêm alimento. Outro nome que pode ser dado a matéria orgânica é húmus.