Matemática industrial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Matemática Industrial)
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Matemática industrial é um curso de graduação[1] marcado pela multidisciplinariedade e tem por objetivo a formação de profissionais atuantes no uso de técnicas matemáticas voltadas a soluções industriais.

Duração[editar | editar código-fonte]

O curso tem duração mínima de 4 anos.

Perfil dos alunos[editar | editar código-fonte]

Curso voltado a quem gosta de desafios numéricos e raciocínio lógico, acima de tudo para quem tem facilidade com Matemática. É a área que aplica a matemática para identificar e resolver problemas práticos de forma rápida e eficiente.

O curso[editar | editar código-fonte]

Matemática Industrial é a arte de utilizar a modelagem matemática, a computação e a matemática aplicada nas resoluções de problemas do cotidiano das empresas e organizações, sejam públicas ou privadas. Conhecimentos de Estatística, Matemática pura, Computação e outras áreas afins são fundamentais para o exercício profissional capaz de auxiliar a tomada de decisão em diferentes níveis dentro de empresas.

Principais tópicos[editar | editar código-fonte]

  • Álgebra;
  • Cálculo;
  • Métodos numéricos;
  • Computação;
  • Modelagem;
  • Otimização.

Mercado típico[editar | editar código-fonte]

O matemático industrial tipicamente trabalha com modelagem de processos ainda não extensivamente descritos e com resoluções de modelos de resolução específica e não tão simples, para o que geralmente são utilizados métodos computacionais.

As principais áreas de atuação são:

  • Processos biológicos e políticas de vacinação;
  • simulação numérica;
  • determinação de layout ótimo;
  • logística;
  • processos difusivos e dispersivos;
  • escoamento de fluidos;
  • processamento de imagens (satélite, tomográficas, sísmicas, diagnóstico médico por imagens);
  • designer de produto;
  • gerenciamento ambiental;
  • economia e mercado financeiro.

Professores e avaliação do curso[editar | editar código-fonte]

Normalmente é ministrado por mestres e doutores em Matemática, Engenharias, Estatística, Ciências da computação, e outras áreas que tem o conteúdo relacionado a Matemática aplicada.

Cursos correlatos[editar | editar código-fonte]

  • Bacharelado em Estatística
  • Bacharelado e licenciatura em Matemática
  • Bacharelado em Ciências da Computação
  • Bacharelado em Engenharia da Produção

Oferta[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Portaria nº 3799 de 17 de Novembro de 2004, publica em 18/11/04 no Diário Oficial da União.