Matilde de Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Matilde
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico
Período 7 de janeiro de 1114
a 23 de maio de 1125
Predecessora Eupráxia de Kiev
Sucessora Ricarda de Northeim
Maridos Henrique V, Sacro Imperador Romano-Germânico
Godofredo V de Anjou
Descendência
Henrique II de Inglaterra
Godofredo de Nantes
Guilherme FitzEmpress
Casa Normandia
Pai Henrique I de Inglaterra
Mãe Edite da Escócia
Nascimento c. 7 de fevereiro de 1102
Winchester, Inglaterra
Morte 10 de setembro de 1167 (65 anos)
Ruão, Normandia, França

Matilde (Winchester, c. 7 de fevereiro de 1102Ruão, 10 de setembro de 1167) foi a filha e herdeira do rei Henrique I de Inglaterra. Ela e seu irmão Guilherme Adelin foram os únicos filhos legítimos de Henrique a chegar na idade adulta. Entretanto, depois de Guilherme morrer aos dezessete anos em 1120 no naufrágio do White Ship, Matilde se tornou a única herdeira de seu pai.

Ainda criança, Matilde foi prometida e mais tarde se casou com Henrique V, Sacro Imperador Romano-Germânico, assim tornando-se imperatriz consorte. Eles não tiveram filhos e Henrique morreu depois de onze anos de casamento. Porém, ela em seguida se casou com Godofredo V de Anjou, uma união que seu pai esperava que produzisse um herdeiro homem para continuar a dinastia. Ela teve três filhos com Godofredo, com o mais velhos posteriormente se tornando o rei Henrique II de Inglaterra. Após a morte de Henrique I em 1135, o trono foi usurpado por seu primo Estêvão de Blois, que agiu rapidamente e tomou o trono de Matilde enquanto ela estava na Normandia, grávida de seu primeiro filho.

A rivalidade pelo trono levaria a anos de guerra civil, período chamado de a Anarquia. Matilde foi a primeira mulher a governar o Reino da Inglaterra, apesar de seu governo ter sido breve: apenas alguns meses em 1141. Ela nunca foi coroada e não conseguiu consolidar seu reinado, legalmente ou politicamente. Dessa forma, ela é normalmente excluída da lista de monarcas britânicos, com Estêvão sendo listado como rei ininterruptamente entre 1135 e 1154. Ela fez grandes campanhas pela herança de seu filho mais velho, vivendo o bastante para vê-lo se tornar rei em 1154.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]