Mattheus de Andrade Gama de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mattheus
Informações pessoais
Nome completo Mattheus de Andrade Gama de Oliveira
Data de nasc. 7 de Julho de 1994 (20 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,82 m
Canhoto
Apelido Filho do Bebeto, Bebetinho
Informações profissionais
Clube atual Brasil Flamengo
Número 31
Posição Meia
Clubes de juventude
2006–2013 Brasil Flamengo
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2012– Brasil Flamengo 0013 0000(0)
Seleção nacional3
2007
2009
2010
2012–2013
Brasil Brasil Sub-13
Brasil Brasil Sub-16
Brasil Brasil Sub-17
Brasil Brasil Sub-20
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0004 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 18 de julho de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de julho de 2013.

Mattheus de Andrade Gama de Oliveira (Rio de Janeiro, 7 de julho de 1994), conhecido por Mattheus, é um futebolista brasileiro que joga como meia. Atualmente, joga pelo Flamengo. É filho do ex-jogador brasileiro Bebeto.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Mattheus, nome que foi dado em homenagem a Lothar Matthäus, é o terceiro filho do jogador Bebeto e Denise de Oliveira, depois de Roberto Newton (n. 1989) e Stéphannie (n. 1992). Quando Mattheus nasceu, Bebeto estava nos Estados Unidos jogando a Copa do Mundo FIFA de 1994, torneio em que o Brasil se sagrou tetracampeão mundial. Apesar de à época a família morar em Corunha, Espanha, Denise fez questão de voltar para o Rio de Janeiro para que seu filho nascesse no Brasil.[1] Para homenagear o nascimento do filho, dois dias após o parto Bebeto comemorou um gol contra os Países Baixos fingindo embalar uma criança. Desde cedo fã de futebol, Mattheus foi levado para fazer os testes no Flamengo, aos dez anos, sem ninguém saber seu parentesco, já que Bebeto, grande ídolo da equipe, não queria que o filho fosse aceito apenas por privilégio.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Começou no futsal do Flamengo em 2004, no primeiro ano de pré-mirim, e passou para o campo dois anos depois. Meia canhoto de toque refinado, armador nato, Mattheus se diferencia do pai já pela posição em campo, ainda assim, a veia goleadora parece estar no DNA. Conquistou, de forma invicta, o Campeonato Carioca Juvenil em 2010, inclusive marcando o gol do título.[3] Em 2011, foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2011. Chegou a treinar algumas vezes com o time profissional em 2011.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

2012[editar | editar código-fonte]

No início de 2012 disputou novamente a tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior. Estreou pelo time profissional no Campeonato Carioca de 2012 contra o Olaria.

Cquote1.svg O Campeonato Carioca é muito importante. A gente vinha bem na partida, mas faltou o gol para sair vitorioso. Mas a gente vai continuar lutando para conseguir a classificação. Cquote2.svg
Disse Mattheus sobre a partida.[4]

Durante a disputa do Campeonato Carioca de Juniores, a pedido do treinador Paulo Henrique, passou a atuar mais encostado nos atacantes e muito mais próximo ao gol adversário. Para a disputa do Campeonato Brasileiro de 2012, ganhou a camisa de número 43 e usou a matemática para vestir a 7 do pai.

Cquote1.svg Legal o Mattheus ter escolhido o número 43. Ele sempre gostou do 7, porque eu jogava com esse número e ele nasceu no dia 7/7 do ano da conquista Copa do Mundo (1994). Então somando o 4 com 3, são 7. Espero que ele continue se dedicando bastante, se prepare e tenha sucesso nesse novo desafio como profissional do Flamengo. Cquote2.svg
Bebeto, sobre a matemática usada para Mattheus vestir a 7.[5]

Reestreou na vitória sobre o Santos por 1 a 0, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2012, entrando aos 44 minutos do segunto tempo no lugar de Ibson.[6]

Cquote1.svg Estou feliz com a minha reestreia. O time do Santos jogou muito atrás, esperando o contra-ataque, mas a gente soube suportar bem e quando tivemos a chance, fizemos o gol. Agora vou treinar ainda mais forte para que outras oportunidades apareçam e eu possa jogar bem. Cquote2.svg
Comentou Mattheus.[7]

Com a demissão de Joel Santana, foi escalado pelo treinador interino Jaime de Almeida como titular contra a Portuguesa.[8] Acabou Recebendo elogios de Dorival Júnior.[9] O novo treinador citou Paulo Henrique Ganso como exemplo para a situação que o jovem meia vivia.

Cquote1.svg Acho que é um dos jogadores mais promissores dentro do elenco, tem muitas qualidades. Vejo o Mattheus, sem comparação, no mesmo momento que o Ganso viveu no Santos antes de 2010. Mais ou menos na mesma situação. Mattheus ainda está buscando uma complementação como atleta. É um momento importante para ele, vamos tentar dar todo o apoio possível. Cquote2.svg
Dorival Júnior, sobre a situação que Mattheus vivia.[10]

2013[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte, após voltar da Seleção Brasileira Sub-20, Mattheus perdeu espaço no time rubro-negro. Depois com saída de Dorival Júnior e a chegada de Jorginho se viu em um dilema entre permanecer e tentar uma vaga na equipe titular ou ser negociado para a Europa.[11] Mas, de acordo com Bebeto, pai do meia, a boa relação entre ele e o treinador rubro-negro não iria influenciar na transferência do jovem para o clube italiano.

Cquote1.svg A troca de treinador no Flamengo não muda em nada a negociação que envolve o Mattheus. A chegada do Jorginho, que é muito meu amigo, não influencia numa possível permanência dele. Se ele ficar no Flamengo, não será só pela minha amizade com o Jorginho. Cquote2.svg
Disse Bebeto.[12] [13]

Em 20 de março de 2013, foi definida a venda de Mattheus para a Juventus, por um valor tido como irrecusável, algo em torno de R$ 5,1 milhões, apresentado pela empresa MDF, que gerencia a carreira da jovem promessa, à diretoria rubro-negra. Após várias tentativas, que fracassaram, de renovação por parte da nova diretoria, o clube decidiu não mais obstruir a saída do atleta, apenas querendo garantir um retorno financeiro para que o atleta não assine um pré-contrato no meio do ano.[14] Mattheus ganhava um salário muito menor que os demais jogadores da base no profissional, e a demora pela renovação da antiga diretoria do clube (Patricia Amorim) fez o jogador e seus representantes buscarem uma alternativa bem vantajosa.[14] A venda para a Juventus foi enfim, concretizada em 2 de maio de 2013, onde ambos os clubes entraram em um consenso sobre os últimos detalhes da negociação e Mattheus esperava um documento para poder viajar à Itália e assinar contrato de cinco anos.

Cquote1.svg Está tudo OK. Os últimos detalhes já foram acertados. Resta apenas um documento para formalizar a negociação, os valores e o tempo de contrato já estão definidos. Essa documentação pode chegar a qualquer momento. Assim que ela chegar, o Mattheus viaja para a Itália para realizar exames médico. Cquote2.svg
Informou Vantuil Gonçalves, empresário de Mattheus.[15]

Com a demora da documentação, foi cogitada a possibilidade de Mattheus renovar com o Flamengo.[16] Em entrevista ao jornal "La Gazzetta dello Sport", Bebeto pressionou a Juventus para concluir a transferência, tendo como grande preocupação a possibilidade do meia ficar parado até dezembro, o que seria prejudicial à sua carreira e revelou uma oferta do Real Madrid feita para contratar Mattheus.[17] O Flamengo, em 17 de maio de 2013, ofereceu um contrato longo, com aumento salarial de 900% a Mattheus, onde ele deixaria de receber R$ 2 mil para receber R$ 20 mil.[18] Os empresários de Mattheus, Vantuil Gonçalves e Gerson Sá, da empresa MFD, com a proposta do rubro-negro para a renovação de contrato em mãos, revelaram que ele ou iria para a Juventus ou ficaria no Flamengo, descartando a proposta do Real Madrid.[19]

No dia 18 de maio, foi anunciada a renovação do contrato de Mattheus por três anos.[20]

2014[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Mattheus começou o ano como titular na primeira partida do Flamengo no Campeonato Carioca no lugar de Rodolfo que estava suspenso devido o terceiro cartão amarelo tomado no ano passado. Mattheus acabou recebendo vaias da torcida quando foi substituído no segundo tempo, devido ter perdido uma chance cara a cara com o gol ainda no segundo tempo, mas o Rubro-Negro conseguiu sair com a vitória por 1 a 0 contra o Audax.[21] Mas na partida seguinte, Mattheus conseguiu se redimir com a torcida dando o passe após uma jogada individual para o gol da vitória por 1 a 0 contra o Volta Redonda.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Tendo já participado de seleções sub-13, sub-16 e sub-17, Mattheus, em 2012, foi convocado por Ney Franco para defender a Seleção Brasileira Sub-20 que disputou um torneio na Argentina.[22] A equipe se sagrou campeã do torneio ao bater a Seleção Argentina Sub-20 na final.[23] [24]


Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 16 de maio de 2013.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[25]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Brasil Flamengo 2012 11 0 0 0 0 0 1 0 0 12 0 0
2013 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2014 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 2 0 0
Total 11 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 14 0 0
Total na carreira 11 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 14 0 0

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos e jogos e gols do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Sub-13

Ano
Jogos Gols Média
2007 0 0 0
Total 0 0 0

Sub-16

Ano
Jogos Gols Média
2009 0 0 0
Total 0 0 0

Sub-17

Ano
Jogos Gols Média
2010 0 0 0
Total 0 0 0

Sub-20

Ano
Jogos Gols Média
2012 0 0 0
2013 4 0 0
Total 4 0 0

Seleção Brasileira (total)

Ano
Jogos Gols Média
2007 0 0 0
2009 0 0 0
2010 0 0 0
2012 0 0 0
2013 4 0 0
Total 4 0 0

Total (clube e seleção)[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2007 0 0 0 0
2009 0 0 0 0
2010 0 0 0 0
2012 12 0 0 0
2013 4 0 0 0
Total 16 0 0 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Base[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Profissional[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira
  • Quadrangular Internacional Sub-20 (1): 2012

Referências

  1. O bebê 16 anos depois, Quem
  2. Homenageado em 1994, Matheus quer seguir os passos de seu pai, Bebeto (em português). GloboEsporte.com (12 de agosto de 2012). Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  3. Romário e filho de Bebeto decidem, e Flamengo leva o Estadual juvenil (em português). GloboEsporte.com (16 de outubro de 2010). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  4. Filho de Bebeto estreia como profissional pelo Fla: 'Faltou o gol' (em português). GloboEsporte.com (3 de fevereiro de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  5. Mattheus usa a matemática para vestir a 7 do pai (em português). Flamengo.com.br (13 de junho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  6. Com pênalti polêmico, Fla vence reservas do Santos em má atuação (em português). GloboEsporte.com (17 de junho de 2012). Página visitada em 15 de maio de 2013.
  7. Mattheus "reestreia" pelo Flamengo e comemora vitória sobre o Santos (em português). Flamengo.com.br (18 de junho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  8. Jaime comanda coletivo com Welinton e Mattheus entre os titulares (em português). GloboEsporte.com (24 de julho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  9. À espera de reforços, Dorival elogia Mattheus: ‘Quilate maravilhoso’ (em português). GloboEsporte.com (28 de julho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  10. Dorival Júnior cita Ganso ao elogiar Mattheus, mas pede paciência (em português). GloboEsporte.com (11 de agosto de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  11. Mattheus vive dilema sobre transferência após chegada de Jorginho ao Flamengo (em português). Extra.com (20 de março de 2013). Página visitada em 21 de março de 2013.
  12. Mesmo com técnico novo, filho de Bebeto deve trocar Fla por Juventus (em português). esportes.terra.com.br (20 de março de 2013). Página visitada em 21 de março de 2013.
  13. Mesmo com mudança de técnico no Fla, Mattheus se aproxima da Juventus (em português). Extra.com (20 de março de 2013). Página visitada em 21 de março de 2013.
  14. a b Flamengo define a saída de Mattheus para a Juventus por R$ 5,1 milhões (em português). Extra.com (20 de março de 2013). Página visitada em 21 de março de 2013.
  15. Flamengo, enfim, concretiza venda do meia Mattheus para a Juventus (em português). Lancenet.com.br (2 de maio de 2013). Página visitada em 16 de maio de 2013.
  16. Saída para o Juventus trava, e Mattheus pode continuar no Fla (em português). GloboEsporte.com (3 de maio de 2013). Página visitada em 16 de maio de 2013.
  17. A jornal, Bebeto pressiona Juve e revela oferta do Real por Mattheus (em português). GloboEsporte.com (8 de maio de 2013). Página visitada em 16 de maio de 2013.
  18. Flamengo oferece contrato longo e aumento de 900% a Mattheus (em português). Lancenet.com.br (17 de maio de 2013). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  19. Empresário de Mattheus avisa: 'Ou vai para a Juventus ou fica no Fla' (em português). GloboEsporte.com (17 de maio de 2013). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  20. Flamengo anuncia renovação do contrato de Matheus por três anos (em português). Lance (18 de maio de 2013). Página visitada em 18 de maio de 2013.
  21. Companheiros saem em defesa de Mattheus após vaias no Maracanã (em português). GloboEsporte.com (18 de janeiro de 2014). Página visitada em 18 de janeiro de 2014.
  22. Mattheus se apresenta à Seleção Sub-20 (em português). Flamengo.com.br (25 de junho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  23. Mattheus volta ao Fla após ser campeão com a Seleção Brasileira Sub-20 (em português). Flamengo.com.br (3 de julho de 2012). Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  24. Mattheus retorna ao Fla após título com a Seleção (em português). Lancenet.com.br (4 de julho de 2012). Página visitada em 15 de agosto de 2012.
  25. Football : Mattheus (em inglês). FootballDatabase.eu. Página visitada em 14 de agosto de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.