Matthew Shepard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matthew Shepard
Nome completo Matthew Wayne Shepard
Nascimento 1 de Dezembro de 1976
Casper, Wyoming
Morte 12 de outubro de 1998 (21 anos)
Fort Collins, Colorado
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Progenitores Mãe: Judy Shepard (née Peck)
Pai: Dennis Shepard
Ocupação Estudante
Causa da morte Assassinato

Matthew Wayne Shepard (Casper, Wyoming, 1° de dezembro de 1976Fort Collins, Colorado, 12 de outubro de 1998) foi um estudante da Universidade do Wyoming que, aos 21 anos de idade, foi torturado e assassinado perto de Laramie, Wyoming, em outubro de 1998. Ele foi atacado na noite de 6 para 7 de outubro e morreu no Poudre Valley Hospital em Fort Collins, Colorado, em 12 de outubro, devido aos graves traumatismos cranianos do qual foi vítima.

Durante uma audiência pré-julgamento, um policial de Laramie testemunhou que Shepard foi vítima de um ataque homofóbico, conforme declarado pela namorada do agressor.[1] O assassinato de Shepard trouxe atenção nacional e internacional para os crimes de ódio contra pessoas LGBT, inspirando leis contra práticas discriminatórias.[2]

Em 2009, a mãe de Shepard, Judy, escreveu um livro intitulado The Meaning of Matthew: My Son's Murder in Laramie, and a World Transformed (O Significado de Matthew: O assassinato de meu filho em Laramie e um mundo transformado). Em outubro daquele mesmo ano, o Congresso dos Estados Unidos aprovou a Lei Matthew Shepard e James Byrd, Jr. pela Prevenção de Crimes de Ódio, que foi sancionada pelo presidente Barack Obama em 28 de outubro daquele ano.[3]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Shepard nasceu em Casper, Wyoming, como o primeiro dos dois filhos de Judy Peck e Dennis Shepard. Seu irmão mais novo Logan nasceu em 1981. Ele estudou na Crest Hill Elementary School, Dean Morgan Junior High School, e Natrona County High School em seus anos de calouro. A Saudi Aramco contratou seu pai, no verão de 1994, e seus pais, posteriormente, residiram no acampamento residencial da empresa em Dhahran. Durante esse tempo, Shepard frequentou a American School In Switzerland (TASIS),[4] a partir do qual se formou em maio de 1995. Shepard então estudou na Catawba College, na Carolina do Norte e a Casper College, em Wyoming, antes de se estabelecer em Denver, Colorado. Shepard tornou-se um cientista político do primeiro ano na Universidade de Wyoming, em Laramie, e foi escolhido como o representante dos estudantes para o Conselho de Meio Ambiente do estado.[3]

Ele foi descrito pelo seu pai como "um jovem otimista e acolhedor que tinha um dom para relacionar-se com quase todo mundo. Ele era o tipo de pessoa que era bastante receptível e sempre procurava novos desafios. Matthew tinha uma grande paixão por igualdade e sempre se levantou pela aceitação das diferneças entre as pessoas."[5]

Em Fevereiro de 1995, durante uma visita escolar ao Marrocos, Shepard foi atacado e violentado, causando-lhe uma experiência de ataques de depressão e pânico, de acordo com sua mãe. Um dos amigos de Shepard temia que sua depressão o tivesse levadoa envolver-se com drogas durante seu período no colégio.[6]

Referências

  1. Brooke, James (21 de novembro de 1998). Witnesses Trace Brutal Killing of Gay Student (em inglês) The New York Times. Página visitada em 18 de julho de 2013.
  2. Matthew Shepard Foundation webpage (em inglês) Matthew Shepard Foundation. Página visitada em 18 de julho de 2013.
  3. a b David Jackson (28 de outubro de 2009). Obama signs hate-crimes law rooted in crimes of 1998 (em inglês) USA Today. Página visitada em 18 de julho de 2013.
  4. Julie Cart (14 de setembro de 1999). Matthew Shepard's Mother Aims to Speak With His Voice (em inglês) Los Angeles Times. Página visitada em 18 de julho de 2013.
  5. Bevacqua, Jillian; Paone, Torie (05-07-2011). Judy Shepard speaks out against anti-gay violence Muhlenberg Weekly. Página visitada em 21-02-2014.
  6. New Details Emerge in Matthew Shepard Murder ABC News. Página visitada em 21-02-2014.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Shepard, Judy. The Meaning of Matthew: My Son's Murder in Laramie, and a World Transformed (em inglês). Nova iorque, NI: Penguin Group USA, 2009. ISBN 978-1-59463-057-6
  • Campbell, Shannon; Laura Castaneda. News and Sexuality: Media Portraits of Diversity (em inglês). Thousand Oaks, Califórnia: Sage Publications, Inc, 2005. ISBN 1-4129-0998-8

Ligações externas[editar | editar código-fonte]