Maubara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Liquica subdistricts.png

A vila costeira de Maubara está situada nas coordenadas (8°37'S, 125°12'E) na região montanhosa coberta por floresta tropical em Timor-Leste, no distrito de Liquiçá, a oeste da cidade de Liquiçá.

A maior parte da população fala Tocodede.

Os Países Baixos ocuparam Maubara, o que é testemunhado pela presença das ruínas de uma fortaleza neerlandesa, sobranceira à baía. Maubara, que era um enclave em territórios portugueses de Timor, passou, já no século XIX, para o domínio português em troca pela ilha de Flores até então controlada pelos portugueses.

A cidade esteve presente no noticiário internacional em setembro de 1999 devido a vários casos de estupro e assassinato cometidos pelo grupo rebelde Besi Merah Putih em oposição ao voto de independência timorense.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Distritos e Cidades de Timor-Leste Bandeira de Timor-Leste
Distritos:

Aileu | Ainaro | Baucau | Bobonaro | Cova Lima | Díli | Ermera | Lautém | Liquiçá | Manatuto | Manufahi | Oecusse | Viqueque

Cidades: Aileu | Ainaro | Baucau | Díli | Gleno | Liquiçá | Lospalos | Maliana | Manatuto | Pante Macassar | Same | Suai | Viqueque