Mauro Ramos de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mauro
Informações pessoais
Nome completo Mauro Ramos de Oliveira
Data de nasc. 30 de agosto de 1930
Local de nasc. Poços de Caldas, MG, Brasil
Falecido em 18 de setembro de 2002 (72 anos)
Local da morte Poços de Caldas, MG, Brasil
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1948–1960
1960–1967
1967–1968
Brasil São Paulo
Brasil Santos
México Toluca

00 000
Seleção nacional
1948–1965 Brasil Brasil 0020 000(2)

Mauro Ramos de Oliveira (Poços de Caldas, 30 de agosto de 1930 — Poços de Caldas, 18 de setembro de 2002) foi um futebolista brasileiro que atuava como zagueiro.

Foi campeão sul-americano em 1949 e da Copa do Mundo de 1958 e de 1962 pela Seleção Brasileira.

Foi capitão do São Paulo Futebol Clube, do Santos Futebol Clube de Pelé e da Seleção Brasileira. Recebeu o apelido de Martha Rocha, miss Brasil da época devido ao estilo técnico, além de trajar-se bem fora de campo.[1] Foi contratado para fins de propaganda pela Ducal.[2]

Encerrou a carreira no México jogando pelo o Toluca. Lá treinou o Club Deportivo Oro antes de retornar ao Brasil em novembro de 1969.

Em 1971, foi treinador do Santos, substituindo a Antoninho Fernandes, permanecendo até abril de 1972. Deixou o futebol após treinar o Club Jalisco de fevereiro de 1973 a março de 1974.

Faleceu em 18 de setembro de 2002 vítima de câncer no estômago.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira
São Paulo
  • Campeonato Paulista: 1948, 1949, 1953, 1957
Santos
Toluca
  • Campeonato Mexicano: 1968

Referências

  1. Morre Mauro Ramos, o capitão do bi. Parana Online (19 de setembro de 2002).
  2. Mauro renova seu contrato de exclusividade com a Ducal. Folha de S.Paulo (14 de outubro de 1962).
  3. Mauro, capitão do bi da seleção brasileira, morre aos 72 em MG. Folha de S.Paulo (19 de setembro de 2002).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Antoninho Fernandes
Treinador do Santos
1971–1972
Sucedido por
Jair Rosa Pinto