Mausoléu de Saladino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mausoléu de Saladino
(em árabe: ضريح صلاح الدين الأيوبي)
Vista externa do mausoléu
Vista externa do mausoléu
Local Mesquita dos Omíadas
Região Damasco
País Síria Síria
Coordenadas
Religião Islamismo



Fim da construção 1196


O Mausoléu de Saladino abriga a sepultura do sultão aiúbida Saladino. Ele está localizado no canto noroeste da Mesquita dos Omíadas, em Damasco, na Síria[1] . Ele foi construído em 1196 d.C., três anos após a morte de Saladino e era parte da madraçal de al-Aziziyah, mas nada hoje resta da escola[2] .

História[editar | editar código-fonte]

O mausoléu foi originalmente construído pelo filho de Saladino, Al-Adil I. O corpo do sultão havia sido enterrado temporariamente na Cidadela de Damasco até que a construção do edifício pudesse ser finalizada. A madraçal foi construída posteriormente por outro filho de Saladino, Al-Aziz Uthman[1] . Ele foi reformado em 1898 com o patrocínio do imperador alemão Guilherme II, que financiou a obra quando visitou Damasco e encontrou o túmulo em ruínas[3] .

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

O mausoléu em si é pequeno. A câmara principal em forma quadrangular tem paredes em estilo ablaq com quatro arcos encimados por uma cúpula[1] . Baseado em sua história, o interior mostra uma notável mistura da arquiteturas aiúbida, otomana e Hohenzollern[3] . A câmara tem também dois cenotáfios, o original, uma tumba de madeira ricamente decorada com padrões geométricos e astrais, abriga o corpo de Saladino. O outro, um caixão de mármore, foi um presente do imperador Guilherme II. O mausoléu também tem uma segunda câmara que é utilizada para a recitação corânica e é acessível pelo lado leste, e mais cinco pequenas salas ao longo da parede norte[1] .

Referências

  1. a b c d Mausoleum of Saladin (Salah al-Din) Museum With No Frontiers. Visitado em 12 April 2010.
  2. Mannheim, 2001, p.88.
  3. a b Berney; Ring, 1996, p.207.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mausoléu de Saladino

Bibliografia[editar | editar código-fonte]