Mecanismo de Higgs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teoria quântica de campos
Feynmann Diagram Gluon Radiation.svg
(Diagramas de Feynman)
Histórica

O mecanismo de Higgs ou mecanismo de Anderson-Higgs, originalmente proposto pelo físico britânico Peter Higgs baseado na sugestão de Philip Anderson, é o mecanismo que dá massa a todas partículas elementares em física de partículas. Ele cria o bóson W diferente do fóton, por exemplo. Isso pode ser compreendido como um caso elementar da condensação de táquions onde o papel do táquion é interpretado por um campo escalar chamado campo de Higgs. A excitação quântica massiva do campo de Higgs é também chamada de bóson de Higgs.[1] [2]

Na verdade, esse mecanismo foi antecipado por Ernst Stückelberg em 1957 antes de Higgs.

Referências

  1. G. Bernardi, M. Carena, and T. Junk: "Higgs bosons: theory and searches", Reviews of Particle Data Group: Hypothetical particles and Concepts, 2007 (em inglês)
  2. Liu, G. Z.; Cheng, G. (2002). Extension of the Anderson-Higgs mechanism. Physical Review B 65 (13). doi:10.1103/PhysRevB.65.132513 (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mecanismo de Higgs


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.