Medal of Honor: Allied Assault

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Medal of Honor: Allied Assault
Desenvolvedora 2015 Inc.
Publicadora(s) Electronic Arts
Produtor Electronic Arts
Compositor(es) Michael Giacchino
Motor Quake III Arena
Plataforma(s) PC
Série Medal of Honor
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Um jogador, Multijogador
Classificação Inadequado para menores de 12 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 13 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 12 anos i PEGI (Europa)
Mídia CD (2)
Requisitos mínimos Pentium II 450 MHz ou AMD 500 MHz, Placa de vídeo de 16 MB compatível com OpenGL
Controles Teclado, mouse, joystick
Idioma Inglês
Hardware
Sistema Microsoft Windows 95/98/ME/2000/XP, Linux, Mac OS X
CPU CPU Pentium III 800 MHz ou Athlon equivalente ou superior
Som placa de som compatível
Vídeo 64MB GPU ou superior

Medal of Honor: Allied Assault (MOHAA) é um jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Electronic Arts. Baseado no sistema id Tech 3, o jogo simula combates travados na Europa e no Norte da África durante a Segunda Guerra Mundial. É o terceiro jogo da série a ser lançado, embora seja o primeiro a ser lançado para Windows (em 2002), além do único a ser lançado para Linux.

O jogo foi lançado em três edições, além da edição tradicional (Medal of Honor: Allied Assault), o jogo teve duas outras edições com adições. Medal of Honor: Allied Assault Deluxe Edition, que inclui o Medal of Honor: Spearhead (um dos pacotes de expansão), dois guias de estratégia, a trilha sonora e uma prévia do Medal of Honor: Pacific Assault. A outra edição, Medal of Honor Allied Assault War Chest, inclui o jogo e ambos os pacotes de expansão, Medal of Honor: Spearhead e Medal of Honor: Breakthrough.

Resumo[editar | editar código-fonte]

O jogo narra a vida do tenente do Exército dos EUA Mike Powell de 27 anos, um Ranger (soldado integrante do grupo tático de elite do exército norte-americano) e agente da OSS (Escritório de Serviços Estratégicos, agência de inteligência norte-americana durante a Segunda Guerra Mundial). Tenente Powell participa de seis missões em importantes operações nos teatros da África do Norte e Europa completando múltiplos objetivos em cada missão. O Coronel Stanley Hargrove, comandante de Powell, o instrui sobre a missão e eventualmente envia comunicados e informações importantes enquanto Powell esta em campo. Ao longo da enredo Powell será frequentemente ajudado por forças aliadas, porém a maior parte do tempo ele está sozinho contra companhias de soldados alemães, seguindo a linha dos jogos anteriores da série. As seis missões são as seguintes:

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
  • Lighting the Torch (Acendendo a Tocha) (7 de novembro de 1942): A primeira missão de Mike Powell é durante a campanha aliada no norte da África em 1942, durante a Operação Tocha, ofensiva aliada que propunha expulsar as tropas do Eixo do norte da África intensificando o controle aliado sobre o Mar Mediterrâneo. O primeiro passo era tomar pontos-chave ao longo da costa norte-africana. Powell com a ajuda de um pequeno grupo de rangers, tem a missão de tomar uma pequena aldeia ocupada pelos alemães perto de Arzew (Argélia) e destruir baterias de artilharia dirigidas para costa, abrindo as praias para mais tarde, o desembarque das tropas. É sabido também que o agente da OSS infiltrado Major Jack Grillo foi capturado e deve ser resgatado antes que informações importantes sejam reveladas. O grupo de rangers sofre muitas baixas e é forçado s prosseguir pela cidade debaixo de fogo inimigo intenso até ser parado por uma emboscada inimiga. Powell como único sobrevivente deve continuar avançando por dentro da vila ocupada até encontrar o agente capturado e cumprir os objetivos da missão. Após libertar o Major Jack Grillo da prisão, Powell ganha um aliado e segue sabotando as defesas da cidade, enquanto Jack procura um transporte para a fuga. Powell destrói dois caminhões, cinco tanques, e dois canhões de 88 mm voltados para praia, cumprindo mais um objetivo da missão. Major Grillo encontra um jipe equipado com uma metralhadora alemã MG42. Próximo a cidade existe uma pista de pouso usada pelos nazistas, Jack e Powell seguem armados com o jipe e destroem vários aviões, eles se separam novamente e Powell segue para um farol, onde envia um sinal chamando atenção das últimas forças alemãs na área e sinalizando que a costa esta desprotegida. Em seguida, Jack e Powell, fogem em um caminhão de suprimentos alemão.
  • Scuttling the U-529 (Afundando o U-529) (14 de fevereiro de 1943): Powell está agora em Trondheim, Noruega. Sua missão é se infiltrar em uma base da Kriegsmarine alemã localizada na cidade, com a ajuda do comandante Grillo já infiltrado, e da resistência norueguesa. Os objetivos são destruir um protótipo de detector de sinais de radar chamado Naxos, um dispositivo alemão que poderia perigosamente minar a vitória aliada na Batalha do Atlântico, e roubar alguns documentos e planos secretos para sabotar o submarino alemão U-529. Grillo ajuda Powell até o momento em que é identificado como espião e morto por guardas nazis. Powell fica por conta própria e terá que obter uniforme, documentação alemã e usar o silenciador para entrar no complexo e atingir seus objetivos sem ser detectado. Esta é uma das duas missões em que Powell deve passar incógnito, disfarçado de oficial alemão, para entrar no submarino alemão, sabotar e fugir.
  • Operation Overlord (Operação Overlord) (6 e 7 junho de 1944): Nesta terceira campanha, Powell recebe a carta de convocação para a Batalha da Normandia e é transferido para o 2º Batalhão da U. S. Rangers. O primeiro objetivo da missão é sobreviver ao desenbarque na praia de Omaha (uma das seis áreas de assalto na costa da Normandia durante o Dia-D), em seguida, limpar as casamatas que protegem a praia. Powell está sob o comando do capitão Ramsey e com a ajuda do oficial, Powell deve encontrar e proteger pára-quedistas pertencentes da 101ª Divisão Aerotransportada e ajudá-los a tomar uma bateria de lançadores de foguete Nebelwerfer próximo a cidade de Carentan. Os acontecimentos ocorridos durante o Dia-D tornaram-se lendários no decurso da Segunda Guerra Mundial e são retratados em diversos outros filmes e jogos eletrônicos. Para esta campanha, especialmente a missão do desenbarque, os desenvolvedores foram inspirados pelo filme O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan), Steven Spielberg, lançado em 1998.
  • Behind Enemy Lines (Atrás das Linhas Inimigas) (22 de junho de 1944): Powell volta como um agente da OSS solitário, vai para atrás das linhas inimigas para coletar informações sobre as estratégias de movimentação das tropas alemãs e investigar rumores sobre um novo protótipo de tanque alemão chamado Tiger II ou King Tiger. Powell precisa primeiro salvar um piloto de reconhecimento e escoltá-lo para um abrigo seguro mantido pela resistência francesa. No abrigo, ele deve encontrar Manon Batiste(personagem protagonista do Medal of Honor: Underground, lançado em 2000 para PlayStation), também agente da OSS que passará a localização exata dos documentos que Powell deve coletar e também fornecerá transporte até lá. Powell agora deve se infiltrar em un posto de comando alemão instalado em uma mansão, sede de fazenda e reunir várias informações e documentos referentes à missão. Este é um dos poucos pontos de jogabilidade não-linear no MOHAA, onde os objectivos podem ser alcançados em qualquer ordem.
  • Day of the Tiger (Dia do Tigre) (20 de agosto de 1944): Com os aliados crescendo rapidamente o domínio sobre o território francês, a cidade de Brest, na Bretanha, torna-se um ponto estratégico crucial para o avanço aliado, o segundo porto mais importante da França esta na cidade. Com as informações recolhidas na última missão, um grupo treinado especialmente para pilotar o King Tiger é escolhida por Hargrove para rouba-lo e trazê-lo para Brest, fora das linhas inimigas para ser estudado. Powell e sua equipe deve atravessar as ruas escuras de uma vila cercada de snipers alemães espalhados por torres, telhados e janelas escuras até encontrar o tanque, o episódio é conhecido como "Sniper Town" (lar do atirador). Depois de capturar o tanque, seus tripulantes devem chegar em Brest com o tanque ainda utilizável, até lá o grupo deve enfrentar uma série de adversários alemães, incluindo tanques Tiger, infantaria armada com lança-rojões Panzerschreck, canhões de 88 mm, e metralhadoras MG42. Chegando a cidade, Powell deve encontrar um ponto alto onde pode proteger o tanque capturado e a ponte que conduz ao centro da cidade. Ocupando a posição de sniper com um rifle de longo alcance, Powell pode derrubar qualquer inimigo que tente explodir a ponte e caso haja tanques inimigos, esta disponível um rádio para pedir suporte aéreo.
  • The Return to Schmerzen (O Retorno à Schmerzen) (18 de janeiro de 1945): Schmerzen (dor, em alemão) é um forte que foi convertido em uma grande instalação nazista para diversos fins, dois deles é servir de unidade de produção de gás mostarda e campo de extermínio. No primeiro Medal of Honor, o tenente James Patterson poucos meses antes (novembro de 1944) destruiu parte das instalações, mas pouco tempo depois, a instalação foi reativada sob comando coronel Muller. Após vários ataques estratégicos sobre o Forte, Powell e um grupo de rangers infiltram-se na fábrica, plantam explosivos e sabotam o sistema de gás do Forte. Powell segue sozinho para a área subterrânea do forte equipado com uma máscara de gás e após muita resistência inimiga, consegue chegar no núcleo de produção de gás. Powell deve destruir o sistema de distribuição de gás consequentemente liberando-o por toda área subterrânea, enquanto isso os outros rangers sabotam o resto da base e libertam os prisioneiros, todas as ações culminam no colapso do forte e todos são forçados a escapar rapidamente antes de tudo explodir.
Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Depois do Medal of Honor: Allied Assault, nenhum outro jogo da série faz menção ao tenente Mike Powell ou qualquer outra ação feita por ele, há uma petição por parte da comunidade de fãs a produtora Electronic Arts uma reedição do título com atualização dos gráficos e talvez algumas novas missões, mas nada foi dito por parte da produtora sobre uma possível remasterização.

Música[editar | editar código-fonte]

A música para Medal of Honor: Allied Assault foi composta pelo premiado Michael Giacchino . A trilha sonora oficial foi lançado em 30 de agosto de 2005, no iTunes e Amazon. A trilha sonora é composta por 5 faixas.

Medal of Honor: Allied Assault (EA Games Soundtrack)
Trilha sonora de Michael Giacchino
Lançamento 30 de Agosto de 2005 (2005-08-30) (Digital)
Gênero(s) Música de jogos eletrônicos
Duração 17:36
Medal of Honor: Allied Assault (EA Games Soundtrack) (Digital Release) (17:36)
N.º Título Duração
1. "Medal of Honor: Allied Assault (Main Theme)"   4:04
2. "North Africa"   3:19
3. "Schmerzen"   3:37
4. "Sniper Town"   3:20
5. "Tiger Tank"   3:23

Armas[editar | editar código-fonte]

Pistolas[editar | editar código-fonte]

Fuzis[editar | editar código-fonte]

Submetralhadoras[editar | editar código-fonte]

Fuzis automáticos e metralhadoras[editar | editar código-fonte]

Granadas[editar | editar código-fonte]

Pesado[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Binóculos
  • Rádio
  • Explosivos

Segredos[editar | editar código-fonte]

  • Há uma fase não usada nos arquivos internos do jogo. Para acessar essa missão você tem que ativar o console: pressione o botão do console e digite “maplist” 2 vezes. Em seguida, escolha a partir da lista de mapas um chamado "m4l0.bsp". Clique para acessar. Neste mapa existem cachorros que não aparecem em lugar algum no jogo final alem de ser incompleta aonde não tem como termina-la
  • Na missão Scuttling the U-529 (Afundamento o U-529), em um vestiário, onde você pegara o uniforme do oficial e documentação de nível 1, há um armário (à direita da porta), que tem um kit de cinquenta por cento de vida e uma MP40.
  • Ainda Na missão Scuttling the U-529 (Afundamento o U-529), depois de ter obtido o uniforme alemão e identificação de nível 1, você vem a um lugar onde três soldados alemães estão jogando cartas,e ha uma janela através da qual você vê dois mecânicos que estão conversando. Pressione o botão de ação(geralmente “e”)na janela e eles começam fazer acrobacias e dança.
  • Na missão Lighting the Torch (Acendendo a Tocha), antes de seguir para os canhões de 88 milímetros situados na costa, você pode resgatar um soldado Americano sendo torturado. Este sobe as escadas à direita do pátio central, o siga a estrada até chegar à sala onde ele está preso.
  • Na missão The Return to Schmerzen (Retorno à Schmerzen), na cidade onde você corta as comunicações alemães, há uma casa perto da entrada com instrumentos musicais (piano e violoncelo), em uma de suas salas. Se você pressionar o botão de ação (geralmente “e”)começa a tocar um som.

Multiplayer[editar | editar código-fonte]

Medal of Honor também apresenta um modo multiplayer onde é possível jogar até 64 jogadores ao mesmo tempo e oferece modos de jogo com objetivos diversos.

Modos de jogo padrão.

  • Free for All - Um clássico Deathmatch, onde cada jogador luta cada um por si.
  • Team Deathmatch - Onde equipe de Aliados enfrenta uma equipe do Eixo, quem tiver mais mortes vence.
  • Round Based - O mesmo que o Team Deathmatch, mas os jogadores não voltam ao jogo depois de serem mortos. A equipe que tiver o último homem de pé ganha a rodada.
  • Objective - Aliados ou Nazistas devem plantar uma ou mais bombas em um determinado local e o outro time deve impedir.

Modos de jogo modificados.

  • Freeze Tag - Uma modificação popular. Assim como Team Deathmatch, exceto que uma vez o jogador morto deve esperar no lugar em que morreu até que um dos seus colegas de equipe ainda vivo toque nele e o desparalize.
  • Freeze Tag Objective - Modificação semelhante a do objetivo que você deve explodir/defender os alvos exceto que uma vez o jogador morto deve esperar no lugar em que morreu até que um dos seus colegas de equipe ainda vivo toque nele e o desparalize.
  • Demolition - Cada lado tem de impedir que seja bombardeado pelo lado oposto, (semelhante ao modo Objective) mas é jogado em mapas de Deathmatch.
  • Capture The Flag - As equipes têm de roubar a bandeira do lado oposto e trazê-la à sua base.
  • Basebuilder - Jogadores gastam alguns minutos colocando objetos como caixas em um certo mapa e depois jogam esse mapa.
  • Assassination - Um jogador é escolhido aleatoriamente para ser o "protegido", sua equipe deve escolta-lo a um ponto de extração, enquanto o outro tenta eliminá-lo.
  • Survival Horror - Um dos jogadores escolhidos aleatoriamente se torna o assassino, que joga sozinho, é invisível (aparece apenas em curtos períodos quando ataca, brilhando em vermelho). É equipado com uma pistola silenciosa dando-lhe uma vantagem tática, apesar de estar em menor número, enquanto todo o resto dos jogadores tentam manter-se vivos e caçando o assassino. Depois que ele está morto (ou o seu tempo da rodada termina), um assassino novo é escolhido.
  • Sniper-Only - Clássico Deathmatch, onde cada jogador luta cada um por si mas só com rifles de longo alcance.
  • Team Deathmatch Sniper-Only - Equipe contra equipe apenas com rifles de longo alcance.
  • Airborne - Equipe contra equipe sendo que todo jogador do time Aliado que é morto, volta ao jogo tendo de pular de um avião C47, podendo cair em qualquer ponto do mapa de acordo com o manejo do para-quedas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site da comunidade[editar | editar código-fonte]