Medalha Garvan–Olin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Medalha Garvan–Olin (em inglês: Francis P. Garvan–John M. Olin Medal) é uma condecoração anual destinada a mulheres, em reconhecimento a serviços de distinção em química. É concedido pela American Chemical Society (ACS), consistindo de uma quantia de US$ 5.000 e uma medalha.

Qualquer pessoa pode nomear uma única química em um ano. As nominações devem ser de mulheres com cidadania dos Estados Unidos.

A premiação foi estabelecida por Francis Patrick Garvan e Mabel Brady Garvan em 1936, em memória de sua filha. Foi estabelecida inicialmente como um concurso, que durou sete anos, como memorial à filha deles (o American Chemical Society's Prize Essay Contest). Foi financiado unicamente pela Fundação Francis P. Garvan Medal desde seu estabelecimento em 1936 até 1979. W. R. Grace & Co. assumiu seu co-patrocínio de 1979 a 1983. Em 1984 a Olin Corporation assumiu o co-oatrocínio. Mabel Brady Garvan permaneceu envolvida com a condecoração até 1967.

A Medalha Garvin–Olin é a terceira mais antiga condecoração da ACS, e a primeira condecoração estabelecida para laurear mulheres químicas.

Laureadas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]