Medicina espacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde janeiro de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
Os efeitos da microgravidade na distribuição dos fluidos corporais (muito exagerado).

Medicina espacial é a prática de medicina em astronautas no espaço exterior para assegurar que os astronautas trabalhem num ambiente seguro. O principal objetivo é descobrir o quão bem e por quanto tempo pessoas podem sobreviver às condições extremas do espaço, e o quão rápido ele podem se adaptar às condições da Terra depois de retornar das suas missões. Consequências médicas tais como cegueira e Osteoporose têm sido associadas com voos espaciais tripulados.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mann, Adam (23/07/2012). Blindness, Bone Loss, and Space Farts: Astronaut Medical Oddities. Wired magazine. Página visitada em 09/01/2014.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Thais Russomano, Fisiologia aeroespacial : conhecimentos essenciais para voar com segurança, EDIPUCRS ISBN 8-539-70228-2
  2. THAIS RUSSOMANO, JOAN VERNIKOS, A gravidade, esta grande escultora: como usar a gravidade terrestre a sau favor, EDIPUCRS ISBN 8-574-30902-8

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia possui o portal:


Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.