Mega Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mega Man
Atual logo dos jogos da série.
Desenvolvedora(s) Capcom
Local de origem  Japão
Gênero(s) Aventura
Ação
Primeiro título Mega Man
17 de dezembro de 1987
Último título Mega Man 10
1 de março de 2010
Website http://megaman.capcom.com/
Portal Portal Games  • Página do projeto Projeto Games

Mega Man (ロックマン, Rokkuman?, Rockman no Japão) é uma franquia criada pela Capcom, estrelado pelo personagem homônimo Mega Man, bem como seus vários homólogos. A série é bem conhecida, tendo mais de cinquenta versões lançadas, o que a torna a série mais produtiva da Capcom. A franquia teve inicio em 1987 com o primeiro Mega Man, que foi lançado para o Nintendo Entertainment System. Este jogo e suas sequências compõe a série original de jogos, mas foram criadas várias sub-série spinoffs que se passam no mesmo universo fictício.

Seu criador, Keiji Inafune, teve como inspiração para a criação do herói o Astro Boy. Além disso, o Mega Man iria ser originalmente vermelho, e não azul; a mudança se deu porque o azul possuía mais tons diferentes na paleta de 54 cores do NES1 .

Visão geral[editar | editar código-fonte]

A série clássica consiste em 11 jogos principais, seguido também por versões para Game Boy e PC, baseados no mesmo personagem. A série clássica é considerada a origem da história, onde Mega Man é a primeira parte, seguido de suas dez sequências diretas.

Mesmo antes de sua história chegar ao fim, a história da série avança para Mega Man X, e logo depois Mega Man Zero, Mega Man ZX e Mega Man Legends. Já foi confirmado que a série Legends é a última cronologicamente, se passando muito tempo depois da série ZX, mas não se sabe ao certo quanto tempo. A série Battle Network existe em um universo paralelo (onde a tecnologia de rede floresceu, ao invés da robótica), e a série Star Force é sua sequência.2

O livro Rockman Perfect Memories descreve claramente a ordem cronológica das séries clássica, X e Legends, citando também as séries Zero e Battle Network que eram novas. Mesmo que não tenham descrito no livro sobre as séries ZX e Star Force, a Capcom deixou bem claro a época em que os jogos se passam.

História Completa[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na série, dois gênios da robótica, Dr. Albert Wily e Dr. Thomas Light, criam uma nova geração de robôs superior a quaisquer outros já criados (Robot Masters). Então, Wily, ex-sócio de Dr. Light (criador de Mega Man), vendo o incrível potencial dos robôs, começa a imaginar que, com eles sob seu comando, poderia ter um enorme poder nas mãos. Ao compartilhar seus planos de domínio com Light e ter retorno negativo, rouba seu projeto inicial, Protoman (Blues, no original), para servi-lo, junto com outros robôs.

Dr. Light, então, cria Rock, um robô ajudante de laboratório e Roll, uma ajudante domestica, . Quando Wily resolve usar os Robôs para cometer terrorismo, Rock não entende por quê seus irmãos estariam cometendo tais barbaridades e pede para Dr. Thomas Light torná-lo num robô de batalha para deter Wily. Surge então Mega Man, o robô azul que sempre estraga os planos malignos de Wily.

Os dois primeiros parágrafos são um resumo das histórias de cada jogo, somente lançados para o console NES (Mega Man 1 - 6).

Algum tempo depois, Dr. Light cria um novo robô chamado X. X era um robô muito forte, e por isso ele tinha capacidade para desrespeitar as 3 leis da robótica. Com medo, Dr. Light resolve deixar X armazenado em uma cápsula para que no futuro a humanidade tenha melhor controle sobre os robôs. Por isso, essa criação só é despertada um século depois pelo explorador Dr. Cain. A tecnologia de X era avançada mesmo para aquela época e deu origem a um novo tipo de robôs chamados reploids. Alguns reploids, porém, revoltaram-se contra a humanidade, eles foram chamados de Mavericks. Cabe a X e aos Maverick Hunters, (caçadores de Mavericks) parar essa ameaça. O novo vilão da série é Sigma.

Em Mega Man Zero, o jogo muda: X (o original) está desaparecido e sua cópia perfeita controla uma cidade onde a paz é mantida à força. Ciel, a líder dos rebeldes, lidera uma expedição para encontrar o lendário Reploid, Zero. Encontrado em estado de animação suspensa, Zero é trazido de volta à vida por Ciel e logo em seguida une-se a ela e à Resistência contra o Copy X. Zero também se depara com os 4 guardiões: Harpuia, Leviathan, Fefnir e Phantom.

Aparições na TV[editar | editar código-fonte]

A primeira aparição de Mega Man em desenho animado foi no cartoon americano Capitão N, onde ele tinha aparições regulares. Os fãs de Mega Man hoje irão notar que o personagem era totalmente descaracterizado. Por exemplo, a armadura de Mega Man em Capitão N era verde. Ele era baixinho e colocava a palavra "mega" na frente das palavras ("Tanto mega açúcar não faz bem a você", Kid Icarus). Alimentava-se aparentemente de células de energia que caiam de inimigos destruídos. Foi fabricado por Dr. Light, que também era um pouco diferente nos jogos. Também havia a Mega Girl (não confundir com Roll). O maior desejo de Mega Man era se tornar humano. Houve um episódio que Mega Man e Mega Girl conseguiram tornar-se humanos ao passar por uma prova.

Em 1995, Mega Man ganhou sua própria Série, produzida por Joe Ruby e Ken Spears e exibida no Brasil pelo SBT por volta de 1998.

O AnimeMegaMan NT Warrior conta a história de Lan Hikari (Hikari Netto no original), um rapaz que vive em um futuro onde todos têm PETs (Personal Electronic Terminal - Terminais Eletrônicos Pessoais) com NetNavis usados para se fazer inúmeras atividades, estando toda a economia desta sociedade ligada à "rede" (como a internet) funcionando como um "Mundo alternativo", e os programas nele criados possuem uma alta inteligência artificial. O NetNavi de Lan é o MegaMan, que o ajuda a se livrar de várias enrascadas.

A primeira temporada do Anime mostra as tentativas da organização terrorista: Mundo 3 (World 3), de dominar a rede. Esta temporada acaba com o sacrifício de MegaMan.

Na segunda temporada, Lan e seus amigos restauram o programa de Mega Man e destroem PharaohMan. Logo em seguida é introduzida a NetCity, o lugar ideal para os NetNavis conviverem uns com os outros.

Bass aparece pela primeira vez em NetCity, como um Navi misterioso. A Tumba (Gospel/Treble no original) se mostra o novo inimigo de Lan e MegaMan.

Vale lembrar que Megaman NT Warrior contém vários cortes e edições em relação a versão japonesa, ocorrendo mudanças que contradizem até mesmo o jogo original.

Séries[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Mega Man Clássico[editar | editar código-fonte]

Dr. Light e Dr. Willy eram amigos e desenvolveram vários robôs. Seus objetivos eram ajudar a humanidade com trabalho pesado e em condições que os humanos não aguentariam. Assim, como um protótipo com emoções perto das emoções humanas, deram-lhes o nome de Robotics. Quando o trabalho deles foi reconhecido pelo mundo, apenas o Dr. Light recebeu crédito. Então, Dr. Willy, sedento de vingança, roubou o protótipo (Protoman) e os três robôs feitos inicialmente pelo Dr. Light para obedecerem a ele (Gutsman, Cutman e Iceman). Dr. Light criou então Rock e Roll a partir do projeto do protótipo, com a intenção de formar uma família para ajudar a salvar a humanidade das catástrofes de Dr. Willy. Depois da demonstração de poder que Protoman causou, Dr. Light resolveu tornar Rock um super guerreiro a fim de parar os planos de Dr. Willy. Assim foi criado o Megaman.

MegaMan Battle Network[editar | editar código-fonte]

Lan Hikari (Hikari Netto no original) é um operador de uma tipo de programa de computador com Inteligência Artificial muito avançada e capaz de sentir emoções, os NetNavis. O seu NetNavi é o MegaMan.EXE (Rockman.EXE no Original), um NetNavi personalizado criado especialmente para ele por seu pai. Logo no começo já se sabe quem são os inimigos, uma organização chamada de World_Three(WWW), cujo objetivo verdadeiro é destruir o mundo criado pelo avô de Lan, a Internet, e tem como líder Dr. Wily. Durante a aventura Lan descobre diversas coisas sobre sua família, incluindo a verdadeira origem de Megaman.EXE, que é na verdade uma copia genética computadorizada de Hub (Saito no original), o irmão gêmeo de Lan que morreu pouco tempo depois de nascer.

MegaMan Star Force[editar | editar código-fonte]

Continuação de Megaman Battle Network, se passando 200 anos após o sexto e último jogo da série anterior. Dois planetas distantes estavam em guerra: Planeta AM e Planeta FM, o Planeta FM atacou o Planeta AM ao pensar que ele planejava atacá-lo e dominá-lo, o planeta AM é destruído e vários de seus habitantes mortos, embora vários tenham conseguido fugir para outros planetas, um desses sobreviventes, War-Rock (Omega-Xis aka Mega) passou a viver no Planeta FM, a Terra descobriu a existência do Planeta FM e tentou formar uma aliança pacífica, o Planeta FM entendeu a tentativa de aliança como uma invasão, atacando e destruindo a estação espacial que tentava realizar a aliança: Hope (Esperança), War-Rock simpatiza com um dos membros da tripulação de Hope: Daigo Hoshikawa (Kelvin Stelar), virando amigo dele, e transformando a ele e todos da estação em formas de vida eletromagnéticas, a partir de então War-Rock é tido como traidor, ele rouba a Chave de Andrômeda, uma espécie de controle-remoto da arma de destruição do Planeta FM: Andrômeda (Que na verdade é um robô), War-Rock segue para a Terra, sendo chamado por três vozes misteriosas, que na verdade são os três seres mais fortes do Planeta AM que fugiram para a Terra: Pegasus Magic, Leo Kingdom e Dragon Sky. Vários guerreiros do Planeta FM rumam a Terra, para conseguir a Chave de Andrômeda e para terminar o que começaram na estação espacial Hope: destruir a Terra e todos os seus habitantes. Quando os seres AM vieram para a Terra, influenciaram os humanos a construir três satélites: Pegasus, Leo e Dragon, onde os seres AM residem, ajudando a Terra a se desenvolver através a energia eletromagnética. War-Rock conhece Subaru Hoshikawa (Geo Stelar), o filho de Daigo que se fechou ao mundo depois da aparente morte do pai, os outros guerreiros seguem War-Rock até a Terra, mas eles não possuem o mesmo poder que possuíam no Planeta FM, obrigando-os a se fundir com humanos cujas ondas cerebrais sejam compatíveis, assim, War-Rock, com a desculpa de contar a Subaru sobre o que aconteceu com o seu pai, fundi-se com ele para se tornar MegaMan, vencendo assim os aliens FM:

  • Ox (Taurus)
  • Cygnus
  • Harp (Lyra)
  • Libra
  • Ophiucus (Ophiuca)
  • Gemini

Com o passar do tempo, Subaru começa a se abrir, voltar a ir a escola e até faz amigos, mas a alegria dura pouco, a Chave de Andrômeda é roubada e o rei do Planeta FM, Cepheus, manda Andrômeda destruir a Terra, MegaMan detêm Andrômeda e é revelado que foi Gemini quem fez a cabeça do rei tanto na guerra contra o Planeta AM quanto no ataque à Terra, assim, Cepheus se desculpa e cessa o ataque.

Megaman Star Force 2[editar | editar código-fonte]

Continuação de Megaman Star Force onde aparecem seres chamados UMAs que também podem se fundir a humanos formando novos EM beings. Surge um novo rival para Geo Stelar(Subaru Hoshikawa), Solo, um ser que odeia humanos e Link Power, que pode se transformar utilizando os poderes do continente flutuante de Mu(citação necessária).Personagens principais:

  • Ox(Taurus)
  • OX Fire(taurus Fire)
  • Black Phamtom(Dark Phamtom)
  • Yeti Blizzard
  • Plesio Surf
  • Condor Geograph(Terra Condor)
  • Solo
  • Burai(Rogue)
  • Lady Vega
  • Empty(Hollow)
  • General Auriga
  • Appolo Flame

Jogos[editar | editar código-fonte]

Nota:Os Jogos Desta Lista São os Jogos Originais da Série e Que Percorrem a Linha do Tempo a Continuação de outro e outro Jogo.

Mega Man /Megaman Powered-up[editar | editar código-fonte]

No início Dr Wily e Light eram amigos e criaram os robôs:Guts Man, Cut Man, Elec Man, Ice Man, Bomb Man e Fire Man (e mais Oil Man e Time Man na versão Mega Man: Powered Up para PSP) como projetos. O objetivo de Wily e Light era desenvolver robôs para ajudar os humanos em trabalhos domésticos. Quando o mundo reconheceu o trabalho, apenas Light recebeu crédito. Wily então se decepcionou com a humanidade e resolveu usar os robôs para o mal, roubando o projeto (ProtoMan/Blues) e os 6 robôs (8 em Mega Man Powered Up). Essa no entanto, é a versão americana da história. Na versão japonesa Dr. Light e Wily nunca trabalharam juntos, e Rock e Roll já estavam prontos no momento em que os outros Robot Masters foram roubados.

Rockman world[editar | editar código-fonte]

Mega Man in Dr. Wily's Revenge (Rockman World, como é conhecido no Japão), é um jogo eletrônico lançado em 1991 para Gameboy, e tem as mesmas características de seu antecessor cronológico Mega Man I. Dr. Wily quer vingança pela derrota sofrida em Mega Man I, por isso, o cientista ressuscita quatro antigos robot masters: Elec Man, Cut Man, Ice Man e Fire Man. Porém de novo, o robô protagonista derrota os quatro robot masters, e invade a fortaleza de Wily. O que Mega Man não contava, é que mais quatro robot masters (Heat Man, Bubble Man, Flash Man e Quick Man) estavam guardando a fortaleza. Depois Mega Man se depara com Enker, o primeiro Mega Man Killer da história. Enker podia refletir os tiros do Power Buster de Mega Man, com a sua arma, o Mirror Buster. Mas, Mega Man consegue vencer a briga, e depois vai ao encontro de Wily. De novo, o robozinho azul vence a luta e Wily pede clemência e foge do castelo.

Mega Man 2[editar | editar código-fonte]

Dr. Light criou um robô- andróide chamado Mega Man, com a esperança de acabar com os planos do Dr. Willy de dominar o mundo novamente. Além de saltar e atirar, Mega Man possui a habilidade de aprender a usar as armas de seus inimigos, assim que os derrota. Dr. Willy também criava várias espécies de robôs em seu laboratório, e os espalhou em diversas regiões com o propósito de dominar o planeta Terra. Cabe a Mega Man a tarefa de encontrar portanto oito dos principais robôs do cientista malvado, além de capturar o próprio Dr. Willy dentro de seu castelo.

Rockman world 2[editar | editar código-fonte]

Mega Man II (Rockman World, no Japão) é o segundo jogo da franquia Mega Man para Game Boy. Dr. Wily planeja um novo plano para derrotar Mega Man; desta vez Wily rouba uma máquina do tempo, e viaja séculos no futuro e rouba de um museu de robôs, Mega Man, que nesta época, já estaria desligado. Wily reprograma o robô,e lhe dar o nome de Quint. Mais uma vez, Mega Man deve enfrentar outros quatro robots masters(Air Man, Metal Man, Crash Man e Wood Man). Depois de derrotá-los, na fortaleza de Wily, Mega Man deverá enfrentar mais cnco robôs: Needle Man, Magnet Man, Hard Man, Top Man e o próprio Quint. Depois de Quint ser derrotado, Mega Man herdará a Zakugarne. Mais tarde, Mega Man derrotara o Dr. Wily, que mais uma vez se rende.

Mega Man 3[editar | editar código-fonte]

Com o tempo, Wily até se junta a Light para formar um projeto de paz. Porém, mais uma vez o trai, roubando os projetos e atacando com mais 8 Robot Masters: Top Man, Snake Man, Gemini Man, Needle Man, Shadow Man, Hard Man, Magnet Man e Spark Man. Dessa vez, com a ajuda do cão-robô Rush, Mega Man derrota Wily, e o castelo explode, dando como certa a morte do vilão. Após ser ajudado a fugir por um Robotic misterioso, Mega Man descobre que ele é o antigo protótipo do qual ele mesmo tinha sido feito, e que agora se chamava Proto Man.

Mega Man: The Wily Wars[editar | editar código-fonte]

Mega Man: The Wily Wars, é um jogo vendido apenas para Sega Mega Drive. Este jogo é uma Remake de 16-bits dos três primeiros jogos da série: Mega Man I, Mega Man II e Mega Man III. O jogo também inclui mais o game secreto The Wily Tower.

Mega Man[editar | editar código-fonte]

Mega Man III[editar | editar código-fonte]

Super Adventure Rockman[editar | editar código-fonte]

Rockman world 3[editar | editar código-fonte]

O jogo mostra Mega Man lutando contra o Dr. Wily, que foi descoberto procurando por óleo no oceano

Mega Man 4[editar | editar código-fonte]

Com a suposta morte de Wily, a cidade estava em paz. É quando 8 novos Robot Masters: Dive Man, Drill Man, Toad Man, Bright Man, Pharaoh Man, Ring Man, Dust Man e Skull Man, desta vez construídos por Dr. Cossack, começam um ataque à cidade. Após proteger a cidade, Mega Man vai atrás de Cossack mas é impedido por Proto Man e Kalinka, filha do Dr. Cossack. A explicação era a seguinte: Wily havia sequestrado Kalinka e obrigou Cossack a atacar a cidade. Após saber da traição de Proto Man, Wily foge mas é derrotado por Mega Man, mais uma vez. Com a explosão do castelo, ele foge novamente.

Rockman world 4[editar | editar código-fonte]

O enredo do jogo mais uma vez envolve o protagonista Mega Man tentando frustrar os planos de dominação mundial do infame Dr. Wily. Em um dia aparentemente calmo em uma cidade grande, Wily aparece no céu em seu disco voador e envia uma transmissão de rádio que faz com que todos os robôs na anual Robô Mestre Exposição de ir em um rampage

Mega Man 5[editar | editar código-fonte]

Dr. Light é sequestrado, e tudo indica ter sido Proto Man, já que seu lenço foi deixado na cena do crime. Com a ajuda de Beat, um pássaro-robô criado por Dr. Cossack, Mega Man derrota os 8 novos Robot Masters: Wave Man, Star Man, Gravity Man, Gyro Man, Crystal Man, Napalm Man, Stone Man e Charge Man comandados por Proto Man. Ao derrotá-los encontra-se com o próprio, que está sem o lenço. Durante a luta, um Proto Man com lenço aparece e ajuda Mega Man. Esse era o verdadeiro Proto Man. O outro era Dark Man, criado por Wily para se passar por Proto e sequestrar Light. Mega Man destrói Dark Man e Wily, salvando Light. Mas com o teto desabando - sim, de novo…- Wily foge. Com a ajuda de Proto Man, Mega Man e Light conseguem fugir.

Mega Man[editar | editar código-fonte]

Mega Man (Game Gear) é um jogo semelhante ao enredo de Mega Man IV, porém com algumas alterações. Desta vez, Dr. Cossack não aparece, e de início, Mega Man dev enfrentar Stone Man, Star Man, Bright Man e Napalm Man. Depois, Mega Man enfrentará Wave Man e Toad Man. Mais uma vez, Alberty Wily pede clemêcia à Mega Man.

Rockman soccer[editar | editar código-fonte]

Mega Man Soccer, diferente dos outros jogos, não é um jogo de aventura, e sim, um jogo de futebol. Este jogo tem algumas características de Mega Man V, apesar de nenhum robot master de Mega Man V aparecer. Estava um dia tranquilo na cidade. Porém, Dr. Wily e vários robots querem dominar o futebol e o mundo e invadem o estádio. Então Dr. Light faz uma modificação nos cicuitos de Mega Man, para que ele possa jogar bola. Mega Man deve impedir os planos de Wily querer dominar o futebol, e o mundo. Os personagens do jogo são: Mega Man, Proto Man, Dust Man, Cut Man, Enker, Bomb Man, Fire Man, Wood Man, Skull Man, Ice Man, Elec Man, Air Man, Pharaoh Man, Bubble Man, Snake Man, Needle Man, Toad Man, Flash Man, Gemini Man, Top Man e Dr. Wily (secreto).

Rockman World 5[editar | editar código-fonte]

Está um dia de paz na cidade. Mega Man e Roll andam pela cidade tranquilamente. Porém, um Stardroid Chamado Earth, os ataca. O Mega Buster não surte efeito no Stardroid, Mega Man é facilmente derrotado. Depois, vários Stardroids atacam o planeta. Para combater essa ameaça, Dr. Light faz então uma alteração no Mega Buster de Mega Man, e lhe presenteia com uma nova arma; Tango, um gato robótico que irá auxiliá-lo no desenrrolar da historia. Mega Man deve derrotar os 4 Stardroids: Mercury, Mars, Venus e Neptune. Logo após de derrotá-los, o nosso heróise depara com mais 4: Jupter, Saturn, Uranus e Pluto. Mega Man invade a fortaleza de Wily para enfrentar Earth e Wily. Mas, lá se depara com os 3 Mega Man Killers e Quint, que retornaram dos jogos anteriores. Após derrotá-los Mega Man parte para a luta contra Earth e Wily. O herói derrota os dois vilões. No entanto, Wily ativa seu último recurso, Sunstar. A batalha é intensa, com a vitória de Mega Man. Mega Man oferece ajuda à Sunstar, más ele disse que o seu corpo estavá instável, e pede para que Mega Man saia do castelo antes que este exploda. Parece que o mundo ficará em paz de novo graças a Mega Man.

Mega Man 6[editar | editar código-fonte]

Tempos depois, um misterioso Mr.X (Dr. Wily em um péssimo disfarce) realiza um grande torneio de luta entre Robotics. Mas tudo não passava de um plano para roubá-los e usá-los num plano de dominação do mundo. Mega Man derrota os novos 8 Robot Masters: Tomahawk Man, Yamato Man, Knight Man, Centaur Man, Wind Man, Flame Man, Blizzard Man e Plant Man, enviados por Mr.X e descobre sua real identidade: Dr. Wily. Como sempre Wily é derrotado, mas desta vez é preso! Na capa do jornal aparece a manchete: "Wily agora domina uma cela da prisão!"

Rockman Complete Works[editar | editar código-fonte]

Obras Completas Rockman é uma linha de remakes de videogame lançado para o PlayStation no Japão dos seis primeiros jogos da série Rockman original (Mega Man no oeste) pela Capcom.

Mega Man 7[editar | editar código-fonte]

A cidade novamente estava em paz,mas Wily não ficou preso por muito tempo. Quatro de seus robôs, que estavam programados para se auto-ativarem, o retiram da prisão. Como esperado, Mega Man destrói os Robot Masters encontrando no caminho Bass (Forte, no original). Bass foi criado por Wily após este ter descoberto por acidente o "Bassnium" (Fortenium no original), a energia mais forte existente na época. Criado com essa tecnologia, aos moldes do projeto de Mega Man e contando até com um cão-robô: Trebble (Gospel no original); sua missão era testar seu oponente. Mega Man derrota Wily, Megaman tenta matar Wily mas Wily diz Calma mega man se lembre que robos não podem machucar os humanos Megaman diz Eu sou mais que um robo, morra Wily(na versão japonesa ele fica quieto), então o castelo começa a desabar e Wily foge com a ajuda de Bass.

Remake Mega Man 7[editar | editar código-fonte]

É o Mega man 7 na versão 8-bits.

Wily and Light's Rockboard: That's Paradise[editar | editar código-fonte]

Mega Man 64/Mega Man Legends[editar | editar código-fonte]

A história de Mega Man Legends não é relacionada a nenhum outro jogo da série. O protagonista é Mega Man Volnutt e se passa no futuro distante em um mundo coberto quase inteiramente por água, onde pessoas vivem em pequenas ilhas distantes umas das outras. Neste mundo, a energia é adquirida por meio da tecnologia dos Quantum Refractors (refratores) mantidos em ruinas de uma antiga cinvilização localizadas nos subterrâneos deste planeta. Estas ruinas são habitadas por Reaverbots, robôs misteriosos que guardam os refratores. Os exploradores de ruínas são chamados escavadores (em inglês, Diggers) e procuram por estes cristais com o objetivo de manter as cidades alimentadas por energia e para chegar às ruínas, eles lançam mão de veículos voadores gigantes.

Mega Man 8[editar | editar código-fonte]

Tempos de paz, até que dois poderosos robôs batalham entre si no espaço e acabam caindo na Terra. Light envia Mega Man para dar uma olhada, entretanto, Wily chega antes e retira algo dos robôs. Ele envia ainda quatro robôs para atacarem a Terra. Enquanto Mega Man combatia eles, Dr. Light analisava um dos robôs: Duo. Mega Man destrói os Robot Masters e, ao voltar ao laboratório, vê Duo acordar e sair quebrando o teto. Mega Man o ataca e Proto Man tem que intervir na luta, dizendo que Duo não era um inimigo. Duo aproveita e foge. Mega Man chega até o laboratório de Wily que estava sendo atacado pelo outro robô do espaço. Duo salva Megaman, destruindo o outro robô. O adversário de Dr. Light foge e envia mais 4 Robot Masters, que são vencidos por Mega Man. Na luta contra Wily, Mega Man fica totalmente indefeso, contudo é salvo por Duo. Após derrotar o vilão e retirar uma energia maligna de Mega Man, Duo volta ao espaço.

Remake Mega Man 8[editar | editar código-fonte]

Rockman Gold Empire[editar | editar código-fonte]

Mega Man Battle & Chase[editar | editar código-fonte]

Série artista e produtor Keiji Inafune afirmou que ele sempre quis "[trazer] o único" vencer seus inimigos e pegue seu aspecto material "de Mega Man para um jogo de carrinho de corrida"

Mega Man 9[editar | editar código-fonte]

O criador de Mega Man, Dr. Light é acusado de uma rebelião robótica e Dr. Wily aparenta não ter nenhuma conexão, anunciando inclusive que precisa de doações para completar robôs por ele criado para combater os de Dr. Light. Mega Man precisa lutar para provar a inocência de seu criador e expôr as reais intenções de Wily e derrotar mais oito robot masters.

Mega Man 10[editar | editar código-fonte]

O que se tem dados até agora é que a história vai ter haver com uma doença de robôs chamada "robo-enza",nome derivado de Influenza(Vírus) e que faz com que os robôs venham a agir diferente,ficam malucos,Mega Man vai descobrir a origem de Robo-Enza

Mega Man & Bass[editar | editar código-fonte]

King, um robô misterioso aparece na cidade e começa a roubar robôs que já foram criados antes. Ele aparece junto com os robôs Dynamo Man, Cold Man, Burner Man, Ground Man, Magic Man e Pirate Man e toma para si os robôs Astro Man e Tengu Man, originários do Mega Man 8. Megaman e Bass partem para descobrir o significado disso. Chamado no japão de Rockman And Forte

Mega Man & Bass: Challenger from the future[editar | editar código-fonte]

Mega Man & Bass: Challenger from the future (Rockman And Forte: Mirai Kara no Chosensha, no Japão), ou Rockman & Forte 2 (às vezes), é um eletrônico lançado para Wonderswan da Bandai. Um misterioso robô chamado Mega Man Shadow a ataca a cidade de Sinphony City, liderando a Dimensions, com os robôs Aircon Man, Dangan Man, Clock Men, Konro Man, Compass Man e Komuso Man. Wily manda Bass investigar o caso, e Light encarrega Mega Man. No final, Mega Man Shadow revela o seu passado, ou melhor, futuro.

Rockman Strategy[editar | editar código-fonte]

Mega Man: The Power Battle[editar | editar código-fonte]

A história do jogo é simples, o mal Doctor Wily reconstruiu alguns dos seus Mestres robô, com a qual ele está tentando dominar o mundo, forçando os heróis para detê-lo.

Mega Man: The Power Fighters[editar | editar código-fonte]

Como a POWER BATTLE, cada personagem tem um epílogo quando o jogador bate o jogo. No entanto, em The Power Fighters, os epílogos são mais detalhadas e têm mais a ver com passados ​​e futuros jogos de Mega Man, fornecendo explicações vagas sobre personagens e Cánon, notadamente a energia incidente Mal de Mega Man 8 e como o Dr. Wily criou Zero a partir da série mega Man X.

Mega Man Universe[editar | editar código-fonte]

Período Pré-Megaman X[editar | editar código-fonte]

Depois de Mega Man 2: The Power Fighters, Zero é criado por Dr. Wily.

Mega Man X é criado, ficando sob análise automática durante, no mínimo, 30 anos, por ter um sistema que pode se tornar instável - seu livre arbítrio.

Durante esse período mínimo não se sabe ao certo o que acontece, entretanto, Mega Man (original) e Bass, desaparecem junto com o Proto Man, que se sabia que tinha um defeito em seu gerador de energia. X continua em sua cápsula até despertar no século seguinte. Também não se sabe o que aconteceu com Dr. Light e com Dr. Wily e nem como Zero foi despertado. Existem rumores de que tudo seria o efeito de um paradoxo - Evento Temporal do Dr. Light.

Mega Man X[editar | editar código-fonte]

A série Mega Man X está atualmente dividida em 11 jogos (excluindo Mega Man X Collection que é coletânea e Maverick Hunter X que é remake).

Já em 21XX, Dr. Cain, um cientista botânico, encontra a cápsula de X durante uma escavação e o re-ativa. Numa tentativa de copiar X, Dr. Cain cria os Reploids, depois de 3 meses, e se torna um sucesso. Mais 4 meses se passam e começam a haver atividades dos Mavericks, que são nada mais nada menos que Reploids que, por seu livre arbítrio, resolvem enfrentar a humanidade julgando-a como inferior.

A origem real dessa rebelião já é conhecida: A falta de análise nos Reploids; X foi o único que teve seus ideais criados sempre a favor da humanidade. Para dominar a ameaça Maverick, foram criados os Maverick Hunters (Irregular Hunters no original japonês), que eram liderados por um Reploid possuidor dos melhores chips neurais da época e que, assim, não se rebelaria. Seu nome: Sigma.

Zero no início era extremamente violento e forte. Ele sozinho destruiu um batalhão inteiro de novecentos Maverick Hunters (comandados por Gamma). Para evitar mais perdas, Sigma foi pessoalmente lutar contra Zero, depois deste ter destruído seu exército.

Ele quase perde, contudo, por sorte, Zero teve um defeito no meio da luta (seu cristal começou a brilhar e um W apareceu neste) baixando a guarda para Sigma que se aproveitou da chance para destruir o cristal de Zero com um soco, vencendo a luta. O vírus é na verdade uma subrotina do programa moral do X, chamado de "circuito de sofrimento", isso faria com que X abdicasse a violência. Funcionou bem para o X, mas quando Dr. Cain criou os Reploids, seus circuitos não aguentaram e fez com que ao inves de abdicarem a violência, eles ficassem violentos.

Como a tecnologia do X e do Zero são muito semelhantes, o circuito de sofrimento ajudou o Zero a se reformar, enquanto Sigma absorvia o vírus por causa do contato com o cristal de zero.

Zero foi consertado por Dr. Cain e teve sua memória apagada, provavelmente pelo soco, embora ainda houvesse borrões de memória em sua mente. Ele é recrutado para os Maverick Hunters e passa a lutar ao lado de Sigma, enquanto este ainda não demonstrava sinais de rebeldia.

Ao perceber que os Reploids são superiores à raça humana, Sigma reúne vários Hunters para se tornarem Mavericks e, supostamente, destrói a Base dos Hunters com uma chuva de mísseis. X tenta deter Sigma mas é impedido por Vile (Vava no original japonês), um ex-Hunter que teve problemas em seu cérebro e foi desativado, mas que agora trabalhava para Sigma. Vile quase destrói X, mas ele é salvo por Zero, que convence X a continuar lutando. Para acabar com os planos de Sigma, X parte em direção a base de Sigma, que ficava em cima de um rochedo voador. X enfrenta os Maverick Hunters mais poderosos da época, que o desprezavam por ser um Hunter de nível B. X também encontrou vários cápsulas contendo partes de uma armadura criada por Dr. Light, especialmente para uma ocasião como esta. Não se sabe ao certo se o holograma que aparece nas cápsulas são mensagens gravadas ou uma forma de inteligência artificial. Após finalmente derrotar os seguidores de Sigma (Chill Penguin, Launch Octopus, Armored Armadillo, Spark Mandril, Flame Mamooth, Storm Eagle, Sting Chameleon e Boomer Kuwanger), X e Zero invadem a base dele, mas Zero acaba sendo derrotado por Vile. X tenta ajudar mas não consegue fazer muito. Zero, em um momento de desespero, explode a armadura robótica de Vile, equilibrando a luta, mas ficando severamente danificado. Após a aparente destruição de Zero, X absorve a arma de Zero, Zero Buster. Tendo uma das armas mais fortes, Zero X Buster. X destrói Vile e Zero diz a ele que ele pode derrotar Sigma e morre. X enfrentou mais alguns robôs que guardavam a fortaleza e finalmente encontrou Sigma, que acabou sendo derrotado, para a surpresa de ambos. Mas a luta estava longe de acabar e Sigma ataca X com um poderoso novo corpo, chamado de Wolf Sigma, que também é eliminado por X, que escapa da base antes de ela cair na água e desaparecer.

Mega Man X2[editar | editar código-fonte]

Seis meses se passaram e X se tornou líder dos Maverick Hunters. Dr. Cain deu a ele informações de que os últimos seguidores de Sigma estavam escondidos em uma fábrica abandonada de Mechaniloids (robôs incapazes de pensar). X acabou tendo que destruir um Mechaniloid gigante para escapar. Mal desconfiava ele que estava sendo observado por três Mavericks: Violen, Serges e Agile, os X-Hunters. X enfrentou mais alguns Mavericks que estavam sendo usados pelos X-Hunters para impedir de X de atrapalhá-los, mas após algumas vitórias de X, eles foram obrigados a se revelar e obrigar X a enfrentá-los, pois eles tinham as partes de Zero, embora não conseguissem ressucitá-lo sem o Chip de Controle. X conseguiu derrotar os Mavericks restantes e recuperar as partes de Zero. Dr. Cain descobriu que a base dos X-Hunters era localizada no Pólo Norte e enviou X até lá enquanto tentava consertar Zero. X destruiu os três X-Hunters, mas descobriu que eles estavam sendo usados por Sigma o tempo todo. Sigma apareceu com uma versão negra do Zero, porém o verdadeiro logo apareceu e destruiu a cópia (usando seu Z-Saber pela primeira vez). Sigma revela que Zero estava destinado a segui-lo, mas Zero decide enfrentá-lo. X parte atrás de Sigma e o derrota novamente. Antes de desaparecer Sigma dá a entender que conhece Dr. Wily.

Mega Man X3[editar | editar código-fonte]

Algum tempo mais tarde, um famoso cientista Reploid chamado Dr. Doppler inventou um Chip Neural que seria capaz de inibir completamente o comportamento Maverick de um Reploid. Em pouco tempo não havia mais Mavericks e os seguidores de Doppler construiram Dopple Town, uma cidade pacífica onde eles viviam. Porém os Reploids que supostamente haviam deixado de agir como Mavericks começaram a causar confusão, e X e Zero partiram para trazer Doppler à justiça. Algumas horas depois um contato de emergência fez com que os dois Hunters voltassem à base que estava sob ataque. Depois de controlar a rebelião, X e Zero começaram a investigar Dopple Town, e X derrotou alguns Mavericks que viviam lá. Isso fez com que Dr. Doppler mandasse Bit e Byte (no Japão conhecidos como Nightmare Police), seus fiés ajudantes, atrás de X, assim como Vile, que havia sido reconstruído e queria vingança. X venceu todos eles e após acabar com todos os Mavericks de Dopple Town invadiu o laboratório de Doppler. Dr. Cain descobriu que Doppler criou um poderoso corpo de batalha, mas que o próprio Doppler não poderia usá-lo, o que levou X e Zero a suspeitar que Sigma estivesse envolvido. Quando X encontrou Doppler, este o convidou para se juntar a ele no novo mundo que ele queria criar, mas X tratou de vencer, trazendo Doppler de volta a razão. X então lutou contra Sigma, que sendo derrotado mais uma vez decidiu possuir X, que fugiu mas ficou encurralado. Antes que Sigma pudesse fazer algo, Zero apareceu e usou um Antivírus criado por Doppler para deter Sigma.

Mega Man X4[editar | editar código-fonte]

Novamente Sigma usou outros Reploids em seus planos, dessa vez a organização militar conhecida como Repliforce, que era controlada pelo General. Sigma enviou um Mechaniloid gigante para destruir a cidade flutuante Sky Lagoon. X e Zero chegaram tarde demais e Magma Dragoon, um Hunter da Décima Quarta Unidade, informou eles que já era tarde demais. Furiosos os dois Hunters foram atrás do Mechaniloid e o destruiram. Colonel, que era um dos membros mais importantes da Repliforce, logo apareceu e os Hunters pediram que ele os acompanhasse até a base, mas tiveram o pedido negado. Por causa disso toda a Repliforce foi acusada de ser uma organização Maverick. General então decidiu tornar a Repliforce independente, criando uma estação espacial chamada "Final Weapon". X e Zero tentaram impedir os planos de General, sendo ajudados por Double, um Hunter novato, e Iris, a irmã de Colonel, que pediu a Zero que não lutasse com seu irmão. Mesmo com vários membros da Repliforce derrotados, incluindo Dragoon, que traiu os Maverick Hunters, General conseguiu ir para espaço. Zero tentou detê-lo mas teve que lutar com Colonel, que acabou morrendo. Isso deixou Iris triste e ela fugiu junto com a Repliforce. X e Zero invadiram a Final Weapon e X teve lutar com Double, que revelou ser um espião, assim como Zero teve que combater Iris, que usou o poder do seu irmão para virar um robô de guerra. Ela e Double acabaram mortos e os dois Hunters foram atrás do General, que decidiu lutar por seus ideais, mas acabou vencido. Para a surpresa de todos a Final Weapon começou a funcionar mirando na Terra. X e Zero partiram para descobrir quem a estava controlando e tiveram que lutar contra Sigma. Embora tenham vencido, já era tarde demais para impedir o tiro. General pediu desculpas e usou o próprio corpo para parar a arma, morrendo no processo e explodindo a Final Weapon. X e Zero escapam em naves antes da explosão.

Mega Man X5[editar | editar código-fonte]

Algum tempo depois Sigma ataca novamente, dessa vez com um plano ainda mais perigoso. Ele contrata os serviços de Dynamo, um caçador de recompensa, que ataca a colônia espacial Eurasia, fazendo-a entrar em rota de colisão com a Terra. Enquanto isso o próprio Sigma aparece e X e Zero partem atrás dele. Sigma é derrotado, mas isso era tudo parte do seu plano, pois a destruição do seu corpo espalhou o vírus Sigma por todo o planeta. Os Maverick Hunters, com o auxílio de novos aliados, Alia (a navegadora), Douglas (o mecânico), Lifesaver (o Reploid de resgate) e Signas (o novo líder), pensam em alguma maneira de deter a colisão da colônia, decidindo usar o "Enigma", um gigantesco canhão laser. Para tanto eles precisavam de equipamentos para melhorar o desempenho do Enigma, e X e Zero partiram para consegui-los, tendo que destruir antigos conhecidos que foram infectados. Mesmo com as melhoras, o Enigma falha e a única esperança é a Nave Espacial. Alguém deveria pilotá-la, fazendo com que ela colidisse com a colônia. Depois de conseguir mais equipamentos e enfrentar mais inimigos, Zero pilota a nave, que destrói a colônia, embora alguns destroços ainda caiam na Terra. Zero consegue escapar da explosão e depois de voltar à Terra é resgatado por Lifesaver. Quando todos achavam que tudo estava acabado Alia descobre que o vírus da colônia se misturou com a da Terra, gerando o vírus Zero. X e Zero vão investigar o novo vírus encontrando alguns obstáculos, até que X reencontra Zero e pede a ele que volte para a base. Zero nega e a discussão leva os dois a se enfrentarem. A luta termina em um empate, pois os dois acabam desmaiando. Sigma então aproveita a chance para tentar matar X, mas é impedido por Zero. Sigma então convida Zero para enfrentá-lo. Após a batalha final contra Sigma, Zero acaba muito danificado, perdendo um braço e as pernas. X o encontra e tenta acordá-lo, mas ambos são atravessados por um raio disparado por Sigma. Zero então usa sua Z-Buster para destruir Sigma. X, embora tenha sido gravemente ferido, é salvo pelo holograma do Dr. Light, então ele herda o sabre de luz de Zero e continua lutando como Maverick Hunter. Esse era o final planejado por Inafune.

Mega Man X6[editar | editar código-fonte]

Três semanas se passaram depois do incidente, e os Reploids mal conseguem trabalhar na restauração das cidades destruídas. Gate, um cientista Reploid, analisa o local onde cairam os destroços da colônia Eurasia e encontra um pedaço estranho de metal. Algum tempo depois Gate aparenta ter virado um Maverick. X, adormecido na base é despertado por Alia, que avisa que um Mechaniloid está causando problemas. X é enviado para o local da colisão, onde encontra o Mechaniloid e consegue destruí-lo. Porém um Reploid roxo com a forma de Zero aparece e dá o golpe final no Mechaniloid. Logo em seguida High Max, um Reploid misterioso, aparece e luta com X, mas o Hunter não consegue causar nenhum dano em High Max, que vai embora. Depois disso, durante um pronunciamento, um Reploid chamado Isoc alerta a todos sobre o fenômeno "Pesadelo/Nightmare", capaz de tornar Reploids em Mavericks e que é causado por um "fantasma" de Zero, conhecido como "Nightmare Zero". Isoc pede que os Reploids do mundo todo ajudem os oito investigadores que foram enviados para as áreas suspeitas. X também parte para essas áreas, salvando os Reploids inocentes e enfrentando os investigadores. X acaba enfrentando Nightmare Zero e o derrota.

Para sua felicidade, X descobre que Zero não morreu, apesar do estado em que tinha ficado no final do jogo anterior. Após voltar à base, Zero aceita ajudar X a enfrentar os investigadores. Zero acaba encontrando High Max e o derrotando, para a alegria de Isoc, que parece saber mais do que aparenta sobre Zero. Gate então revela a localização de seu laboratório, que é invadido por X e Zero. Após ter mais criações suas destruídas Gate revela o que o ajudou a criar High Max e o Pesadelo, um pedaço do Zero, que ele havia encontrado nos destroços da colisão. High Max enfrenta os Hunters e é destruído, o que obriga Gate a usar o DNA de Zero em si mesmo, mas ele também é derrotado. Gate então revela que ele havia ressuscitado Sigma para uma situação como essa, mas o próprio Sigma mata Gate. Os Hunters percebem o corpo de Isoc imóvel no chão antes de enfrentarem Sigma, que parece não estar totalmente consciente. Após a vitória, Alia, Douglas e Signas se reúnem aos seus amigos. Zero questiona por que X havia trazido o corpo de Gate junto, e X diz que sabe o que é perder um amigo, entregando Gate para Alia. Estranhamente Lifesaver não aparece nesse jogo, nem se sabe o que houve com ele. Dynamo volta tentando conseguir "Nightmare Souls" (almas de pesadelo) para ficar mais forte, embora não seja morto e nem faça mais nenhuma aparição na série.

Mega Man X7[editar | editar código-fonte]

Mesmo com toda a destruição causada nesses incidentes os Reploids conseguiram restaurar as cidades destruídas. Ao mesmo tempo, X decidiu que não queria mais lutar, tentando encontrar outras soluções. Infelizmente os crimes cometidos por Mavericks voltaram a crescer, e para preencher o vazio deixado por X, uma nova organização foi criada: "Red Alert Syndicate" (Sindicato Alerta Vermelho), comandada por Red. Um dos membros chave era Axl, um Reploid com uma misteriosa habilidade de clonar Reploids a partir de seu DNA, uma habilidade muito apreciada por Red, que durante uma missão encontrou Sigma, que mostrou a Red como poderia aumentar os seus poderes a partir do DNA coletado por Axl. Red Alert começou então a atacar Reploids inocentes, o que fez Axl deixar o grupo. Sigma exigiu que Red trouxesse Axl de volta, e então Red percebeu que tinha sido usado o tempo todo e negou-se, mas Sigma o obrigou controlando os outros membros do Red Alert e dizendo que eles só voltariam ao normal se Red obedecesse. Sem escolha, Red enviou um Mechaniloid e tropas atrás de Axl, que acabou encontrando Zero em sua fuga. Depois de destruírem o Mechaniloid, Axl foi levado à base dos Hunters, onde foi severamente repreendido por X. Red enviou uma mensagem desafiando os Hunters, e quem vencesse ficaria com Axl, que consegue convencer X a deixá-lo ajudar Zero, embora o próprio X ficou de fora da luta. Após algumas lutas e vários resgates de Reploids inocentes, X decide lutar também para acabar com o conflito. Após derrotarem a maioria dos membros do Red Alert, os três Hunters partem para "Crimson Palace", a base de Red, que é vencido e morre soterrado após a luta. Os Hunters então vão atrás do "Professor" mencionado por Red e descobrem ser Sigma, que é vencido novamente. Axl chama X e Zero para fugirem mas é barrado por Sigma, que apesar de enfraquecido, consegue lançar Axl longe com um soco. Sigma promete voltar com um novo corpo, e nesse momento Red aparece, atacando X e Zero. Sigma tenta absorver Red, mas então leva um tiro no queixo ao descobrir que era Axl copiando Red, mas o garoto é lançado contra uma parede e desmaia. Quando ele acorda ele diz a X que merece algum crédito pelo que fez, mas mesmo assim X nega o pedido de Axl para virar um Maverick Hunter, o que faz Axl decidir continuar enfrentando Mavericks até que X concedesse seu pedido. Douglas não aparece nesse jogo, nem se tem notícias dele.

Mega Man X8[editar | editar código-fonte]

Após a derrota do Red Alert uma nova geração de Reploids é criada, da qual Axl era apenas um protótipo. Essa geração contém "Copy Chips", capazes de copiar a forma de qualquer Reploid, e também imunes a qualquer tipo de vírus. Um desses Reploids, chamado Lumine, é escolhido para chefiar o projeto Jakob, criando um gigantes elevador orbital para facilitar a conquista do espaço. Certo dia ocorre um acidente no elevador, e um dos carros é lançado no chão. X chega primeiro ao local e vê Sigma saindo de dentro do carro, e logo um exército de Sigmas aparece, e no meio deles está Lumine e X percebe que todos os Sigmas eram Reploids com Copy Chips. Lumine comenta que eles apreciavam a imudade aos vírus e que mesmo copiar alguém como Sigma não causava nenhum problema. Alguns dias depois Alia informa que um Mechaniloid está atacando o ponto "Galápagos", enviando X e Axl até lá. Vale perceber que X e Zero estão um pouco diferentes nesse jogo, mas quem mais mudou foi Alia e Axl finalmente se tornou um Maverick Hunter. Os dois logo se reúnem com Zero e destroem o tal Mechaniloid, apenas para se reencontra com Vile, que trazia Lumine preso e desmaiado com ele. Vile então vai embora, deixando os Hunters confusos. Logo em seguida duas novas navegadoras são apresentadas, Layer (que parece ter um queda por Zero) e Pallette (que cuida do laboratório). Os Hunters partem em várias missões enfrentando os Reploids da nova geração, e descobrem que nos Copy Chips há o DNA de Sigma. Após derrotarem os Mavericks, os Hunters recebem uma mensagem do próprio Sigma e então decidem ir atrás dele usando o elevador orbital Jakob. No topo dele eles enfrentar Vile, e então partem para uma base espacial, onde eles enfrentam Sigma, descobrindo que era apenas um Reploid copiando o vilão. Alia então detecta Mavericks na superfície da Lua, e os Hunters partem para lá na esperança de derrotar Sigma de uma vez por todas. O próprio Sigma se mostra muito poderoso e diz que pretende criar um novo mundo, como todo bom vilão megalomaníaco, e como era de se esperar acaba sendo derrotado. Nesse momento os Hunters encontram Lumine, que os ataca. Após ser vencido Lumine revela que ele está apenas deixando a evolução seguir seu caminho e muda para uma forma muito mais poderosa. Após uma luta árdua, Lumine usa "Paradise Lost", sua maior técnica para tentar derrotar os Hunters, mas falha. Após ser vencido, o corpo de Lumine começa a rachar e Axl se aproxima, somente para ser atingido por um tentáculo que sai de dentro de Lumine, exatamente no cristal em sua testa,deixando Axl inconsciente. X destrói Lumine com sua X-Buster e ele(carregando Axl desacordado) e Zero voltam para a Terra pelo elevador. Zero pensa que provavelmente esse foi o fim de Sigma, enquanto X se questiona se Lumine estava certo. O cristal de Axl emite um brilho estranho. O pouco que se sabe depois disso é que a produção de Reploids com Copy Chips parou após o incidente, mas retornou após alguns anos.

Continuidade da série X[editar | editar código-fonte]

O Criador de Mega Man, Keiji Inafune, desenvolveu a série X até o Mega Man X5, dando como fim Zero morto e X continuando seu legado sozinho, o que seria o fim perfeito pois levaria direto ao início de Mega Man Zero (Embora, por causa disso, Inafune resolveu mudar isso em Zero 3, para não complicar o roteiro). Já a CAPCOM, resolveu continuar a série X no X6, o que resultou em X7 e X8 deixando a história um tanto confusa. Pelo que se aparenta, ela irá resolver isso nos jogos "Megaman Maverick Hunter X"(Sony PSP) que são remakes da Série X para retirar os furos da história. Por fim, os remakes não venderam bem, o que torna o futuro da série X ainda incerto.

Mega Man Xtreme[editar | editar código-fonte]

Mesmo assim a paz não durou muito e houve mais dois incidentes que foram relatados nos jogos Megaman Xtreme 1 e 2 para GBC. No primeiro, dois Mavericks chamados Zain e Geemel sequestraram Techno e depois de fazer uma lavagem cerebral nele, o obrigaram a hackear o computador principal da base dos Hunters. Middy, o "gêmeo" de Techno ajudou os Maverick Hunters a derrotar os vilões, mas Techno acabou morrendo, pois teve que conectar o próprio cérebro ao computador. Não se sabe ao certo se Zain e Geemel eram capangas de Sigma. Foi confirmado no novo jogo da serie o 3 que Zain eGeemel eram capangas de Sigma.

Mega Man Xtreme 2[editar | editar código-fonte]

No segundo, vários Reploids perderam seus "DNA Souls", que foram roubados por Berkana, que queria aumentar seus poderes. X e Zero enfrentaram ela e seu ajudante Gareth com a ajuda de uma navegadora em treinamento, Iris.

Mega Man Zero[editar | editar código-fonte]

A transição entre a série X e a série Zero é cheia de guerras e violência. Não muito tempo depois do fim da série X, os humanos criaram criaturas chamadas de CyberElfs, porém essas criaturas deixavam de funcionar logo após o primeiro uso. Para resolver isso, foi criado um CyberElf extremamente poderoso, a Mother Elf. Mas, um cientista, Dr. Weil, usa o corpo original de Zero, que estava fora de funcionamento, e transforma-o em Omega, um robo extremamente poderoso. Então, Dr. Weil funde Mother Elf a Omega, deixando este quase invencível.

Tem início, então, as Elf Wars. Milhares de humanos e reploids morrem tentando impedir Omega. X, que era o líder dos Maverick Hunters, se sacrifica para acabar com Omega. Dr. Weil é então senteciado a viver para sempre na solidão do espaço. Omega, que ainda poderia se reativar, é separado da Mother Elf e, então, mandado para o espaço para nunca mais voltar.

Sem um líder, os Maverick Hunters logo se dissipam. Fora criada uma cidade onde os humanos pudessem viver em paz, a Elysium de X, mas com o nome de Neo Arcadia.

Algumas décadas depois, uma jovem cientista, Ciel, resolve construir um substituto para X, nascendo o Copy-X. Porém, algo dá errado e Copy-X se mostra bem diferente do X original. Ele, usando a força para manter a paz, cria 4 guardiões. Harpuia, Leviathan, Fefnir e Phantom (que são feitos a partir dos dados do X original).

Ciel foge de Neo Arcadia, junto com um de Reploids e humanos, e monta uma organização para combater Copy-X, que estava acusando diversos reploids de serem Mavericks e destruindo-os.

Mas as coisas não estão fáceis para Ciel, que tem que recorrer a uma lenda no fundo de um laboratório abandonado, um lugar desolado, onde dorme o Reploid lendário, Zero. Ciel encontra Zero e este ajuda ela, mais para recuperar as lembranças perdidas do que lutar contra Neo Arcadia. Durante a fuga do laboratório, Zero se depara com um Golem. Parecia que a vitória era impossível, mas uma voz misteriosa (que na realidade é a de X) entrega a Zero uma arma, o Z-Saber. Zero então facilmente destrói o Golem e salva Ciel.

Logo após esse primeiro conflito, Zero decide ajudar a Resistência, e cumpre diversas missões. Zero enfrenta os quatro guardiões durante algumas missões, e finalmente ele tem que invadir Neo Arcadia, e enfrentar o próprio Copy-X. Zero novamente enfrenta os guardiões, e acaba destruindo Phantom. Zero consegue derrotar Copy-X ao final, que se transforma em 2 formas: Angel X e Seraph X. Mas ainda assim, a luta contra os opressores de reploids continua. Zero se perde em um deserto, após a auto-destruição de Copy-X.

2 anos depois, Harpuia, líder dos quatro guardiões, se torna o novo líder de Neo Arcadia. Harpuia encontra Zero no deserto e o leva para a Base da Resistência. Zero, que seguira seu próprio caminho após a luta contra Copy-X, se encontra novamente com Ciel. A Resistência está mais organizada agora. O novo líder, Elpizo, se mostra bastante competente na luta contra Neo Arcadia.

Ciel agora procura uma nova fonte de energia, para tentar resolver o conflito com Neo Arcadia, tentando trocar a nova tecnologia pela paz. Mas, para tanto, é preciso encontrar Mother Elf, que desde o fim das Elf Wars desaparecera.

Depois de diversas missões, Zero descobre que Elpizo estava querendo encontrar a Mother Elf e fundi-la em si, para se tornar mais poderoso. É então iniciada a segunda invasão a Neo Arcadia. Elpizo, controlado por Mother Elf, quer chegar até o corpo do verdadeiro X e destrui-lo. É revelado então que Mother Elf fora corrompida por Dr. Weil e passa a se chamar de Dark Elf.

Por maior que fosse o esforço de Zero, ele não consegue impedir a destruição do corpo original de X. Depois de acabar com Elpiso, a Dark Elf escapa, deixando para trás dois baby-elves. X aparece como um Cyber-Elf na frente de Zero. Embora com poder limitado, X tentará ajudar Zero futuramente.

Zero continua a ajudar a Resistence e, em uma investigação a uma nave que colidiu com a Terra, Zero se depara com um de seus maiores desafios: Omega. Após uma curta batalha, Dr. Weil aparece, assim como Copy-X, que foi reconstruido por Weil.

Ciel, que manteve os dois baby-elves (cujos nomes são Clie e Plie [ou Crea e Prea], dados a eles por Allouette), começa a estudá-los em busca da nova fonte de energia. Porém, eles fogem, chamados pela Mãe, a Dark Elf. Zero tem que enfrentá-los. Na primeira batalha, a Dark Elf aparece, mas Omega também. Este, então, absorve mais uma vez a Dark Elf. Harpuia, numa tentativa deseperada, tenta destruir Omega, mas seu esforço é em vão.

Na segunda batalha contra Clie e Plie, Zero se vê obrigado a destrui-los. Então, Zero vai atrás de Omega em Neo Arcadia. Omega se mostra um oponente a altura de Zero, mas ainda assim cai diante do herói.

Por fim, Zero cai no lugar onde tudo começou: O laboratório abandonado onde Ciel o despertara há não muito tempo. Com os pedaços de Omega por toda parte, Weil diz que os poderes dele são fantásticos… …para uma cópia. Uma luz cobre a cabeça de Omega e a sombra de alguém aparece ali. Weil então faz uma grande revelação: Zero é apenas uma cópia, não o verdadeiro Zero.

Zero então se depara com seu maior desafio, ele mesmo (!). O original se mostra muito mais capaz do que a cópia. Mas esta leva a melhor. Dark Elf surge e tenta reanimar o Zero Original, entretanto, Harpuia, Fefnir e Leviathan atacam o Original. Weil ordena à Dark Elf que destrua todos, porém ela resiste, começando a desfazer da corrupção causada nela por Weil. Porém, Omega se reativa no game Mega Man ZX,mas é destruído por Vent/Aile(Biometal OX)

Elf-X aparece e explica que Zero pode ter um corpo que é apenas uma cópia, mas a mente é a do verdadeiro Zero. Também diz que ele e Zero derrotaram aquele mesmo Omega um século atrás. Zero então decide acabar com o corpo original, Weil tenta intervir perguntando se Zero não tem nenhuma ligação com o corpo original, todavia Zero ainda assim destrói seu corpo original.

Elf-X então se sacrifica para salvar Zero, usando toda a pouca energia que lhe restava. X pede para que Zero proteja os humanos e os reploids igualmente, já que a ameaça de Dr. Weil não chegou ao fim. Zero acorda no topo da base da Resistence. Mother Elf, totalmente purificada da corrupção de Weil, aparece. Zero e Ciel deixam Mother Elf aproveitar a liberdade, agora que não pode causar mais estragos. Não se sabe se Elf-X morreu mesmo depois do sacrifício.

Mega Man Zero 2[editar | editar código-fonte]

Neo Arcadia agora se tornara muito insegura para os humanos. Dr. Weil dominou completamente a cidade e começou a usar os Reploids para reprimir a população humana, fanzendo-os se sentirem inseguros, e todos culpam Zero. Alguns humanos resolvem se refugiar em outro lugar: Um lugar que fora uma zona completamente destruída a apenas um século atrás, a Area Zero, onde a colonia espacial Eurasia havia caído.

Zero estava vagando sem rumo quando se deparou com soldados de NA (NA --> Neo Arcadia). Lutou até o fim quando, sem forças, caiu desmaiado. Harpuia apareceu e decidiu poupar-lhe a vida, levando-o para a Resistance Base. Chegando lá, ele se depara com Ciel trabalhando numa energia alternativa para solucionar o problema latente no planeta. Elpizo, comandante dos exércitos de RB, começou um plano para acabar de vez com NA.

Mega Man Zero 3[editar | editar código-fonte]

Elpizo havia libertado a Dark Elf do corpo de X e destruiu o corpo de X para que não mais ela pudesse ser presa, pois estava sob o domínio da mesma. Zero derrota Elpizo que percebe o erro que fez no último minuto. Dr.Weil havia caído na terra de volta mas ninguém havia percebido. Enquanto isso Zero e Ciel ainda buscavam pela DE (DE --> Dark Elf). Sua busca por ela havia levado-os a um local gelado onde viram a nave de Weil (até então eles não sabiam quem era Weil). Weil liberta Omega (que mais tarde descobre-se ser o corpo original de Zero) dizendo estar querendo ajudar na crise de energia do planeta. E eis que daí começa o jogo mesmo.

Mega Man Zero 4[editar | editar código-fonte]

Depois da derrota de Omega e da destruição da Dark Elf, Zero e Ciel continuaram sua luta contra Neo Arcadia e agora possuíam uma base móvel. Enquanto isso, alguns humanos se rebelaram contra NA e contra os reploids (o que implica rebelar contra a Resistance Base) e foram viver na área Zero, um local onde a colonia espacial caiu. Ali começou a ter vida e ficou habitável para humanos. Mas Weil, que ainda estava vivo, tentou bloquear o acesso desses humanos a essa área mandando um ataque ao comboio que seguia para lá. Zero e Ciel interceptaram esse ataque mas Weil não sossegou e continuou tentando destruir esses humanos para provar que fora de Neo Arcadia a vida dos humanos não poderia continuar. Zero descobre qual o plano de Weil. O cientista está tentando reativar a colônia espacial Ragnarok, que possui um canhão capaz de destruir a Area Zero. Zero então enfrenta sua última batalha, no topo da colônia, destruindo completamente Dr. Weil. Não obstante, em consequencia, Ragnarok inteira cai sobre a Terra, não sobrando nada de Zero (a não ser seu capacete).

Mega Man ZX[editar | editar código-fonte]

Mega Man ZX se passa alguns séculos após os acontecimentos de Mega Man Zero. Com o sacrifício de Zero, o mundo foi salvo dos planos do Dr. Weil. Ciel conseguiu fazer com que os humanos e os reploids vivessem em harmonia, sem mais lutas e guerras. Antigas ruínas são constantemente escavadas e os arqueólogos encontram um artefato conhecido como "Live Metal", que tem os registros das batalhas, histórias e vida de antigos guerreiros.

Porém, alguns Reploids começam a agir estranhamente, ficam violentos, agressivos, atacam quem estiver em sua frente: Os Mavericks haviam ressurgido. Os humanos e os Reploids inafetados tiveram uma única saída: construíram um tipo de "cidade fortaleza", que é chamada de Inner, para prevenir a entrada dos Mavericks, que ficam na zona de fora, chamada de "Outer".

Vent e Aile são dois jovens que trabalham na empresa Girouette Express, uma empresa de entregas que circula por toda a "Inner". Porém, certa vez eles se vêem obrigados a sair para a zona "Outer" para cumprir seu trabalho, e é nessa hora que eles são atacados pelos Mavericks.

Giro (apelido de Girouette) é o gerente e dono da Girouette Express, ele empregou Vent e Aile para ajudá-lo. Ele possui o Model Z, que faz com que ele se transforme na nova versão do Zero.

Além dos Models Z e X, existem também os live-metals dos 4 Guardiões do Mestre X, que são adquiridos pelo jogador futuramente.

Mega Man ZX Advent[editar | editar código-fonte]

A história de Mega Man ZX Advent ocorre quatro anos e oito meses após os acontecimentos do primeiro jogo (Mega Man ZX). A Federação do Governo, Legião, foi estabelecida como uma organização que ajuda a apagar a linha entre humanos e reploids, tudo começa com Grey, que é um jovem Reploid, congelado em estado criogênico que estava em um laboratório abandonado. Ele foi acordado pelos Maverick Hunters, depois, atacado por Pandora que afirma que ele é "defeituoso". Depois disso, Grey se une aos caçadores na esperança de descobrir a verdade sobre sua identidade e seu passado. Ashe é uma jovem humana, que é uma integrante da Hunter's Guild, neste jogo a Biometal é conhecida como Model A e em meio á um ataque, se funde com Grey/Ashe, dotados com este poder, Grey/Ashe são alistados pelo Sage Trinity para parar vários ataques e investigar o misterioso Modelo W em (referência ao Dr. Weil da série Mega Man Zero).

Mega Man Legends (jogo eletrônico)[editar | editar código-fonte]

Mega Man Legends está dividido em 3 jogos, "The Misadventures of Tron Bonne" (Tron ni Kobun), "Mega Man Legends" (Rockman Dash) e "Mega Man Legends 2" (Rockman Dash 2). O Mega Man deste jogo é um ciborgue que utiliza uma armadura similar à usada pelas versões anteriores do robô azul.

Os três jogos da série foram lançados para o Playstation, sendo que Mega Man Legends também foi lançado para Nintendo 64 sob o nome de Mega Man 64, este, mais atualmente, também foi lançado para o Sony PSP (apenas no Japão).

Mega Man Legends é o segundo jogo em 3D da franquia MegaMan.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. oldnerdbits.com.br/
  2. Rockman Perfect Memories (ロックマンパーフェクトメモリーズ). [S.l.: s.n.], 2002. ISBN 4575163546

Ligações externas[editar | editar código-fonte]