Meganeura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMeganeura
Ocorrência: Carbonífero
Meganeura fossil.JPG

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: odonata
Família: Meganeuridae
Género: Meganeura
Espécies
  • M. monyi (tipo)
  •  ?M. americana

Meganeura monyi era uma espécie de inseto pré-histórico que viveu no período Carbonífero (cerca de 300 milhões de anos atrás), assemelhava-se com as atuais libélulas. Com uma envergadura de mais de 75 cm (2,5 pés) de largura, foi o maior inseto voador que já viveu na Terra. (Meganeuropsis permiana, do período Permiano é outro candidato). Era um predador que, possivelmente, se alimentava de outros insetos e até mesmo pequenos anfíbios e répteis.

Descoberta e espécies[editar | editar código-fonte]

Os fósseis de M. monyi foram descobertos nas minas de Carvão Stephanian Commentry na França em 1880. Em 1885, o paleontólogo francês Charles Brongniart descreveu e nomeou o fóssil. Outro exemplar fóssil foi encontrado em multa Bolsover, Derbyshire, em 1979. O holótipo está alojado no Muséum National d'Histoire Naturelle, Paris.

M. americana foi descoberto em Oklahoma, em 1940, e é representado pela maior asa de inseto completo já encontrado, que é conservado no Museu de História Natural de Harvard.

Reconstituição de Meganeura monyi.

Restauração[editar | editar código-fonte]

A controvérsia tem prevalecido sobre a forma como insetos do período Carbonífero foram capazes de crescer tanto. A forma como o oxigênio é difundido pelo corpo dos insetos, através do seu sistema de respiração traqueal, coloca um limite superior no tamanho do corpo 1 , que os insetos pré-históricos parecem ter ultrapassado - e muito. Foi originalmente proposto (Harle & Harle, 1911) que a Meganeura só foi capaz de voar porque o ar atmosférico naquela época continha mais oxigênio do que os 20% atuais, e a atmosfera era mais densa. Esta teoria foi inicialmente indeferida por colegas cientistas, mas tem encontrado aprovação mais recentemente, através de um estudo mais aprofundado sobre a relação entre o gigantismo e a disponibilidade de oxigênio. Se essa teoria está correta, estes gigantes dos insetos teriam sidos perigosamente suscetíveis à queda dos níveis de oxigênio e certamente poderiam não sobreviver no nosso ambiente moderno.

Significado[editar | editar código-fonte]

A palavra "Meganeura" significa "grande nervura", referindo-se à rede de veios nas asas.

Referências