Meindert Hobbema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A estrada para Middelharnis, por Meindert Hobbema. Óleo sobre tela, 104 × 141 cm. 1689. National Gallery, Londres.

Meindert Hobbema (Amsterdã, 31 de Outubro de 1638 — id., 17 de Dezembro de 1709) foi um pintor, neerlandês.

Hobbema assinou sua primeira pintura aos vinte anos, casou-se com uma empregada da qual teve três filhos e ocupou, depois de 1669, a função de medidor municipal.

Sua fama data do século XIX, quando foi redescoberto. Inúmeras de suas obras mostram, em quase todos os museus europeus, vistas da Guéldria ocidental. Sua obra-prima, pintada em 1689, é A estrada para Middelharnis. Outras obras como Paisagem ensoladara, de Rotterdam, Ruínas de Brederode e Moinho de água também destacam-se.

Pintou um universo firmemente luminoso e acolhedor, mas estreito. Hobbema é, com Ruisdael (de quem foi aluno e posteriormente rival), o mais célebre dos paisagistas holandeses dos século XVII.

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.