Mellisuga helenae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaColibri-abelha-cubano
Mellisuga helenae

Mellisuga helenae
Estado de conservação
Status iucn3.1 NT pt.svg
Quase ameaçada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Apodiformes
Família: Trochilidae
Género: Mellisuga
Espécie: M. helenae
Nome binomial
Mellisuga helenae
Lembeye, 1850

Colibri-abelha-cubano (Mellisuga helenae) é uma espécie da família das aves colibris endêmica de Cuba e da Isla de la Juventud. É a menor ave do mundo medindo cerca de 5,7 centímetros e pesa aproximadamente 1,6 gramas, segundo o Guinness World Records1 2 . Também é chamado de beija-flor zumbidor, beija-flor de helena e zunzuncito. O colibri-abelha é o único pássaro do mundo que voa para trás3 .

Diformismo sexual[editar | editar código-fonte]

O macho tem o píleo verde e a garganta vermelha, com plumas laterais alongadas, a parte superior é azulada, e nas partes inferiores restantes são principalmente brancas ou acinzentadas. O macho é menor que a fêmea. A fêmea é verde na parte superior, e branca na parte inferior.

Ninho[editar | editar código-fonte]

Usando pedaços de teias de aranha, cascas e líquens, a fêmea constrói um ninho em forma de taça que é apenas cerca de 2,5 cm de diâmetro. Ela forra o ninho com fibras de plantas. Neste ninho, ela põe seus ovos, que são do tamanho de ervilhas. Ela só incuba os ovos e põe apenas dois ovos por vez.

Polinização[editar | editar código-fonte]

O beija-flor abelha se alimenta principalmente de néctar. Com uma língua a forma de um tubo longo, o pássaro suga o néctar e o pólen gruda em seu bico ou na plumagem. Quando voa de flor em flor, ele transfere o pólen. Desta forma, ela desempenha um papel importante na reprodução das plantas. No espaço de um dia o beija-flor abelha pode visitar 1.500 flores.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]