Menaém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Junho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Menaém foi o 16º rei de Israel

O seu reinado ocorreu por volta de 750 a.c.-740 a.c.[1] Chegou ao trono após ter assassinado o rei Salum.[carece de fontes?] Ficou celebre o episódio em que Menaém suprimiu brutalmente uma revolta na cidade de Tifsa, matando todos os homens e esventrando todas as mulheres grávidas.[2]

Possíveis localizações de Tifsa no reino de Davi.

Durante o seu reinado o rei da Assíria, Tiglate-Pileser III invadiu o seu reino e impôs a Menaém um tributo de mil talentos de prata. Além da Bíblia este episódio encontra-se também descrito numa inscrição Assíria.

Morreu de causas naturais após ter reinado cerca de 10 anos, deixando o trono ao seu filho Faceias(Pecaías) [3]

Referências

  1. 745-738, segundo William F. Albright, 752-742, segundo Edwin R. Thiele ou 749-738, segundo Gershon Galil. Ver Jewish Virtual Library, The Kingdom of Israel
  2. II Reis 15:16
  3. Jewish Virtual Library, The Kingdom of Israel [em linha]
Antecessor:
Salum
Menaém Sucessor:
Pecaías