Mensageiros de João Batista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Batista na prisão.
1749. Afresco na Igreja de São João Batista, em Igling, Alemanha.

Mensageiros de João Batista é um episódio da vida de Jesus que aparece em Mateus 11:2-6 e Lucas 7:19-23[1] .

No Novo Testamento, este episódio acontece após o Batismo de Jesus, quando João Batistaestá preso e ouve falar dos milagres de Jesus[2] .

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Evangelho de Mateus:

«Como João no cárcere tivesse ouvido falar das obras do Cristo, mandou pelos seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que há de vir, ou é outro o que devemos esperar? Respondeu-lhes Jesus: Ide contar a João o que estais ouvindo e observando: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos ficam limpos, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, aos pobres anuncia-se-lhes o Evangelho; e bem-aventurado aquele que não achar em mim motivo de tropeço.» (Mateus 11:2-6)

Logo depois deste episódio, Jesus começa a falar para a multidão sobre João Batista[3] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre São João na prisão

Referências

  1. The Gospel of Matthew by Rudolf Schnackenburg 2002 ISBN 0802844383 page 104
  2. Mercer dictionary of the Bible by Watson E. Mills, Roger Aubrey Bullard 1998 ISBN 0865543739 page 459
  3. Harmony of the Gospels by G. T. Elihai 2005 ISBN 159781637X page 94