Mentat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Mentat são personagens fictícios da série de livros Duna. Também conhecidos como "computadores humanos", os mentats eram homens treinados desde a infância para usarem sua mente como um computador para cálculos complexos e previsões lógicas, geralmente agindo como conselheiros e tutores. Os mentats eram utilizados para computar informações e definir possiveis linhas de futuro baseados em lógica comportamental. Usavam uma substância (sapho) que os deixava com os lábios manchados de vermelho.

O próprio personagem principal, Paul Atreides é considerado um Mentat, pois recebeu de Thufir Hawat (o mestre dos assassinos da Casa Atreides) treinamento a fim de ser um mentat melhor que ele próprio. Revela grandes habilidades nessa área (na verdade, Paul é uma mistura de Bene Gesserit - o primeiro homem entre elas, o Kwisatz Haderach - e Mentat). Outro Mentat que é mostrado no primeiro livro é Piter de Vries, um Mentat pervertido que servia tão fielmente quanto podia o barão Vladmir Harkonnen e desejava Lady Jessica para si.

Ícone de esboço Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.