Merhan Karimi Nasseri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sir Alfred Mehran, como é conhecido.

Merhan Karimi Nasseri é um refugiado iraniano que viveu no Terminal 1 do Aeroporto Charles de Gaulle, perto de Paris, de 1988 a 2006, por seus documentos terem sido roubados. Também é conhecido pelos funcionários locais como Sir Alfred Mehran.

Sua história supostamente inspirou o filme O Terminal (The Terminal, 2004), estrelado por Tom Hanks, Catherine Zeta-Jones e dirigido por Steven Spielberg. Na verdade não há nenhum relato se suas desventuras inspiraram o filme, já que não consta nos créditos, ou em qualquer tipo de fonte, que confirme o boato.

História[editar | editar código-fonte]

Por ter participado dos movimentos ingleses a favor da retirada do poder do xá iraniano Mohammed Reza Pahlavi em março de 1974, foi perseguido e torturado no Irã em 7 de agosto de 1975 pela polícia secreta iraniana SAVAK.

Após conseguir escapar do país, fugiu para a Europa, mas ao fazer escala em Paris, perdeu seus documentos e teve de ficar retido na área de espera do aeroporto, onde viveu até Julho de 2006 por razões legais.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.