Meticilina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Meticilina
Alerta sobre risco à saúde
Methicillin.png
Nome IUPAC (2S,5R,6R)-6-[(2,6-dimethoxybenzoyl)amino]-3,3-dimethyl-7-oxo-4-thia-1-azabicyclo[3.2.0]heptane-2-carboxylic acid
Identificadores
Número CAS 61-32-5
PubChem 6087
DrugBank DB01603
Código ATC J01CF03,J51CF03
Propriedades
Fórmula química C17H20N2O6S
Massa molar 380.38 g mol-1
Farmacologia
Biodisponibilidade não absorvido oralmente
Via(s) de administração via intravenosa
Metabolismo hepático, 20 a 40%
Meia-vida biológica 25 a 60 minutos
Excreção renal
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A meticilina é um antibiótico betalactâmico de pequeno espectro pertencente ao grupo das penicilinas. Foi desenvolvida pela empresa farmacêutica Beecham em 1959 e já foi usada no tratamento de infecções causadas por bactérias Gram-positivas suscetíveis, em particular, organismos produtores de beta-lactamase como Staphylococcus aureus que seriam resistentes à maioria das penicilinas, mas não é mais usada clinicamente. Seu papel na antibioticoterapia foi, em boa parte, substituído pela flucloxacilina e pela dicloxacilina, embora o termo Staphylococcus aureus resistente à meticilina continue a ser usado para descrever cepas de Staphylococcus aureus resistentes a todas as penicilinas. A meticilina não é mais fabricada porque penicilinas similares mais estáveis são utilizadas clinicamente.

Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.