Metoidioplastia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Metoidioplastia, às vezes informalmente chamada de meto, é uma alternativa à faloplastia para transexuais homens.[1] Com os efeitos do tratamento hormonal com testosterona, o clitóris cresce com o tempo até atingir um tamanho médio de 4-5 cm.[2] Em uma metoidioplastia o clítoris já grande é "solto" de sua posição original e movido à frente para uma posição que lembra mais a de um pênis. Em alguns casos, a uretra é alongada para que termine na ponta do neofalo. O clítoris e o pênis são órgãos que têm desenvolvimento semelhante.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cirurgia de redesignação sexual

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. (em inglês) Perovic, S e Djordjevic, M.: "Metoidioplastia: uma variante da faloplastia em transexuais FtM" BJU International. 92(9):981-985. 2003.
  2. (em inglês) Meyer W, et al. “Avaliação física e hormonal de pacientes transexuais: um estudo longitudinal.” Arch Sex Behav. 15(2):121-138. 1986.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.