Metrô de Caracas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Compañía Anónima Metro de Caracas
Metro de Caracas
Linea 4 MetrodCaracas2.JPG
Slogan Ligando novos destinos
Tipo Estatal
Fundação 8 de agosto de 1977
Sede Caracas
Página oficial http://www.metrodecaracas.com.ve
Oficinas e pátio Propatria.
Estação Agua Salud do Metrô de Caracas.
Mapa do Metrô de Caracas.
Estação Petare-linha 1.
Interior de um carro de passageiros do Metrô de Caracas.

O metrô de Caracas foi inaugurado em 2 de janeiro de 1983 e possui atualmente 54,2 km de extensão distribuídos em quatro linhas. Possui integração com o Metrobus, um sistema de ônibus coletivos que parte das estações do metrô atigindo lugares onde o metrô não possui cobertura direta.

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 1960 iniciaram-se os primeiros estudos para a construção de uma rede de Metrô que resolveria parte do problema de transporte coletivo de Caracas. Em 1968 os estudos se transformam no projeto do metrô de Caracas, iniciando os plano para a construção da linha 1. A construção avançou durante a década de 1970, e em 8 de agosto de 1977 é criada a Compañía Anónima Metro de Caracas. A linha 1 entrou em funcionamento parcial em 2 de janeiro de 1983 no trecho entre Propatria-La Hoyada.

Tabela do sistema[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Inauguração Comprimento (km) Estações
1 Propatria ↔ Palo Verde 19 de novembro de 1989 20,4 22
2 El Silêncio ↔ Zoológico 6 de janeiro de 1988 17,8 13
3 Plaza Venezuela ↔ La Rinconada(em expansão) 15 de outubro de 2006 10,3* 6*
4 Capuchinos ↔ Zona Rental(em expansão) 18 de julho de 2006 5,7* 5*

Expansões futuras[editar | editar código-fonte]

Nos próximos anos o sistema será estendido da seguinte forma:

  • Conclusão das estações intermediárias da linha 3 de 5,9 km desde a atual estação terminal El Vale até Lá Rinconada por uma via, onde circulará apenas um trem entre El Vale e La Rinconada, inaugurando a primeira via do trecho e as outras três estações (Los Jardines, Coche y Mercado) até 2008 quando as duas vias já estarão em funcionamento
  • Segunda fase da linha 4, prevista para 2012.

Bibliografía[editar | editar código-fonte]

  • C.A Metro de Caracas (1982), El Metro de Caracas, Caracas: Editorial Arte.
  • Antonio Padrón Toro (1989), Historia de un boleto, El Metro de Caracas, Caracas: Editorial Lito Jet C.A. ISBN 980-6076-01-X.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Metrô de Caracas