Metrologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A metrologia é a ciência das medições e suas aplicações na sociedade.[nota 1] Por se tratar de uma ciência tão abrangente e necessária em tantas atividades humanas, a metrologia engloba todos os aspectos teóricos e práticos de todas as medições que são realizadas nas mais diversas ciências e tecnologias.[3]

Além da aplicação trivial da metrologia no estudo e padronização dos pesos e medidas e na implementação de sistemas de unidades (como é o caso do SI), a metrologia também encontra larga aplicação prática nos mais diversos processos de produção, situação em que visa garantir a qualidade de produtos e serviços por intermédio de ensaios destrutivos e não-destrutivos e da aferição de grandezas físicas com o uso de instrumentos de medição, além da própria calibração desses instrumentos, sejam eles analógicos ou digitais. Outra atividade que comumente se utiliza da metrologia é a Física.[4]

Qual motivo de sua implantação[editar | editar código-fonte]

A ISO série 9000 define explicitamente a relação entre garantia da qualidade e metrologia, estabelecendo diretrizes para se manter um controle sobre os instrumentos de medição da empresa, tornando assim necessária, a implantação de um processo metrológico na empresa que busca ou possui uma certificação. O fator “globalização dos mercados” também põe em prática um de seus principais objetivos, que é traduzir a confiabilidade nos sistemas de medição e garantir que especificações técnicas, regulamentos e normas existentes, proporcionem as mesmas condições de perfeita aceitabilidade na montagem e encaixe de partes de produtos finais, independente de onde sejam produzidas. Um outro objetivo, não menos importante, está na melhoria do nível de vida das populações por meio do consumo de produtos com qualidade, da preservação da segurança e da saúde e do meio ambiente.

Quais as áreas da Metrologia[editar | editar código-fonte]

Basicamente, a metrologia está dividida em três grandes áreas:

  • A Metrologia Científica, que utiliza instrumentos laboratoriais, pesquisas e metodologias científicas, que têm por base padrões de medição nacionais e internacionais, para o alcance de altos níveis de qualidade metrológica.
  • A Metrologia Industrial, cujos sistemas de medição controlam processos produtivos industriais e são responsáveis pela garantia da qualidade dos produtos acabados.
  • A Metrologia Legal, que, controla e fiscaliza todos aqueles instrumentos e medidas que estão relacionadas com o consumidor.

Qual o papel da metrologia na organização?[editar | editar código-fonte]

A Metrologia garante a qualidade do produto final favorecendo as negociações pela confiança do cliente, sendo um diferenciador tecnológico e comercial para as empresas. Reduz o consumo e o desperdício de matéria-prima pela calibração de componentes e equipamentos, aumentando a produtividade. E ainda reduz a possibilidade de rejeição do produto, resguardando os princípios éticos e morais da empresa no atendimento das necessidades da sociedade em que está inserida, evitando desgastes que podem comprometer sua imagem no mercado.

Calibração[editar | editar código-fonte]

Calibração é a comparação entre os valores indicados por um instrumento de medição e os indicados por um padrão (equipamento de classe superior).

A calibração dos equipamentos de medição é função importante para a qualidade no processo produtivo e deve ser uma atividade normal de produção que proporciona uma série de vantagens, tais como:

  • Garante a rastreabilidade das medições.
  • Permite a confiança nos resultados medidos.
  • Reduz a variação das especificações técnicas dos produtos.
  • Previne defeitos.
  • Compatibiliza as medições.

Por que ensaiar?[editar | editar código-fonte]

Através dos ensaios é possível verificar se os produtos ou processos de fabricação estão de acordo com determinadas normas e especificações técnicas para, em casos de falhas, as empresas procederem às correções que irão beneficiá-las, pelo aumento da competitividade, e aos consumidores, pelo acesso a produtos ou serviços que atendem a padrões mínimos de qualidade.

Notas

  1. Vide a definição de "metrology" no item 2.2 do vocabulário metrológico do JCGM[1] e também a definição de "metrologia" no item B (pág. 7) da cartilha do Inmetro.[2]

Referências

  1. Joint Committee for Guides in Metrology (JCGM) (2012). International vocabulary of metrology – Basic and general concepts and associated terms (VIM) (PDF) (em inglês e francês). Bureau International des Poids et Mesures (BIPM). Página visitada em 5 de abril de 2014.
  2. BRASIL. INMETRO. Barreiras Técnicas e a Competitividade Empresarial (PDF). Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Página visitada em 5 de abril de 2014.
  3. BRASIL. INMETRO. Metrologia Científica. Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Página visitada em 5 de abril de 2014.
  4. Eve Anne Melo. Metrologia aplicada à Física - 1ª parte: Unidades de Medidas. Exactus Metrologia e Qualidade. Página visitada em 5 de abril de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Metrologia
Ícone de esboço Este artigo sobre metrologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.