Metso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Metso
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação OMX:MEO1V

OTCQX:MXCYY

Indústria Maquinário industrial
Fundação 1999
Sede Helsinque,  Finlândia
Pessoas-chave Mikael Lilius (Chairman), Matti Kähkönen (Presidente e CEO)
Empregados 16.000 (início de 2014)[1]
Produtos Maquinários e serviços para indústrias de processos, incluindo mineração, construção, celulose e papel, energia e petróleo e gás
Faturamento €7,504 bilhões (2012)[1]
Página oficial Global www.metso.com Brasil www.metso.com.br

Metso é um fornecedor global de tecnologia e serviços aos clientes das indústrias de processos, incluindo mineração, construção, papel e celulose, energia e também de petróleo e gás. A Corporação Metso foi criada em 1999 a partir da fusão entre Valmet e Rauma e sua sede fica em Helsinque, Finlândia. A Metso consiste em três segmentos de comunicação: Mineração e Construção; Automação; Celulose, Papel e Energia.

Origem e significado do nome[editar | editar código-fonte]

Metso é uma palavra finlandesa para tetraz ou galo silvestre que habita as florestas de pinheiros da Finlândia. Do bico até a cauda, mede quase um metro. A forma gráfica estilizada do logotipo Metso lembra suas asas. Também simboliza a orientação progressista da corporação, o anseio pelo desenvolvimento e a disposição para mudanças O tipo encorpado retrata a tradição e a força da corporação enquanto as cores da terra comunicam a importância atribuída à natureza e ao meio-ambiente

Histórico no Brasil[editar | editar código-fonte]

1919 - Fundada em São Paulo pelo engenheiro sueco Erik Tisklind, como a primeira fundição de aço em forno elétrico do Brasil

1926 - Adquirida pelo grupo sueco AGA

1939 - Primeiro britador de mandíbulas fabricado no Brasil

1969 - Inauguração da fábrica de equipamentos em Sorocaba

1972 - Mudança de controle acionário para Allis Chalmers Corp.

1979 - Inauguração da fundição em Sorocaba

1983 - Fechamento da fundição em São Paulo

1988 - Mudança do controle acionário para o grupo sueco Boliden-Trelleborg

1991 - Assume o nome Allis Mineral Systems, passando a pertencer à nova companhia Svedala Ind.

1995 - Adoção do nome Svedala Faço e, em seguida, Svedala Ltda

2001 - Fusão entre Svedala e Nordberg, formando a Metso Minerals

2002 - Mudança de operações da Metso Paper e Metso Automation para Sorocaba

2003 - Estabelecimento do primeiro centro tecnológico em Sorocaba para suporte as indústrias de celulose e papel

2003 - Inauguração dos escritórios em Belém e Parauapebas no estado do Pará

2005 - Expansão da fundição e da unidade de fabricação de britadores em Sorocaba

2005 - Inauguração da fábrica de produtos para proteção ao desgaste em borracha e poliuretano

2005 - Centro de serviços de Automação em Aracruz é transformado em central de abastecimento

2007 - Início da produção de bombas de polpa na unidade equipamentos

2007 - Oficina de pré-montagem de máquinas para celulose e papel é expandida em Sorocaba

2007 - Metso Paper obtém uma nova planta em Curitiba após aquisição da divisão de celulose e energia da Aker Kvaerner

2007 - Novo centro de serviços para automação é aberto em Guaíba, no estado do Rio Grande do Sul

2008 - Início das operações de Tecnologia de Processos e Inovação

2008 - Novo prédio da Metso Automation é construído em Sorocaba

2008 - Início das operações do centro de serviços em Parauapebas

2011 - Nova unidade da Metso (Celulose, Papel e Energia) é construída na cidade de Araucária, estado do Paraná

2013 - Cisão divide a organização em duas empresas: a nova Metso e a Valmet Coporation


No Brasil, sua história deu inicio em 1919 e após a fusão entre os grupos Nordberg e Svedala, que por sua vez já vinha de outras fusões com a antiga FAÇO de Sorocaba.

Celulose, Papel e Energia[editar | editar código-fonte]

Por meio de seu segmento de Celulose, Papel e Energia, a Metso oferece processos, maquinário, equipamentos, serviços e elementos filtrantes para as indústrias de celulose, papel e energia. Sua oferta cobre todo o ciclo de vida do processo incluindo novas linhas de produção, recondicionamentos e serviços.

O segmento consiste em quatro linhas de negócios: Papel, Celulose, Energia e Serviços. É um fornecedor global de sistemas para a fabricação de papel, abrangendo todos os processos da criação da celulose para o acondicionamento de rolos acabados. A Metso já forneceu mais de 1.500 máquinas para papel e equipamentos para 800 linhas de celulose para clientes do mundo todo.

No ano de 2011, o segmento da Metso de Celulose, Papel e Energia obteve um faturamento de EUR 2.703 milhões. Em 2011, possuía 12.528 funcionários. Europa, América Central e do Sul, Ásia e América do Norte foram as principais áreas de mercado para o segmento.[2]

Em Outubro de 2013 a Reunião Geral Extraordinária aprova a cisão da Metso em duas companhias. Os segmentos de mineração, construção e automação formaram a nova Metso e os segmentos de celulose, papel e energia fizeram surgir uma nova empresa, Valmet Corporation.

Mineração e Construção[editar | editar código-fonte]

O segmento de Mineração e Construção da Metso consiste em três linhas de negócios: Soluções para processamento de minerais, Equipamentos para britagem e peneiramento e Serviços.

Juntos, essas três linhas de negócios fornecem sistemas para processamentos de rochas e minerais para clientes em mineração, produção de agregados, pedreiras e construção. O Centro de Tecnologia de Processos da Metso em Colorado Springs, EUA está desenvolvendo máquinas virtuais baseado em sofisticados modelos multi-físicos. O uso desse tipo de tecnologia é raro na indústria de mineração, fazendo da Metso a líder em simulação desses problemas complexos.[3]

Automação[editar | editar código-fonte]

O segmento de Automação da Metso é fornecedor global de automação de máquinas e processos para as indústrias de celulose e papel, processamento de rochas e minerais e para indústrias de energia e processos. Consiste em três linhas de negócios: Sistemas de automação, Controle de vazão e Serviços.

A Metso possui a mais ampla oferta de automação para a indústria de celulose e papel, com soluções e serviços que abrangem analisadores especializados, laboratórios automatizados, válvulas de controle e liga/ desliga para sistemas de controle & gestão de informação, controle de máquinas, controle de acionamento e sistemas de controle de qualidade para máquinas de papel, cartão e tissue com perfiladores.

Outros negócios e razões sociais[editar | editar código-fonte]

Reciclagem[editar | editar código-fonte]

Os negócios da Metso em reciclagem oferecem globalmente equipamentos e serviços para reciclagem de metal e resíduos. Em 1 de setembro de 2011, a Metso anunciou que os negócios em Reciclagem seriam administrados como uma razão social à parte, enquanto a Metso revê outras alternativas estratégicas para eles.[4] .

Referências

  1. a b Annual Report 2012 Metso. Visitado em 14 May 2013.
  2. About Metso's Pulp, Paper, Power segment on Metso's website Metso. Visitado em 2012-04-04.
  3. High-tech modeling contributes to more sustainable mining machines. Visitado em 2010-12-28.
  4. Stock exchange release September 1st, 2011 Metso. Visitado em 2012-04-04.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Finlândia é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.