Michael Ballhaus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Michael Ballhaus (Eichelsdorf, Baixa Francónia, Baviera, 5 de agosto de 1935) é um diretor de fotografia alemão. Ele é muito conhecido por seu constante trabalho com o cineasta Martin Scorsese. Já foi indicado três vezes para o Oscar, mas nunca ganhou.

Para Martin Scorsese, Ballhaus dirigiu a fotografia de filmes como After Hours / Depois de Horas, A Última Tentação de Cristo, A Cor do Dinheiro, Goodfellas / Os Bons Companheiros, A Era da Inocência, Gangues de Nova York / Gangs of New York, The Departed.

Trabalhou na direção de fotografia de diversos filmes alemães, até despontar para o cinema internacional nos filmes O Casamento de Maria Braun (de 1979) e Lili Marleen (de 1981) do cineasta alemão Rainer Werner Fassbinder. Seu primeiro filme foi o polêmico e audacioso As Lágrimas Amargas de Petra von Kant no qual fotografou a película com apenas uma câmera.

Trabalhou com diretores como Paul Newman (no filme À Margem da Vida / The Glass Menagerie), James L. Brooks (em Nos Bastidores da Notícia), Volker Schlöndorff (em A Morte do Caixeiro Viajante / Death of a Salesman), Mike Nichols (Working Girl / Uma Secretária de Futuro), Francis Ford Coppola (Drácula de Bram Stoker / Bram Stoker's Dracula), entre outros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Michael Ballhaus
Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.