Michael Bisping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.


Michael Bisping
Nome de nascimento Michael Gavin Joseph Bisping
Data de nascimento 28 de fevereiro de 1979 (35 anos)
Local de nascimento Chipre
Outros nomes The Count (O Conde)
Nacionalidade Inglaterra inglês
Residência Orange County, Califórnia
Altura 1,88 m
Peso 84 kg
Divisão Peso médio
Envergadura 1,93 cm
Modalidade Kickboxing, Muay Thai, Karate, Jiu-Jitsu Brasileiro
Luta por Manchester, Inglaterra
Equipe Wolfslair MMA Academy
Graduação      Faixa Marrom em Jiu-Jitsu Brasileiro
Anos ativo 2004 - presente
Cartel no MMA
Total 31
Vitórias 25
Por nocaute 15
Por finalização 4
Por decisão 6
Derrotas 6
Por nocaute 2
Por decisão 4
Outras informações
Página Oficial http://bisping.tv/
Michael Bisping no Sherdog

Michael Gavin Joseph Bisping (Chipre, 28 de fevereiro de 1979) é um lutador de artes marciais mistas nascido no Chipre, mas radicado na Inglaterra. Atualmente é contratado pelo Ultimate Fighting Championship (UFC)[1] . Já foi campeão peso meio-pesado do Cage Warriors Fighting Championship e do Cage Rage. Bisping é classificado como o oitavo peso-médio do mundo pelo ranking oficial do UFC. [2]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Bisping nasceu no Chipre numa base militar do Reino Unido em 1979, mas mudou-se para Bridlington, East Yorkshire, Inglaterra, ainda criança. Tendo um interesse precoce nas artes marciais, Bisping começou a treinar uma forma tradicional de jiu-jitsu conhecido como "Ryu Yawara", com Paul Lloyd Davies quando tinha 8 anos.[3] Em 1994, aos 15 anos de idade, Bisping competiu como amador e ficou em primeiro lugar de um torneio percussor do MMA moderno, chamado Knock Down Desporto Budo (KSBO ), organizado por Davies [4]

Aos 18 anos de idade, Bisping decidiu abandonar seu treinamento em artes marciais a fim de "perseguir a vida real". Mais menos de um ano depois começou a sua formação em kickboxing e caratê sobre o conselho de Alan Clarking, proprietário do Black Knights ginásio, que viu potencial no jovem lutador. Bisping teve uma curta carreira, mas ganhou título kickboxing, conquistando o título do Norte Zona Oeste e mais tarde ganhou o título do Pro British meio-pesado de kickboxing. Após brevemente abandonar competição em 1998, Bisping voltou ao kickboxing para ganhar o título do Pro título meio-pesados ​​pela segunda vez.

Logo depois de ganhar seu segundo título kickboxing, Bisping foi forçado a abandonar seu treino integral por um "trabalhos reais". Bisping trabalhou em fábricas e matadouros como colocador de tapetes e ladrilhos, carteiro, ladrilhador, vendedor de porta vidros, "churrasqueiro", e também foi um DJ relativamente bem sucedido do clube North West.[5]

Carreira nas artes marciais mistas[editar | editar código-fonte]

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Bisping fez sua estréia profissional nas artes marciais mistas em Pride & Glory 2: Battle of the Ages em 04 de abril de 2004, tendo uma vitória por submissão 00:38 sobre Steve Mathews. Apenas um mês depois, Bisping marcou seu primeiro KO contra John Weir no Reino Unido UK MMA Challenge 7: Rage & Fury. Em sua terceira luta no MMA, Bisping tornou-se o campeão dos meio-pesados ​​no Cage Rage 7, derrotando Mark Epstein por nocaute técnico. Bisping passou a defender o seu título de campeão em uma revanche contra Epstein em Cage Rage 9 em uma vitória por nocaute que solidificou Bisping como um dos melhores lutadores meio-pesado da Inglaterra. Ele também lhe rendeu o apelido de "A Grande Esperança britânica", por UFC.com[6]

Em The Ultimate Fight Club UK: Natural Instinct em 29 de janeiro de 2005, Bisping fez sua estréia no kickboxing contra David Brown em um concurso de meio-pesados. Bisping ganhou por interrupção médica no round 2. Bisping, que treinava na Wolfslair MMA Academy, a equipe luta profissional de Cage Warriors, fez sua estréia para a promoção de Ultimate Force em 30 de abril de 2005, derrotando Dave Radford ganhando a vaga para o título do Cage Warriors dos meio-pesados. Em seguida, competiu em outro evento dos meio-pesados ​​kickboxing, contra Cyrille Diabate em CWFC: Strike Force 1 em 21 de maio de 2005, perdendo para Diabaté por decisão após o fim do primeiro round extra. Ele ganhou o título FX3 meio-pesado em 18 de junho de 2005 e estava reinando em grandes federações britânicas.

Em sua primeira defesa do título Cage Warriors, Bisping derrotou Miika Mehmet em CWFC: Strike Force 2, em 16 de julho de 2005. Em setembro de 2005, Cage Rage tirou o título dos meio-pesados ​​de Bisping devido a "questões de gestão que Michael tem atualmente",[7] embora Cage Warriors afirmou que "Bisping estava disposto a defender seu título, mas está sendo punido pelo Cage Rage, devido à sua Wolfslair e links de Cage Warriors".[8] No final de 2005, Bisping continuou a defender com sucesso o título Cage Warriors contra Jakob Lovstad e Ross Pointon no CWFC: Strike Force séries de eventos, levando a um recorde de 10 vitórias e nenhuma derrota.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

No início de 2006 Bisping foi destaque no The Ultimate Fighter reality show treinado por Tito Ortiz. Ele ganhou uma luta preliminar contra Kristian Rothaermel por nocaute técnico, seguido de uma vitória semi-final contra o Ross Pointon por submissão após o desembarque uma joelhada voadora e uma série de greves. Nas finais, Bisping derrotou Josh Haynes por nocaute técnico a 4:14 para o segundo turno, fazendo Bisping o vencedor meio-pesado do The Ultimate Fighter. Cinco meses após sua vitória no TUF 3,

Bisping foi programado para lutar contra Eric Schafer em The Ultimate Fighter 4 Finale, mas desistiu por causa de problemas ao tentar adquirir seu visto. A luta foi re-agendada e realizada em 30 de Dezembro, UFC 66. Bisping Schafer derrotou por nocaute técnico a 4:24 do primeiro round.[9] Em 21 de abril de 2007, Bisping conseguiu uma vitória por TKO no segundo round sobre Elvis Sinosic em UFC 70 em Manchester.[10]

Bisping foi árbitro convidado em Cage Warriors eventos Enter The Wolfslair em 5 de março de 2005 e CWFC:. Strike Force 6 em 27 de maio de 2006[11]

Em 8 de setembro de 2007, Bisping enfrentou o ex-Ultimate Fighter 3 rival Matt Hamill em Londres, Inglaterra e venceu uma decisão dividida controversa depois de 3 rounds. Hamill apertou o ritmo e levou Bisping para baixo várias vezes nas duas primeiras rodadas, e Bisping bater greves sólidos e bloqueando as tentativas de derrubadas numerosos no final do segundo e no terceiro round. Os juízes americanos marcou a luta 29-28 para Bisping, o único juiz britânico votou 30-27 para Hamill[12] [13] Bisping na próxima luta em UFC 78 contra Rashad Evans resultou em sua primeira derrota, por decisão dividida com as pontuações sendo 29-28 para Bisping, e 29-28 (duas vezes) para Evans.

Mudança para os médios[editar | editar código-fonte]

Desde o início de sua carreira no MMA, as pessoas advertiam Bisping que ele era um pouco pequeno para a categoria dos meio pesados e se sairia melhor como peso médio. Depois de sua derrota para Rashad Evans, Bisping decidiu descer uma divisão de peso, com o apoio de Dana White.[14] Em 19 de Abril de 2008 no UFC 83, Bisping fez sua estréia como Peso Médio contra Charles McCarthy, que teve um cartel bastante medíocre no MMA. Bisping venceu por nocaute técnico, já que McCarthy foi incapaz de continuar após o primeiro round devido a uma lesão no antebraço que sofreu depois de receber uma série de joelhadas sem resposta e uppercuts.

A luta seguinte nos médios foi em 7 de Junho de 2008 no UFC 85, em Londres, contra a Jason Day. Bisping era esperado para enfrentar Chris Leben, mas Jason Day entrou em cena já que Leben estava na prisão por 35 dias e foi incapaz de competir.[15] Bisping venceu a luta de forma dominante no primeiro round, garantindo duas quedas e lutando sob pressão, vencendo por nocaute técnico. Bisping encarou Chris Leben no UFC 89 em 18 de Outubro de 2008, que Bisping deveria enfrentar no UFC 85.[16] Bisping venceu por decisão unânime. Os juízes marcaram a luta 30-27 (duas vezes), e 29-28 para Bisping.[17] Bisping usou contragolpes efetivos na luta para manter o agressivo Leben na distância.[18] Após a luta, Leben testou positivo para Estanozolol e foi suspenso por nove meses.[19]

Após a luta com Leben, Bisping foi confirmado como um dos treinadores do The Ultimate Fighter: United States vs. United Kingdom .[20] O outro treinador era o americano Dan Henderson. Bisping lutou contra Henderson após a conclusão do programa, no UFC 100 em 11 de Julho de 2009, Mandalay Bay. A luta era esperada para ser uma eliminatória para a disputa do Cinturão Peso Médio do UFC. Bisping foi nocauteado (pela primeira vez na carreira) por Henderson.

Bisping encarou o veterano do Spirit MC e Pride Denis Kang em 14 de Novembro de 2009 no UFC 105[21] Bisping ganhou por nocaute técnico no segundo round. A luta foi premiada como Luta da Noite, dando para Bisping um bônus de 40.000 dólares.

Bisping enfrentou o ex-Campeão Peso Médio do Pride Wanderlei Silva em 21 de Fevereiro de 2010 no UFC 110. A capacidade de Wanderlei nos segundos finais do segundo e terceiro round, dois knockdowns e uma guilhotina contribuiu para sua vitória por uma decisão clara unânime (29-28, 29-28, 29-28).[22]

Bisping derrotou Dan Miller por decisão unânime em 29 de Maio de 2010 no UFC 114. Bisping enfrentou e venceu o Yoshihiro Akiyama em 16 Outubro de 2010 no UFC 120, ganhando 30-27 em todos os três juízes. A luta foi premiada Luta da Noite. Embora Bisping tenha sido atordoado no início da luta por Akiyama, ele se recuperou e acertou diversas combinações em Akiyama.

Bisping enfrentou em uma luta com forte carga emocional o lutador Jorge Rivera em 26 de Fevereiro de 2011 no UFC 127. Ambos os lutadores tinham se estranhado antes da luta, e precisaram ser contidos na pesagem. Bisping dominou o primeiro round com direito a uma queda, mas desferiu uma joelhada ilegal no adversário. Um ponto foi tirado Bisping e, depois de uma parada longa na ação, a luta continuou. A luta terminou com um nocaute técnico a favor de Bisping no segundo round. Após a luta Bisping cuspiu no canto de Rivera, devolvendo os comentários negativos de Rivera antes da luta. Rivera negou os comentários e tentou consertar as coisas, mas Bisping disse a ele para "Vá para casa" e o chamou de "perdedor". [23] Bisping enfrentou "ações disciplinares" e foi retirado em 27 de abril de 2011.

Em 27 de Maio de 2011, foi revelado que Bisping seria um dos treinadores do The Ultimate Fighter: Team Bisping vs. Team Miller, em frente a Jason Miller. Houve especulações de que Miller tinha espiões em campo de treinamento de Bisping, mas Bisping estava confiante de que não era verdade. Bisping derrotou Miller por nocaute técnico no terceiro round em 3 de Dezembro de 2011 no The Ultimate Fighter: Team Bisping vs. Team Miller Finale.

Bisping era esperado para enfrentar Demian Maia, em 28 de Janeiro de 2012 no UFC em Fox: Evans vs. Davis. No entanto, uma lesão obrigou Mark Muñoz a sair de sua contra Chael Sonnen e Bisping enfrentou Sonnen no evento. Dana White, declarou em uma entrevista que se Bisping batesse Sonnen ele iria enfrentar Anderson Silva pelo Cinturão Peso Médio do UFC.[24] Bisping perdeu a luta através de uma controversa decisão unânime com a pontuação de 30-27, 29-28 e 29-28 para Sonnen. Muitos acharam que Bisping venceu a luta, incluindo o presidente do UFC, Dana White.

Em 23 de Setembro de 2012, Bisping derrotou Brian Stann por decisão unânime no card principal do UFC 152. Com mais iniciativa de luta, Bisping ia pontuando, evitando os ataques de Stann e minando a resistência do americano, que buscava golpes fortes para finalizar a luta.[25]

Em 19 de Janeiro de 2013, Vitor Belfort aos 1m27s do segundo round derrotou Bisping com um poderoso chute na cabeça no UFC on FX: Belfort vs. Bisping. Mais uma vez o inglês perdeu a chance de disputar o cinturão, já que Dana White havia prometido o title shot em caso de vitória.[26]

No UFC 159 Bisping venceu Alan Belcher numa luta morna, de poucas emoções. Bisping pontuou com seus jabs, e acabou levando por decisão unânime.

O próximo adversário de Bisping seria o filipino Mark Muñoz. Mas Bisping foi retirado devido a uma lesão no olho e foi substituído por Lyoto Machida.

Bisping enfrentou Tim Kennedy em 16 de Abril de 2014 no UFC Fight Night: Bisping vs. Kennedy. Bisping perdeu por decisão unânime em uma luta morna e muito vaiada pelo público presente na arena.

A luta seguinte de Bisping foi contra o veterano do Strikeforce, o vietnamita Cung Le em 23 de Agosto de 2014 no UFC Fight Night: Bisping vs. Le, em Macau. Bisping venceu por nocaute técnico no quarto round.

Depois de muito tempo trocando farpas por twitter, Bisping e Luke Rockhold ficam mais perto de se enfrentar, depois do inglês aceitar o desafio do americano.

Cquote1.svg “Existe um idiota chamado Luke Rockhold que não para de falar sobre mim. Eu penso que ele se sente atraído por mim, pra ser honesto. Eu irei surrá-lo e depois disputar o titulo”![27] - Cquote2.svg
Disse Mike

Seu pedido foi aceito, e o UFC marcou Bisping para enfrentar Luke Rockhold em 8 de Novembro de 2014 no UFC Fight Night: Rockhold vs. Bisping.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O avô de Bisping, Andrew ( Andrzej) foi um polonês nobre, um líder militar do "Bispo do Pings" (daí "Bisping" e seu apelido "O Conde"). Após a Segunda Guerra Mundial, os avós do Bisping se mudaram para a Inglaterra. Seu pai Jan era do exército britânico.

Bisping tem três filhos com sua esposa, o terceiro filho nasceu pouco antes dele partir para os EUA para a preparação final para sua luta contra Dan Miller.

Bisping tem familiares ao redor do globo, incluindo na Alemanha, Inglaterra, Irlanda e Estados Unidos.

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

Artes Marciais Mistas[editar | editar código-fonte]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Luke Rockhold UFC Fight Night: Rockhold vs. Bisping 08/11/2014 Austrália Sydney
Vitória 25-6 Cung Le Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Bisping vs. Le 23/08/2014 4 0:57 Macau Cotai Performance da Noite.
Derrota 24-6 Tim Kennedy Decisão (unânime) UFC Fight Night: Bisping vs. Kennedy 16/04/2014 5 5:00 Canadá Quebec City, Quebec
Vitória 24-5 Alan Belcher Decisão Técnica (unânime) UFC 159: Jones vs. Sonnen 27/04/2013 3 4:29 Estados Unidos Newark, New Jersey Bisping golpeou o olho de Belcher.
Derrota 23–5 Vitor Belfort Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC on FX: Belfort vs. Bisping 19/01/2013 2 1:27 Brasil São Paulo
Vitória 23-4 Brian Stann Decisão (unânime) UFC 152: Jones vs. Belfort 22/09/2012 3 5:00 Canadá Toronto, Ontario
Derrota 22–4 Chael Sonnen Decisão (unânime) UFC on Fox: Evans vs. Davis 28/01/2012 3 5:00 Estados Unidos Chicago, Illinois Luta eliminatória para a disputa do Título Peso Médio.
Vitória 22–3 Jason Miller Nocaute Técnico (socos e joelhadas) The Ultimate Fighter 14 Finale 03/12/2011 3 3:34 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 21–3 Jorge Rivera Nocaute Técnico (socos) UFC 127: Penn vs. Fitch 27/02/2011 2 1:54 Austrália Sydney
Vitória 20–3 Yoshihiro Akiyama Decisão (unânime) UFC 120: Bisping vs. Akiyama 16/11/2010 3 5:00 Inglaterra Londres Luta da Noite.
Vitória 19–3 Dan Miller Decisão (unânime) UFC 114: Rampage vs. Evans 29/05/2010 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 18–3 Wanderlei Silva Decisão (unânime) UFC 110: Nogueira vs. Velasquez 20/02/2010 3 5:00 Austrália Sydney
Vitória 18–2 Denis Kang Nocaute Técnico (socos e joelhadas) UFC 105: Couture vs. Vera 14/11/2009 2 4:24 Inglaterra Manchester Luta da Noite.
Derrota 17–2 Dan Henderson Nocaute (socos) UFC 100: Making History 11/07/2009 2 3:20 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 17–1 Chris Leben Decisão (unânime) UFC 89: Bisping vs. Leben 18/10/2008 3 5:00 Inglaterra Birmingham Leben testou positivo para esteroides.
Vitória 16–1 Jason Day Nocaute Técnico (socos) UFC 85: Bedlam 07/06/2008 1 3:42 Estados Unidos Londres
Vitória 15–1 Charles McCarthy Nocaute Técnico (lesão no braço) UFC 83: Serra vs. St. Pierre II 19/04/2008 1 5:00 Canadá Montreal, Quebec Estreia na categoria dos Médios.
Derrota 14–1 Rashad Evans Decisão (dividida) UFC 78: Validation 17/11/2007 3 5:00 Estados Unidos Newark, New Jersey
Vitória 14-0 Matt Hamill Decisão (dividida) UFC 75: Champion vs. Champion 08/09/2007 3 5:00 Inglaterra Londres
Vitória 13–0 Elvis Sinosic Nocaute Técnico (socos) UFC 70: Nations Collide 21/04/2007 2 1:40 Inglaterra Manchester Luta da Noite.
Vitória 12–0 Eric Schafer Nocaute Técnico (socos) UFC 66: Lidell vs. Ortiz II 30/12/2006 1 4:24 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 11–0 Josh Haynes Nocaute Técnico (socos) The Ultimate Fighter 3 Finale 24/06/2006 2 4:14 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Venceu o TUF 3 no Peso Meio Pesado.
Vitória 10–0 Ross Pointon Finalização (chave de braço) CWFC: Strike Force 4 26/11/2005 1 2:00 Inglaterra Coventry Defendeu o Título Meio Pesado do Cage Warriors.
Vitória 9–0 Jakob Lovstad Finalização CWFC: Strike Force 3 01/10/2005 1 1:10 Inglaterra Coventry Defendeu o Título Meio Pesado do Cage Warriors.
Vitória 8–0 Miika Mehmet Nocaute Técnico (interrupção do corner) CWFC: Strike Force 2 16/07/2005 1 3:01 Inglaterra Coventry Defendeu o Título Meio Pesado do Cage Warriors.
Vitória 7–0 Alex Cook Finalização (guilhotina) FX3: Xplosion 18/06/2005 1 3:21 Inglaterra Reading
Vitória 6–0 Dave Radford Nocaute Técnico CWFC: Ultimate Force 30/04/2005 1 2:46 Inglaterra Sheffield Ganhou o Título Meio Pesado do Cage Warriors.
Vitória 5–0 Mark Epstein Nocaute (socos) Cage Rage 9 27/11/2004 3 4:43 Inglaterra Londres Defendeu o Título Meio Pesado do Cage Rage; Depois vagou.
Vitória 4–0 Andy Bridges Nocaute P & G 3: Glory Days 07/08/2004 1 0:45 Inglaterra Newcastle
Vitória 3–0 Mark Epstein Nocaute Técnico (socos e joelhadas) Cage Rage 7 10/07/2004 2 1:27 Inglaterra Londres Ganhou o cinturão Meio Pesado do Cage Rage.
Vitória 2–0 John Weir Nocaute Técnico UKMMAC 7: Rage & Fury 30/05/2004] 1 0:50 Inglaterra Essex
Vitória 1–0 Steve Mathews Finalização (chave de braço) P & G 2: Battle of the Ages 10/04/2004 1 0:38 Inglaterra Newcastle


Referências

  1. UFC - Michael Bisping Ufc.com.
  2. http://www.ufc.com/rankings
  3. Gilbert, Mark. "Michael Bisping in profile", The Sun, 28 September 2007.
  4. name=autogenerated1>Michael Bisping
  5. name=autogenerated2>"My Sport: Michael Bisping", The Daily Telegraph, 17 April 2007.
  6. UFC : Ultimate Fighting Championship
  7. Cage Rage (2005). Cage Rage strips "The Count" Mike Bisping of his Cage Rage British Light-Heavyweight Title www.cagerage.tv.. Página visitada em 17 September 2006.
  8. Cage Warriors (2005). CWFC Statement Concerning Mike Bisping www.cagewarriors.com.. Página visitada em 17 September 2006. Cópia arquivada em 25 August 2006.
  9. Bisping beats Eric Schafer | The Sun |Sport|UFC
  10. [Bisping http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/sport/ufc/article798898.ece bate Eric Schafer | The Sun | Esporte | UFC]
  11. cage Warriors (2006). Michael "The Count" Bisping To Referee At Strike Force 6 www.cagewarriors.com.. Página visitada em 17 September 2006. Cópia arquivada em 28 August 2006.
  12. UFC 75 "Champion Vs. Champion" Play-by-Play Sherdog.com (8 September 2007). Página visitada em 23 April 2011.
  13. Stupp, Dann (10 September 2007). UFC 75 Judge Jeff Mullen Explains Bisping-Hamill Score MMAJunkie.com. Página visitada em 23 April 2011.
  14. UFC (2007). Count's move gives middleweights new blood www.ufc.com.. Página visitada em 14 December 2007.
  15. name="MMAWeekly.com">BISPING VS LEBEN AT UFC 89 IN BIRMINGHAM, ENGLAND MMAWeekly.com (1 July 2008). Página visitada em 25 July 2011.
  16. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas MMAWeekly.com
  17. UFC 89 Play-by-Play
  18. UFC 89 LIVE RESULTS, PLAY-BY-PLAY, & PHOTOS MMAWeekly.com (17 October 2008). Página visitada em 25 July 2011.
  19. 5:14 pm ET (3 November 2008). Leben tests positive for steroids, suspended – Mixed Martial Arts nbcsports.msnbc.com. Página visitada em 26 July 2010.
  20. BISPING ANNOUNCED AS ULTIMATE FIGHTER 9 COACH- MMA WEEKLY – Mixed Martial Arts & UFC News, Photos, Rankings & more MMAWeekly.com (October-18-2008). Página visitada em 26 July 2010.
  21. Report: Michael Bisping vs. Denis Kang at UFC 105 Inside Fights (16 August 2009). Página visitada em 21 August 2009.
  22. Woods, Zak (21 February 2010). UFC 110 results recap from last night for 'Nogueira vs Velasquez' MMA Mania. Página visitada em 26 July 2010.
  23. Michael Bisping tells 'loser' Jorge Rivera to go home after TKO victory at UFC 127 | UFC News
  24. {{cite web Bisping vs Demian Maia adicionado ao UFC em FOX 2 | publisher = MMAjunkie.com | autor = MMAjunkie.com Staff | data = 07 de dezembro de 2011 | accessdate = 07 dezembro de 2011}}
  25. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2012/09/michael-bisping-vence-brian-stann-e-pede-chance-de-disputar-o-cinturao.html
  26. http://www.superlutas.com.br/noticias/13196/caso-venca-belfort-bisping-sera-proximo-desafiante-de-anderson-silva/
  27. http://www.foxsports.com/ufc/story/michael-bisping-finishes-cung-le-calls-out-luke-rockhold-082314

http://www.sherdog.com/fighter/Michael-Bisping-10196