Michael Brandon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michael Brandon
Michael Brandon.jpg
Nascimento: 9 de Fevereiro de 1965
Cidade natal: Huntington Beach, Orange County, California,  Estados Unidos
Nome de nascimento: Michael Phillips
Nacionalidade: Estadunidense
Altura: 180 cm
Massa: 77 kg
Olhos: Azuis
Cabelo: Castanhos
Etnia: Caucasiano
Nomes artísticos: Monster, Michael Brandon
Página Oficial
(ATENÇÃO: As ligações externas podem conter conteúdo sexual explícito.)
Michael Brandon no IAFD

Michael Brandon (9 de fevereiro de 1965) é um ativista da comunidade norte-americana, ator e diretor de filmes pornográficos anteriormente exclusivo da Raging Stallion especializado em Pornografia gay Ele teve uma subdivisão na Raging Stallion chamada "Monster Bang", e já participou de algumas campanhas de caridade, tendo feito uma "seleção de estrelas" para aspirantes a atores pornograficos.[1] [2] [3] [4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Brandon ajudou a criar a Raging Stallion Studios e declarou que ele começou no pornô depois de responder a um anúncio na revista Frontiers.[5] Ele começou sua carreira no pornô no final de 1980 ainda jovem, mas caiu nas drogas e foi para prisão e não retornou até 1999.[5] He also directed, produced, and wrote Passport to Paradise.[6]

Depois de sair da prisão, Brandon subiu para o nível de super-estrela pornô. Ele apareceu em cerca de 200 filmes entre 1999 e 2006 e, finalmente, dirigiu sua própria linha de filmes conhecidos como vídeos MonsterBang.[7] Ele teve um premio pelo seu site [1] e estava engajado no que parecia ser uma carreira na prostituição masculina, sendo essa documentada em seu website e nos reviews de um site especializado, o DaddysReviews .[7]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Brandon venceu o "Performer of the Year" no GayVN Awards de 2001 e foi indicado no ano seguinte junto de Colton Ford.[8] No Adult Erotic Video Awards de 2002, ele foi nomeado junto de Chad Hunt como "Best Performers".[9] Brandon foi premiado com o "Grabby Wall of Fame" em 2003 [10] e recebeu um "Surprise Award" do Grabby por "Hottest Cock" em 2005.[11]

Precedido por
{{{antes}}}
'Hall of Fame' da Adult Erotic Video Awards
2003
Sucedido por
{{{depois}}}
Precedido por
{{{antes}}}
'Hall of Fame' da VN Awards
2006
Sucedido por
{{{depois}}}
Precedido por
Blake Harper
VN Awards para Performer of the Year
2002
Sucedido por
Michael Brandon e Colton Ford
Precedido por
Blake Harper e Jason Branch
GayVN Awards VN Awards para Performer of the Year
(junto com Colton Ford)

2003
Sucedido por
Joe Foster
Precedido por
Chad Hunt
Adult Erotic Video Awards para Best Performers
(junto com Chad Hunt)

2002
Sucedido por
Trevor Knight

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • Ass Pounding Hunks 2 (2005)
  • Cadet Convoy (2005)
  • Hard as Wood (2005)
  • Heat of the Moment (2005)
  • Party in the Rear (2005)
  • Way Below the Belt (2005)
  • Michael Brandon: Virtually Yours (2004)
  • Pokin' in the Boys Room (2004)
  • Tune Up (2004)
  • Double Delights (2003)
  • Down Right Dangerous (2003)
  • Hard at Work (Raging Stallion) (2003)
  • The List (MSR Videos) (2003)
  • Lord & Master (2003)
  • LumberJacked (Mustang Pac 069) (2003)
  • Plexus: Hardcore (2003)
  • A Porn Star is Born (2003)
  • Take it Like a Man (2003)
  • The Sexus, Nexus and Plexus Trilogy (2002–2003)
  • Cockpit 1 & 2 (Catalina Video) (2000–2003)
  • The Dirty Director (2002)
  • Latin Tendencies (2002)
  • Let's Talk Sex (2002)
  • Long Strokes (dirigido e co-estrelando com: Paul Barresi) (2002)
  • Natural Instinct (Mustang Pac 066) (2002)
  • Nob Hill All Stars #1 (2002)
  • Prison of Pain (2002)
  • Saluting Michael Brandon (2002)
  • Soldiers in the Dungeon (2002)
  • Trespass (Titan Media) (2002)
  • WristRider (2002)
  • Getting It At The Rave (2001)
  • In Gear (2001)
  • Leather Persuasion (2001)
  • Michael Brandon: Down & Dirty (2001)
  • The Seven Deadly Sins: Lust (2001)
  • Terms of Endowment (2001)
  • Stiff? (Sunshine Films) (2000)
  • The Best of Michael Brandon (1999)
  • Meat the Fuckers (1995)
  • Tender Trick (Jocks Pac) (1991)
  • Air Male (1989)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Monster Bang Video: Videos produced and Directed by Chris Ward and Michael Brandon. RagingStallion.com (2005-2008). Página visitada em 2008-03-12.
  2. Han, Sarah (19 November 2003). 8 Days a Week. San Francisco Bay Guardian. Página visitada em 2008-03-12.
  3. Van Iquity, Sister Dana (15 March 2007). Shamrockin’ Shenanigans: Make Way For St. Patrick’s Day. San Francisco Bay Times. Página visitada em 2008-03-12.
  4. Kliem, Mark (18 September 2006). Porn Star Auditions. Lavender Lounge. Página visitada em 2008-03-12.
  5. a b Time Line of Michael Brandon (Bio). Michael Brandon Enterprises (2007). Página visitada em 2007-09-30.
  6. Passport to Paradise (2005) (V). IMDb (2007). Página visitada em 2007-09-30.
  7. a b Comments (62) By Ashley Harrell Wednesday, Oct 1 2008 (2008-10-01). The Rise and Fall of the Monster. SF Weekly. Página visitada em 2010-03-16.
  8. GayVN Awards past winners.
  9. 2002 Grabby Award Nominees & Winners Performer Awards. Retrieved 2008-04-19. Predefinição:Wayback
  10. Grabby Awards Wall of Fame. Retrieved 2008-04-19.
  11. 2005 Grabby Award Nominees & Winners Special Awards. Retrieved 2008-04-19. Predefinição:Wayback

Ligações externas[editar | editar código-fonte]