Michele Giordano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde fevereiro de 2012).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Michele Giordano (San Arcangelo, Itália, 26 de Setembro de 1930 - Nápoles, 2 de Dezembro de 2010) foi um Cardeal italiano, era Arcebispo-emérito de Nápoles.[1] [2]

Ordenado sacerdote em 5 de Julho de 1953 por Giacomo Palombella, Arcebispo de Matera, ficou adstrito à Diocese de Tursi-Lagonegro. Em 23 de Dezembro de 1973 foi nomeado Bispo Auxiliar de Matera, com o título de Lari Castellum.

Em 12 de Junho de 1974 foi nomeado Arcebispo de Matera; em 9 de Maio de 1987 foi nomeado Arcebispo de Nápoles.

Em 28 de Junho de 1988 Michele Giordano foi elevado à dignidade cardinalícia por nomeação do Papa João Paulo II, com o título de Cardeal-presbítero de S. Gioacchino ai Prati di Castello.

Em 20 de Maio de 2006 Michele Giordano resignou ao seu cargo na Arquidiocese de Nápoles devido a ter atingido o limite de idade.

Referências