Mickie James

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mickie James
Nome(s)
no ringue
Mickie James
Alexis Laree[1]
Princess Alexis[2]
Peso 56 kg[3]
Nascimento 31 de agosto de 1979 (35 anos)[4]
Montpelier[5]
Residência Aylett[5]
Anunciado de Richmond[3]
Treinado por Extreme Championship Wrestling
Funking Conservatory[6] [7]
KYDA Pro Training School[4]
OVW[8]
Estreia 1999[4]

Mickie Laree James (31 de agosto de 1979), mais conhecida simplesmente como Mickie James ou Alexis Laree, é uma wrestler profissional norte-americana e cantora. James é mais conhecida pelo seu percurso na WWE e na Total Nonstop Action Wrestling.

James começou sua carreira de wrestling profissional em 1999 como um valet no circuito independente, onde era conhecida sob o nome de Alexis Laree. Ela treinou em vários campos para melhorar as suas habilidades no wrestling antes de trabalhar para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA),onde ganhou a atenção nacional.

James apareceu na WWE em outubro de 2005 e foi colocada em um enredo com Trish Stratus, em que sua gimmick era de maior fã e tornando-se obcecada por Stratus. Uma storyline que durou quase um ano, na qual ela ganhou seu primeiro WWE Women's Champion na WrestleMania 22, um título que ela ganhou no total cinco vezes. James também conquistou a sua primeira Divas Championship no Night of Champions em 2009 para se tornar a segunda Diva para manter ambos cinturões. Atualmente está trabalhando na Total Nonstop Action Wrestling a empresa que a revelou, fez o seu retorno a TNA em 2010, mesmo ano em que foi demitida da WWE. James foi liberada de seu contrato com a TNA em setembro de 2013.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início de carreira (1999-2003)[editar | editar código-fonte]

Depois de uma sugestão de um amigo, James frequentou uma escola de wrestling profissional na área de Washington, DC. Ela fez sua estréia profissional no circuito independente em 1999 como uma valet para a KYDA Pro Wrestling com o ringue name de Alexis Laree, um nome criado como resultado de uma combinação de seu nome artístico a de quando ela era uma dançarina e seu nome do meio. Como Laree, ela venceu vários lutadores do sexo masculino, incluindo Tommy Dreamer para ganhar o KYDA Pro Heavyweight Championship. Em março, ela lutou em seu primeiro jogo, um Intergender tag team match com Jake Damian contra o Americano Mike Brown e Candie. Ela treinou para melhorar o suas habilidades no wrestling participando de campos de treinamento como o Funking Conservatório, um workshop dirigido por Dory Funk, Jr., e um Extreme Championship Wrestling (ECW) dojo. Ela também começou a competir no Maryland Championship Wrestling, onde treinou nos campos geridos por Ricky Morton e Bobby Eaton. Devido ao baixo salário dos shows independentes, James havia completado sua renda trabalhando como garçonete em um Olive Restaurante Garden.

Total Nonstop Action Wrestling (2003)[editar | editar código-fonte]

Enquanto trabalhava na Ring of Honor por um ano, James também estreou na Total Nonstop Action Wrestling (TNA), num pay-per-view sob sua gimmick Alexis Laree, como participante de uma lingerie battle royal. Ela não estava em lugar de destaque até 26 de março de 2003, quando ela se juntou com Amazing Red, como parte de sua feud contra Kid Kash pelo X Division Championship e Trinity. Semanas depois, ela se tornou o primeiro membro da The Gathering, a stable liderada por Raven em sua feud contra o NWA World Heavyweight Champion Jeff Jarrett. Em 16 de abril, Laree se tornou a primeira mulher (e até agora, apenas), a competir num Clockwork Orange House of Fun match, logo depois The Gathering desafiou e venceu Jarrett. Ela continuou a lutar na o stable quando rivalizou com The Disciples of the New Church, participando de um ângulo com o padre James Mitchell, o mesmo a queimou com uma bola de fogo (kayfabe). Laree lutou em outra Clockwork Orange House of Fun match antes de sair da empresa

Ohio Valley Wrestling (2003-2005)[editar | editar código-fonte]

Após dois anos de envio de fitas e chamadas telefônicas, bem como uma luta com Dawn Marie, James assinou um contrato de desenvolvimento com a World Wrestling Entertainment, que mandou para treinar na Ohio Valley Wrestling (OVW), seu território de desenvolvimento , em agosto. Ainda usando o nome de Alexis Laree, ela começou a fazer aparições na televisão para a OVW em 29 de janeiro de 2004 e competiu em várias lutas ao longo do ano. Ela também ganhou um Halloween Costume Contest em 30 de outubro e derrotou Jillian Hall.

Em 17 de maio de 2005, Laree foi colocada em um torneio para o OVW Television Championship. Ela derrotou Mike Mondo na primeira rodada, perdendo apenas para Blaster Lashley na próxima. Ela começou uma rivalidade com Beth Phoenix em 20 de julho, após Phoenix ter interrompido Laree durante uma entrevista, o que causou a criação de uma match em 29 de Julho, na qual que Laree perdeu. Sua storyline continuou em setembro, com Shelly Martinez sendo adicionada à história ao lado de Phoenix contra Laree. Em 12 de outubro, ela apareceu na OVW sob seu nome real e terminou o ano perdendo batalhas contra Martinez e Jillian Hall.

World Wrestling Entertainment (WWE) (2005-2010)[editar | editar código-fonte]

Trish Stratus fã (2005–2006)[editar | editar código-fonte]

James em um evento ao vivo da Raw.

James estreou na WWE, salvando Trish Stratus de um ataque de Victoria, na Raw de 10 de outubro de 2005, após Trish ter retido o WWE Women's Championship contra Victoria. Logo depois, Mickie se apresenta revelando ser uma grande fã de Trish Stratus. O ângulo das duas WWE Divas continuam em várias Tag Team matches, envolvendo elas e Ashley contra Torrie Wilson, Candice Michelle e Victoria (as Vince's Devil), durante as lutas a personagem de James se revela cada vez mais obcecada por Stratus, chegando até a usar os moves e finishers de Trish. O enredo inclui um Halloween Costume Contest, onde James aparece fantasiada de Stratus, e na Fulfill Your Fantasy Battle Royal, no Pay-per-view Taboo Tuesday, onde James ajudou Stratus a reter seu título, eliminando a si própria e a Victoria. Mickie também se torna manager dela nas lutas, auxiliando até na vitória sobre Melina Perez pelo Women's Championsip no Survivor Series. Na Raw de 12 de dezembro, James derrota Victoria, estreiando seu finisher: Mickie-DDT, então tornando-se concorrente pelo título de Stratus, tendo direito a uma luta no New Years Revolution. Em um segmento natalino, James acaba dando um beijo lésbico em Stratus, fato que abalou um pouco a amizade das duas. Já no New Years Revolution, Stratus consegue reter seu título contra James, a derrotando.

Nas semanas seguintes, James começa a ter crises de ciumes pela amizade de Stratus e Ashley. Chegando até a interferir na luta das duas pelo título, atacando Ashley. James derrota Ashley na Royal Rumble, com Stratus como juíza da luta, antes da luta, James havia confessado seu amor.

Stratus pede a James um tempo, pelos assédios que haviam acontecido, mas ao fazerem as pazes, James acaba atacando Stratus com um Chick Kick seguido de um Stratusfaction (finishers de Trish), tem início seu heel turn. Na semana seguinte, James ataca Stratus e a beija desmaiada, após ter 'sequestrado' Ashley e a colocado dentro de um embrulho de presente gigante no ringue.

Women's Champion (2006-2008)[editar | editar código-fonte]

As duas então, ganham um combate na Wrestlemania 22 pelo Women's Championship, aonde Mickie iria finalizar a luta com um Stratusfaction, mas acabou errando (botch), Mickie então aplica um Chick Kick e vence a luta, tornando-se pela primeira vez Women's Champion e sendo a primeira Diva a ganhar o Women's Championship em sua primeira Wrestlemania. Nas semanas seguintes, Mickie fica loira, muda o corte de cabelo e usa roupas de Trish, ficando igual a mesma, Trish troca na mesma moeda, ficando igual James nas roupas, atitudes e cabelo. Logo, cada uma volta ao seu estilo, e Mickie retém seu título contra Trish no Backlash. Nas semanas seguintes, Mickie é atacada por Beth Phoenix e tem problemas com ela, então Mickie se une a Victoria e Candice Michelle contra Phoenix e Torrie Wilson auxiliadas por Trish. Phoenix não dura muito na feud, saindo por uma lesão causada em uma luta contra Victoria. Logo depois, Lita começa a ter um papel na feud, junto com seu namorado Edge interrompem uma luta entre Mickie e Trish, Trish então faz as pazes com Mickie e passa a se unir com Carlito em uma feud contra Lita e Edge, logo depois, em 14 de agosto, Lita vence Mickie se tornando Women's Champion, após bater o título contra Mickie sem o juíz ver, já que este havia sido destraído por Edge. Mickie tem seu face turn novamente. Mickie acaba sendo derrotada novamente ao tentar recuperar o título na semana seguinte. Em Outubro, o título feminino se torna vago, já que Trish o consegue na Unforgiven na sua last match se aposentando em seguida. No Torneio pelo título vago, Mickie derrota Victoria e em seguida Melina, avançando nas finais contra Lita no Cyber Sunday, mas acaba falhando novamente. Nas semanas seguintes Mickie enfrenta Lita em várias lutas de desvantagem, como a que Mickie teve uma de suas mãos amarradas. No Survivor Series, Mickie vence Lita em sua última luta, conseguindo o Women's Championship novamente. A partir daí, Mickie entra em feud com Victoria, perdendo uma luta non-title, as duas então lutam no New Years Revolution, que acaba tendo uma pequena intromissão de Melina, mas com ajuda de Maria e Candice, Mickie retem o título e a partir de Janeiro começa a ter uma feud com Melina.

2007[editar | editar código-fonte]

Mickie e Kelly Kelly após uma tag team match contra Beth Phoenix e Victoria em 2007.

Melina torna-se então, uma concorrente pelo Women's Championship de Mickie. Em 5 de fevereiro de 2007, Mickie consegue defender seu título com sucesso, e se une nas semanas seguintes com Super Crazy nas Tag Team Mixas, contra Melina e Johnny Nitro. Na Raw de 19 de fevereiro, Melina vence Mickie e ganha o Women's Championship.

Mickie não conseguiu recuperar seu título na primeira Falls Count Anywhere match de Divas, se lesionando na luta, porém, não gravemente. Melina acaba tendo uma pequena rivalidade com Ashley, que termina na Wrestlemania 23 com Melina retendo, Mickie volta a rivalizar com a mesma então. Numa house show em Paris, França no dia 24 de abril, há uma Triple Threat Match, pelo Women's Championship, envolvendo além da campeã Melina, Mickie e Victoria. Mickie então faz o pinfall em Victoria, conseguindo o seu 3º reinado, mas Melina acaba tendo uma revanche na mesma noite, já que Mickie havia dado pinfall em Victoria, não em Melina. Devido a isso, Melina consegue recuperar seu título e Mickie havia tido o reinado mais curto da história do Women's Championship, as duas lutam novamente no Backlash, mas Melina retém novamente. Após o Backlash, Mickie deixa a rivalidade pelo Women's Championship e começa a fazer lutas normais, voltando apenas em Junho, ajudando Candice Michelle nas tag teams contra Melina e Victoria. Em Setembro, Mickie começa uma pequena rivalidade com Jillian. Na Survivor Series, Mickie forma um time com Maria, Torrie Wilson, Michelle McCool e Kelly Kelly contra o time de Beth Phoenix que havia se tornado Women's Champion derrotando Candice, e lesionando a mesma em uma rematch, sem uma top face, Mickie volta a competir pelo Women's Championship novamente. No Survivor Series, Mickie dá a vitória ao seu time vencendo Melina com seu novo finisher, Long Kiss Goodnight. Na Raw de 26 de Novembro, Mickie vence Melina, se tornando concorrente pelo título de Beth. Mas acaba perdendo para Beth no Armageddon e em seguida, falha em uma Triple Threat match envolvendo Melina.

2008[editar | editar código-fonte]

Na Raw de 14 de abril de 2008 em Londres, Mickie tem mais uma chance de conseguir o Women's Championship, dessa vez Mickie vence Beth Phoenix, revertendo o Elevated double chickenwing de Beth, em um Wheelbarrow Victory Roll. Com isso Mickie se torna a quarta mulher a ter quatro reinados no Women's Championship (a primeira foi The Fabulous Moolah, seguida de Trish Stratus e Lita). Depois da luta, aos prantos Mickie beija o entrevistador da Raw, Toddy Grisham. Em uma lumberjill match entre Beth e Mickie, Melina acidentalmente, atinge Beth com uma bota, fazendo-a perder a luta pelo título. Na semana seguinte, Beth deixa Melina sozinha durante uma tag team match, pelo feito de Melina ter se esbarrado nela, com isso Mickie e Maria vencem a luta. Logo depois nos vestiários, Melina ataca Beth, tendo seu face turn. No Judgment Day, Mickie enfrenta as duas em uma Triple threat match, Mickie retém ao fazer seu DDT em Melina. Na Draft da Raw do dia 23 de junho, Mickie faz tag com Melina (em seu face turn), representando a Raw, contra Victoria e Natalya, representando a SmackDown. Melina acaba se lesionando na luta, dando a vitória a SmackDown e deixando a feud. Nas semanas seguintes, Mickie entra em fued com a nova aliada de Beth, Katie Lea Burchill, conseguindo vence-la no Night of Champions e em uma edição da Raw. Mickie então recomeça a feud com Beth, dessa vez com apoio de Santino Marella. No Summer Slam, há uma Winner Take All tag team match pelo Intercontinental Championship de Kofi Kingston e o Women's Championship de Mickie (ou seja ambos os títulos estão em jogo), Beth e Santino então vencem e levam os dois títulos. Depois de perder o título, Mickie tem duas rematches mas não consegue recuperá-lo.

Divas Champion, SmackDown e feud com LayCool (2009-2010)[editar | editar código-fonte]

Na Wrestlemania 25 Mickie participa da 25 Divas Battle Royal na qual Santino Marella, transvestido de Santina vence. Mickie duela com Michelle McCool na maior parte do tempo da Battle Royal, sendo que as duas se eliminam ao mesmo tempo. Na Draft da Raw de 15 de abril de 2009, Mickie representa a Raw junto com Kelly Kelly e a Women's Champion Melina, contra a Divas Champion Maryse, Natalya e Michelle McCool representando a brand azul. Numa luta rápida, Michelle acaba nocauteando Mickie, dando vitória a SmackDown. Na Draft, o Divas Championship foi para a Raw, enquanto o Women's Championship para a SmackDown.

Mickie então começa uma rivalidade com a campeã Maryse, após a mesma fazer Mickie perder uma Battle Royal para determinar a concorrente pelo título, Maryse usou spray nos olhos de Mickie durante a Battle Royal, que foi ganha por Kelly Kelly. Na Raw de 8 de junho, Mickie se torna comentarista na rematch entre Kelly e Maryse, na qual a campeã retém novamente, após a luta, Mickie vai ao ringue defender Kelly das provocações de Maryse. Mickie vence uma Fatal four way match envolvendo Rosa Mendes, Beth Phoenix e Kelly Kelly, para determinar a concorrente pelo título, Mickie vence ao nocautear Rosa. No Night of Champions, Mickie vence Maryse, se tornando pela primeira vez Divas Champion, e também a segunda diva a ser Women's e Divas Champion. Durante o verão, Mickie defendeu o título contra Beth Phoenix e Gail Kim, em edições da Raw e logo depois contra Alicia Fox no Hell in a Cell, terminando uma rápida feud com Alicia. Seu reinado no Divas Championship não teve uma feud principal, já que Maryse se lesionou ao perder o título, além de ter sido marcado por botches.

Na Raw no dia 12 de outubro perdeu o seu título para Jillian.

Com isso Mickie James acabou sendo transferida para a SmackDown. Mickie fez seu debut na brand azul, defendendo as Divas da Raw, durante uma conversa entre a Women's Champion Michelle McCool e Chris Jericho sobre o Bragging Rights, já que no pay-per-view, iria haver uma luta entre as Divas da Raw contra as da SmackDown. Mickie faz sua primeira luta na SmackDown, vencendo Layla no dia 23 de outubro. Na semana seguinte, uma ângulo polêmico começou entre Layla e a Women's Champion Michelle McCool contra Mickie, pelo seu peso. Na semana seguinte, Mickie derrota Layla novamente, mas dessa vez, Michelle aparece no tron parodiando os desenhos da Warner Bros, ao chamar Mickie de Piggie James em uma parodia de uma cantiga infantil, fazendo-a sair do ringue em lágrimas. Isso resultou em uma five-on-five elimination tag team match em Novembro, no pay-per-view Survivor Series, Mickie consegue eliminar Beth e Alicia, e no final Michelle é eliminada pela Divas Champion Melina, sendo Mickie e Melina as unicas sobreviventes de seu time e as vencedoras.

No dia 3 de dezembro da SmackDown, Mickie se torna concorrente pelo título de Michelle ao vencer Beth Phoenix e Natalya em uma triple threat match. Após a luta, há uma briga entre Michelle e Layla com Mickie, Maria então retorna a SmackDown salvando Mickie das duas. Na TLC: Tables, Ladders & Chairs, Mickie desafia e perde para Michelle após uma interferência de Layla.

2010[editar | editar código-fonte]

A feud continua, até que na SmackDown do dia 1 de janeiro, Mickie vence Beth após Michelle acertar um chute na mesma por acidente, logo depois, Layla ataca Mickie seguida por Michelle, até que Beth a salva das duas. Mas logo após nocauteia Mickie pelas costas, com seu finisher Glam Slam. Na semana seguinte, após Beth vencer Layla e ser atacada por ela e Michelle, Mickie a salva, e a nocauteia com um Mick Kick, se vingando da semana passada. Na semana seguinte, Mickie e Beth tem uma rematch, desta vez, Mickie vence por DQ, ao ficar inapta para a luta devido aos ataques de Beth, logo após Michelle e Layla invadem o ringue e atacam Mickie indefesa, a nocauteando no final com o finisher de Michelle, Faith Breaker. Numa promo da Smackdown, do dia 22 de janeiro, Michelle e Layla fazem uma festa no ringue para 'Piggie James', então Maria e Mickie vão ao ringue discutir com as duas, causando uma briga entre as duplas, mas Beth aparece e desta vez ajuda Michelle e Layla, após se livrarem de Maria, as três atacam Mickie e a humilham jogando um bolo em formato de porco e ponche, a deixando aos prantos no ringue.

Como Santino ganhou wrestlemania 25, a empresa WWE proclamou que ela não podia ter ganhado a wrestlemania mesmo vestida de mulher, então teve um rematch que foi a TLC com as quatro últimas a caírem no ringue: Mickie James, Melina, Michelle e Beth. Mickie James vence ao nocautear Michelle e se torna a segunda melhor diva da WWE. Na Royal Rumble, Mickie tem sua rematch pelo Women's Championship, Michelle aparece no ringue fazendo sua promo e um resumo da feud, logo depois seguida por Layla vestida de 'Piggie James' (Uma Mickie mais gorda e com nariz de porco), Mickie então aparece, atacando Layla, e 20 segundos após a luta começar, Mickie nocauteia Michelle com seu DDT, se tornando 5 vezes WWE Women's Champion. Após a luta, ela derruba Layla em cima de Michelle, Maria junto com The Bellas Twins, Kelly Kelly, Gail Kim e Eve Torres vão ao ringue e jogam um bolo em cima das duas vilãs. Durante as próximas semanas, a consultora da SmackDown, Vickie Guerrero foi introduzida na feud como aliada do time LayCool (Layla e Michelle McCool), enquanto isso, um ângulo começa com Beth sobre qual lado ela deve se juntar. Nas semanas seguintes, Vickie informa que Michelle tem o direito a uma rematch pelo título, acabando com a chance de Beth lutar com Mickie pelo título, fazendo-a ter seu face turn. No dia 26 de Fevereiro, na edição do SmackDown, Michelle usou sua cláusula de revanche para enfrentar Mickie pelo título, com Vickie agindo como árbitro convidado especial. Depois de Vickie bater no rosto de Mickie, Michelle a nocauteou, recuperando o título.

Em 09 de Março, a WWE.com anunciou que Mickie foi diagnosticada com uma infecção no joelho direito e ficaria fora por três semanas. Ela retornou em 22 de Março edição da Raw, onde ao lado de Kelly Kelly, acompanhou Eve Torres, Beth Phoenix e Gail Kim, em seu esforço a perder para a Women's Champion Michelle McCool, Layla e a Divas Champion Maryse, acompanhadas por Vickie Guerrero e Alicia Fox. Isso resutou numa 10 diva tag team match na Wrestlemania XXVI, durante a luta, Kelly Kelly aplica seu finisher em Vickie, mas logo depois Michelle, invade o ringue e aplica seu finisher em Kelly, Mickie também faz o mesmo e aplica seu DDT em Michelle, logo depois leva o finisher de Layla e todas as divas acabam aplicando seus finishers umas nas outras. No final, Vickie faz um 'hog' splash em Kelly, vencendo a luta. Mickie fez sua ultima aparição na Raw, numa rematch entre os times, onde Eve conseguiu a vitória sobre Maryse. Mickie fez uma luta contra Michelle na SmackDown, mas acabou perdendo. Sua ultima luta foi uma tag team com Beth contra LayCool, aonde Mickie e sua ex-rival perderam.

Ela foi demitida da empresa no dia 22 de abril de 2010.

Circuito Independente (2010)[editar | editar código-fonte]

Mickie fez seu regresso aos ringues participando de um evento da WWC, em parceria com Carlito derrotando ODB e Christopher Daniels. Mickie ganhou executando o Mickie-DDT em Christopher. Em 11 de julho, ela derrotou ODB em uma luta normal. No último dia do mesmo mês, Mickie voltou a uma de suas promoções de início, Maryland Championship Wrestling, derrotando Mia Yim. No mês seguinte, Mickie foi derrotada pela campeã Mercedes Martinez da Women's Superstars Uncensored (WSU).

Retorno a Total Nonstop Action (TNA) (2010-2013)[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de setembro de 2010, foi revelado que Mickie James assinou um contrato com a TNA Wrestling. Aparecendo na empresa no dia 7 de outubro aparecendo no Before The Glory, um episódio especial do TNA Impact!, e foi enunciada como Special Guest Referee no combate entre Madison Rayne, Tara, Velvet Sky e TNA Women's Knockout Champion Angelina Love no pay-per-view Bound for Glory. No pay-per-view Mickie deu a vitória a Tara, que ganhou o título. Logo depois de uma discussão, Mickie aplicou um soco em Madison. Na edição seguinte do Impact!, Tara perdeu o seu título de propósito para Madison, Mickie indignada, deixa claro as suas intenções pelo título. Mickie teve sua primeira luta na semana seguinte derrotando Sarita e logo depois sendo atacada por Tara. Mickie lutou em seu primeiro pay-per-view na TNA, o Turning Point, contra Tara, mas a luta acabou terminando em desqualificação, porque ambas não estavam respeitando as regras da luta, brigando fora do ringue e usando objetos proibidos na luta. No dia 18 de novembro, do Impact! Mickie derrotou Angelina Love, em uma luta para determinar a concorrente pelo título de Madison Rayne. No pay-per-view seguinte, Final Resolution, Mickie foi derrotada por Tara em uma luta Falls Count Anywhere, após Madison a atacar dentro do banheiro com um extintor de incêndio. No episódio seguinte do Impact! Mickie derrotou Tara em uma luta Steel Cage, ou seja em uma jaula de aço, após saltar do topo da jaula num Thesz Press em cima de Tara. No dia 9 de janeiro, no Genesis, Mickie foi derrotada por Madison Rayne, após uma intromissão de Tara. No pay-per-view de mês seguinte, Against All Odds, Mickie teve sua revanche pelo Women's Knockouts Championship, em uma luta, Last Knockout Standing, depois de mais uma interferência de Tara.

James foi liberada de seu contrato com a TNA em setembro de 2013.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Finishing moves
    • Long Kiss Goodnight (Reverse Roundhouse Kick), antecipado por um beijo. - 2007
    • Mickie-DDT ou Mickie - DT(WWE)/ Laree DDT (circuito independente) Múltiplas variações:
      • Standing Tornado DDT (normal)
      • Jumping DDT (normal)
      • Tornado DDT
      • Running Springboard DDT
      • Elevated Tornado DDT (circuito independente)
    • Mick-Kick (Reverse Roundhouse Kick) - 2005 - presente
    • Chick Kick (Roundhouse Kick) - 2006, durante storyline com Trish Stratus
    • Stratusfaction (Springboard Bulldog) - 2006, durante storyline com Trish Stratus
  • Signature moves
  • Mick-a-rana (Rope aided twisting Hurricanrana)
  • Arm Trap Neckbreaker
  • One-handed cartwheel seguido de um Standing Monkey Flip
  • Snapmare seguido por um Baseball Slide na face do oponente
  • Thesz Press seguido de multiplos socos (às vezes em posição de pin)
  • Lou Thesz Press seguido de multiplos socos
  • Victory Roll como Wheelbarrow counter
  • Headscissors Takedown
  • Modified Spinning Arm Drag Takedown e variações 2006 - meados de 2009
  • Bridging Cradle Suplex - 2005 - meados de 2007
  • Sucessão de clothesline, elbow drop e double knife-edge drop
  • Top Rope Sunset Flip
  • Guillotine Hold
  • Sleeper Hold
  • Single Leg Boston Crab
  • Missile Dropkick
  • Diving Crossbody
  • Super Kick
  • Flapjack
  • Sunset Flip
  • Diving Crossbody
  • Hurricanrana
  • Bronco Buster (circuito independente)
  • Texas Cloverleaf (circuito independente)
  • Managers

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

James antes do Torneio WrestleMania Revenge.
Mickie James em seu quarto reinado com WWE Women's Champion.
  • CyberSpace Wrestling Federation
    • CSWF Women's Championship (1 vez)[9]
  • Delaware Championship Wrestling
    • DCW Women's Championship (1 vez)[9]
  • Impact Championship Wrestling
    • ICW Super Juniors Championship (4 vez)[9]
  • Premier Wrestling Federation
    • PWF Universal Women's Championship (5 vez)[9]
  • Southern Championship Wrestling
    • SCW Diva Championship (5 vez)[9]
  • Ultimate Championship Wrestling
    • UCW Women's Championship (5 vez)[9]
  • Ultimate Wrestling Federation
    • UWF Women's Championship (2 vezes)[9]
  • WWE
  • TNA
  • Pro Wrestling Illustrated
    • PWI a colocou em #4 das 50 melhores wrestlers femininas de 2008.
    • PWI a colocou em #1 das 50 melhores wrestlers femininas de 2009.
    • PWI a colocou em #8 das 50 melhores wrestlers femininas de 2010.
    • PWI a colocou em #3 das 50 melhores wrestlers femininas de 2011.
    • PWI a colocou em #16 das 50 melhores wrestlers femininas de 2012.
    • PWI a colocou em #2 das 50 melhores wrestlers femininas de 2013.


Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

  • James é fã de wrestling desde criança e ia a shows com o seu pai. Seus lutadores preferidos são Randy Savage, Ricky Steamboat, Ric Flair e Sherri Martel.
  • Antes de ganhar fama na WWE, James posou nua em maio de 2000 na revista Leg Show.
  • Ela é ex- noiva do WWE Superstar Ken Doane, mais conhecido pelo seu nome no wrestling Kenny Dykstra. Ela também foi anteriormente num período de três anos e meio "namorada" de Joey Mercury e morou com ele na Virginia.
  • Em 13 de abril de 2008, James, juntamente com Layla, Melina e Kelly Kelly, apareceu em um episódio de Celebrity Fit Club Boot Camp.

Referências

  1. Ian Hamilton. Wrestling's Sinking Ship: What Happens to an Industry Without Competition (p.222)
  2. Superstars > Raw > Mickie James > Bio WWE.com. Página visitada em 2007-06-15.
  3. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas WWEProfile
  4. a b c Gerweck Profile gerweck.net. Página visitada em 2007-10-18.
  5. a b Andy Thompson (2007-06-15). Pile-driving Diva's a Hanover horse lover Richmond Times-Dispatch. Página visitada em 2007-06-15.
  6. Home Page of Dory Funk Jr. www.dory-funk.com. Página visitada em 2007-10-18. "Mickie James - Funking Conservatory Alumnus"
  7. Exklusivinterview mit Dory Funk Jr. Genickbruch.com (2005-10-22). Página visitada em 2007-10-18.
  8. Greg Oliver (2006-05-26). Mickie James quick to dish out credit SLAM! Wrestling. Página visitada em 2007-10-18.
  9. a b c d e f g WWE Superstars - Mickie James bodyslamming.com. Página visitada em 2007-11-04.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]