Miguel Thiré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde março de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.


Miguel Thiré
Nome completo Miguel Pesce Thiré
Nascimento 8 de julho de 1982 (32 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Ator
IMDb: (inglês)

Miguel Pesce Thiré (Rio de Janeiro, 8 de julho de 1982) é um ator brasileiro.

Miguel iniciou sua formação aos 10 anos no Teatro O Tablado e desde então trabalha nas áreas de teatro, cinema e teledramaturgia. Na televisão, participou de novelas como “Porto dos Milagres” (2001) – Globo; "Malhação" (2002) - Globo;“Paixões Proibidas” (2007) – Band; “Poder Paralelo” (2009/10) – Record; da série “Sansão e Dalila” (2011) – Record.

No teatro atuou em trabalhos como “Tango, Bolero e Chá-chá-chá” (2000) e “A Babá” (2004) - ambos com direção de Bibi Ferreira; “Otelo” (2008) - dirigida e estrelada por Diogo Vilela; “Serie 21” (2009) - trabalho desenvolvido pela Cia de Teatro Autônomo, sob a direção de Jefferson Miranda; “Macbeth” (2010) - direção de Aderbal Freire Filho; “ Os Altruístas” (2011) - com direção de Guilherme Weber; “O Homem travesseiro”(2012 - em cartaz) - com direção de Bruce Gomlevsky, peça que ganhou 3 prêmios no APTR 2012, dentre eles de "Melhor Espetáculo".

Como diretor teatral, destacou-se em “Doutor, Minha filha não para de dançar” (2005)- com Mateus Solano, parceiro artístico com quem depois criou “2 p/ Viagem”. E em 2006, com “Superiores”, espetáculo indicado ao Prêmio Shell pela pesquisa de linguagem, além de vencedor de três prêmios, incluindo direção, no Festival de Campos dos Goytacazes . No último ano, dois trabalhos se destacaram em criação e direção: “O que você gostaria que ficasse”, criado com o Brecha Coletivo; e “O Cara”, monólogo de teatro essencial com Paulo Mathias Jr.

Atualmente, Miguel está no ar como protagonista da série “Copa Hotel”, do canal GNT.

É filho do também ator Cecil Thiré com a produtora de teatro Norma Thiré, irmão dos atores Luísa Thiré e Carlos Thiré e também do músico João Thiré, netos da atriz Tônia Carrero.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2012 A Memória Que Me Contam
2009 Vida de Balconista
2006 Didi - O Caçador de Tesouros

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
2014 Em Família Gabriel[1] Rede Globo
2013 Copa Hotel Frederico Gonzales (Fred) GNT
2011 Sansão e Dalila Faruk Rede Record
2009 Poder Paralelo Douglas Arno (Dog) Rede Record
2008 Casos e Acasos Adriano Rede Globo
2008 Mateus, o Balconista Oi TV Móvel
2006 Paixões Proibidas Simão de Azevedo Rede Bandeirantes
2006 Cobras & Lagartos Otaviano (jovem) Rede Globo
2002 Malhação Charles Junior Rede Globo
2002 Desejos de Mulher Diogo Rede Globo
2002 O Quinto dos Infernos Augusto de Beauharnais Rede Globo
2001 Porto dos Milagres Alfredo Henrique Rede Globo
2000 Malhação Jacaré Rede Globo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. teledramaturgia.com.br. Em Família (elenco) - Teledramaturgia. Visitado em 11 de janeiro de 2014.