Miklós Laczkovich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miklós Laczkovich
Matemática
Nacionalidade Hungria Húngaro
Nascimento 21 de fevereiro de 1948
Atividade
Campo(s) Matemática
Prêmio(s) Prêmio Ostrowski (1993)

Miklós Laczkovich (21 de fevereiro de 1948) é um matemático húngaro.

Trabalha com análise real e teoria da medida geométrica. Seu resultado mais famoso é a solução do problema círculo-quadrado de Tarski em 1989.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Laczkovich graduou-se em matemática em 1971 na Universidade Eötvös Loránd, onde leciona desde então, dirigindo atualmente o Departamento de Análise. É também professor da University College London. É membro correspondente da Academia de Ciências da Hungria (1993, e membro desde 1998). Foi professor visitante no Reino Unido, Canadá, Itália e Estados Unidos.

Publicou mais de 100 artigos científicos e dois livros, um dos quais, Conjecture and Proof, é um sucesso internacional. Um de seus resultados é a solução do problema de Kemperman: se f é uma função real que satisfaz 2f(x)≤f(x+h)+f(x+2h) para todoh>0, então f é monotonicamente crescente.

Honrarias[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Conjecture and Proof, Mathematical Association of America, 2001

Referências

  1. Ruthen, R. (1989) Squaring the Circle, Scientific American 261(1), 22-24.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.