Millvina Dean

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Millvina Dean
Millvina Dean dando autógrafos na Convenção Titanic em Southampton, abril de 1999
Nome completo Elizabeth Gladys Millvina Dean
Nascimento 2 de fevereiro de 1912
Branscombe, Devon, Inglaterra,  Reino Unido
Morte 31 de maio de 2009 (97 anos)
Ashurst, Hampshire,  Reino Unido
Nacionalidade Britânica

Elizabeth Gladys Millvina Dean (Branscombe, 2 de fevereiro de 1912Ashurst, 31 de maio de 2009) foi a última sobrevivente do naufrágio do RMS Titanic, ocorrido a 15 de abril de 1912. Com 2 meses e 13 dias de idade, ela era a mais jovem passageira do navio.[1]

Família[editar | editar código-fonte]

Millvina Dean nasceu em Branscombe, Devon, Inglaterra, filha de Bertram Frank Dean e Georgette Eva Light, e tinha um irmão, Bertram Vere Dean (21 de maio de 1910—14 de abril de 1992). Sua mãe morreu em 16 de setembro de 1975, aos 96 anos, e Bertram Vere morreu aos 81, em 14 de abril de 1992, exatamente 80 anos após o Titanic ser atingido pelo iceberg. O pai morrera no naufrágio, em 15 de abril de 1912. Dean jamais casou, nem teve filhos.[2]

A viagem do Titanic[editar | editar código-fonte]

A familia Dean embarcou no navio Titanic para emigrar para os Estados Unidos da América.
Cabine de 3ª classe do Titanic

Os pais de Dean decidiram deixar a Inglaterra e emigrar para Wichita, Kansas, onde abririam um comércio de tabaco.[3] Os Deans não deveriam estar a bordo do Titanic, mas devido a uma greve dos trabalhadores do carvão, foram transferidos para o navio e embarcaram como passageiros de terceira classe em Southampton, na Inglaterra.

Dean tinha 2 meses de idade quando entrou no navio, e seu irmão Bertram dois anos. Seu pai sentiu colisão do navio com o iceberg, na noite de 14 de abril de 1912 e, depois de investigar, retornou à sua cabine dizendo a sua esposa para vestir os filhos e ir para o convés. Dean, sua mãe e irmão foram colocados no bote salva-vidas nº 10 e estavam entre os primeiros passageiros para escapar do naufrágio.[4] No entanto, esta versão pode ser errônea, e há outras sugerindo o desaparecimento trasnitório do irmão de Millvina, que é encontrado mais tarde, a bordo do Carpathia. Também é possível que Dean tenha embarcado no bote salva-vidas nº 13, ou jangada C, que saiu no final da tarde. De sua viagem de canoa, Eva Dean lembrava que um homem chinês conseguira embarcar,[5] para o desespero de mulheres que deixaram seus maridos a bordo, e uma mulher não deixa de lamentar ter perdido sua colcha. No entanto, presume-se que o bote nº 10 é o mais plausível em vista dos vários testemunhos e relatórios, e Dean teria então sido resgatada pelo Carpathia pelas seis horas da manhã. Como todas as crianças sobreviventes, ela é colocada a bordo em uma sacola de lona. Enquanto isso o pai está a bordo, e morre no navio. Seu corpo não foi recuperado, ou pelo menos identificado.

Retorno à Inglaterra[editar | editar código-fonte]

Millvina Dean, à direita, e seu irmão Bertram

Inicialmente, a mãe de Dean quis continuar no Kansas para cumprir o desejo do marido de uma nova vida nos Estados Unidos. No entanto, depois de perder o marido e ficar com duas crianças pequenas, voltaram para a Inglaterra a bordo do RMS Adriatic (1907). Enquanto estava no navio, Dean atraiu muita atenção. Um artigo do Daily Mirror, datado de 12 de maio de 1912 descrevia:

[She] was the pet of the liner during the voyage, and so keen was the rivalry between women to nurse this lovable mite of humanity that one of the officers decreed that first and second class passengers might hold her in turn for no more than ten minutes.[6] [7]

Educação e carreira[editar | editar código-fonte]

Millvina e Bertram Dean estudaram nas escolas de Southampton, incluindo a The Gregg School. Até os oito anos, quando sua mãe estava planejando se casar novamente, que foi revelado que Dean tinha sido um dos passageiros do Titanic.

Dean trabalhou para o governo britânico durante a Segunda Guerra Mundial e posteriormente para uma empresa de engenharia local. Outras carreiras foram cartógrafa, secretária e assistente de uma tabacaria...

Vida posterior[editar | editar código-fonte]

Só após estar na faixa dos setenta anos que Dean se envolveu em eventos sobre o Titanic. Ao longo dos anos, ela participou de inúmeras convenções, exposições, documentários, entrevistas de rádio e televisão, e correspondência pessoal. Em 1998, Dean viajou para os Estados Unidos para participar de uma convenção Titanic em Springfield, Massachusetts, e outro em 1999, em Montreal. Ela também estava programada para aparecer em uma comemoração dos 94 anos do Titanic, em 2006, mas uma fratura no quadril impediu sua participação.[8] Ela também apareceu no especial da "History (TV canal)", Titanic's Final Moments: Missing Pieces.

Em outubro de 2007, ela se tornou a última sobrevivente do Titanic, após a morte de Barbara West Dainton, que morrera aos 96 anos na Inglaterra.

Doctor Who[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2007, Dean criticou o BBC por supostamente ter zombado da tragédia em um episódio especial de Natal do Doctor Who, “Voyage of the Damned”, que envolve uma nave de cruzeiro interestelar chamada Titanic, similar na aparência ao evento histórico, embora ela não tivesse visto o programa. Falando, em sua casa de repouso, ela comentou: The "Titanic" was a tragedy which tore so many families apart. I lost my father and he lies on that wreck. I think it is disrespectful to make entertainment of such a tragedy.[9] [10] Um porta-voz do show respondeu: No offence was intended. 'Voyage of the Damned' is set on a spaceship called "The Titanic" and not a boat.[9] [11]

Doença e morte[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2008, Dean aceitara um convite para participar de um evento em Southampton, em comemoração do 96º aniversário do navio, mas adoeceu, com uma infecção respiratória que a forçou a cancelar a participação.[12]

Em dezembro de 2008, aos 96 anos, Dean foi forçada a vender várias lembranças de família para pagar tratamento médico, e entre esses pertences estava uma carta mandada para sua mãe pelo Titanic Relief Fund, e uma mala dada a ela e sua mãe em Nova York, após o naufrágio do navio. Sua venda levantou cerca de £32,000. Em fevereiro de 2009, ela anunciou que venderia mais pertences para os custos do tratamento médico.[13] Aos 97 anos, morreu de pneumonia na manhã de 31 de maio de 2009, o 98º aniversário do naufrágio do Titanic[14] em um lar de idosos, em Ashurst, Hampshire.[1]

Em 24 de outubro de 2009, as cinzas crematórias de Dean foram espalhadas por um barco nas docas de Southampton, de onde o Titanic zarpou.[15]

O "Fundo Millvina"[editar | editar código-fonte]

Em resposta à escalada do custo dos cuidados de saúde de Dean,o Fundo Millvina foi criado em abril de 2009 pela "Belfast, Reino Unido e Sociedades Internacionais Titanic", com a finalidade exclusiva de cuidar das contas de Dean no lar dos idosos. O Fundo foi iniciado por um impulso do autor irlandês e jornalista Don Mullan, na abertura de sua exposição fotográfica Nokia em todo o mundo, "A Thousand Reasons for Living", (com um retrato de Millvina Dean) em Dublin, em 22 de abril de 2009.[16] Mullan introduziu um retrato adicional das mãos de Dean, quando ela assinou um cartão para um coletor de autógrafos do Titanic, que ele produziu como uma edição limitada de 100 cópias. Ele fez a edição disponível em 500 € cada e, em seguida, desafiou o diretor e as estrelas do filme Titanic; James Cameron, Leonardo DiCaprio, Kate Winslet, a cantora Celine Dion e as corporações Sony Music, 20th Century Fox e Paramount Pictures para apoiar Dean com suas contas.[17] [18] DiCaprio e Winslet ajudaram com uma contribuição conjunta de US$ 20.000; Cameron e Dion doaram US$ 10.000 cada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Last Titantic survivor dies aged 97. BBC News (31 May 2009). Página visitada em 31 May 2009.
  2. Sale fails to bail out last Titanic survivor. CNN (20 April 2009). Página visitada em 31 May 2009.
  3. Mr Bertram Frank Dean - Titanic Biography. Encyclopedia Titanica. Página visitada em 31 May 2009.
  4. O primeiro passageiro da terceira classe primeiro a escapar do navio foi Fahim Leeni no bote salva-vidas nº 6. Neshan Krekorian e Florença "Kate" Thorneycroft eram dois companheiros de viagem que escaparam no Barco 10, com os Deans
  5. « Mrs Eva Georgetta Dean », Encyclopedia Titanica. Consulté le 12 janvier 2010
  6. Miss Elizabeth Gladys Dean - Millvina Dean - Biography of the last living Titanic survivor. Encyclopedia Titanica. Página visitada em 31 May 2009.
  7. [Ela] era o animal de estimação durante a viagem, e tão forte era a rivalidade entre as mulheres para cuidarem desse louvável mito da humanidade, que um dos oficiais decretou que os passageiros de primeira e segunda classe poderia segurá-la não mais do que 10 minutos por vez
  8. Titanic survivor gets mayoral tribute. Basingstoke Gazette (7 May 2007). Página visitada em 31 May 2009.
  9. a b Doctor Who Slammed By Titanic Survivor. Daily Record (Scotland) (22 December 2007). Página visitada em 31 May 2009. Cópia arquivada em 25 December 2007.
  10. ”O Titanic foi uma tragédia que atingiu e separou tantas famílias. Eu perdi meu pai e ele encontra-se em que destroços. Eu acho que é desrespeitoso tornar entretenimento uma tragédia”
  11. "Nenhuma ofensa se pretendeu. "Voyage of the Damned" é definido como uma nave espacial chamada Titanic, e não um barco”
  12. Keith Hamilton (9 April 2008). Millvina Dean to miss Titanic commemorations. Southern Daily Echo. Página visitada em 31 May 2009.
  13. Linda McKee (6 February 2009). Titanic sale survivor sells memorabilia. Belfast Telegraph. Página visitada em 31 May 2009.
  14. Burgess, Kaya (1 June 2009). Millvina Dean, last remaining survivor of the Titanic, dies aged 97. The Times. Página visitada em 24 October 2009.
  15. Ashes of last Titanic survivor scattered. The Belfast Telegraph (24 October 2009). Página visitada em 24 October 2009.
  16. Don Mullan's Nokia exhibit
  17. "Movie stars help Titanic survivor", BBC News, 11 May 2009. Página visitada em 11 May 2009.
  18. Alison O'Riordan. "Stars to the rescue as last Titanic survivor struggles to stay afloat", Sunday Independent, 10 May 2009. Página visitada em 31 May 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.