Milonga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Milonga Music Group tocando em Buenos Aires

Milonga é um estilo de música tradicional em várias partes da América Latina e na Espanha. Deriva da habanera e da guajira cubana e flamenca, assim como o tango. É o ritmo nacional da Argentina, do Uruguai e do Rio Grande do Sul. É também conhecido por Molonga.

A milonga originou-se de uma forma de canto e dança da Andaluzia, Espanha, que, nos fins do século XIX, popularizou-se nos subúrbios de Montevidéu e Buenos Aires, nascendo assim o tango. Há versões que atribuem origem africana, tanto que defendem que o termo milonga significaria "palavras" em Bantu.

No livro "Nkissi Tata Dia Nguzu" de Sérgio Paulo Adolfo, é dito que, no Candomblé, o termo "milonga" - oriundo do quimbundo - é utilizado como sinônimo de "mistura" ou "sincretismo". (p.44).

Também são chamados milongas os bailes onde se dança o Tango e, por extensão, aos locais onde esses bailes se realizam. Tradicionalmente, numa milonga baila-se o Tango, a milonga e o vals cruzado, ou vals argentino (uma variante da valsa Vienense). Outros ritmos típicos que se podem encontrar numa milonga, são chacarera e a zamba.[1]

É a música com que os cantores sul-americanos expressam suas emoções - geralmente o amor - junto com o chamamé. As roupas que as mulheres usam são saias ate o pé e os homens terno(como no tango)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.