Minério

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minério de ferro bandeado

Minerio (do latim minra, mina) é um mineral que é economicamente autossustentável para a sua prospecção e exploração industrial (mineração).

A sua exploração pode ser feita a céu aberto ou ser subterrânea.

O ferro é um metal. Ele costuma ser extraído de um mineral chamado hematita. A hematite é formada principalmente por ferro combinando com o oxigênio. Os minerais dos quais são extraídos metais e outros produtos com vantagem económica são chamados minérios. Desse modo, dizemos que a hematita é um minério de ferro; e o ferro, por sua vez, é um metal. Já a galena é um minério de chumbo, a esfalerita é um minério de zinco, etc.

Os minérios mais comuns ocorrem sob a forma de óxidos, sulfetos, silicatos ou por metais nativos, associados (ou não) a outros minerais como, por exemplo, cobre e ouro.

Os corpos de minério são formados por uma variedade de processos geológicos.

São os minérios que compõem as rochas, por isso os minérios são extraídos das mesmas.

Exemplos de minérios em alguns continentes[editar | editar código-fonte]

(*) - Coltan é uma abreviatura. É o nome dado à mistura constituída pelos minérios columbita - (Fe,Mn)Nb2O6 - e tantalita - (Fe,Mn)Ta2O6.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.