Minas perdidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As minas perdidas são variações das lendas populares sobre "Tesouros Enterrados" ou "Tesouros Perdidos". As minas perdidas geralmente escondem fortunas em metais preciosos, tais como ouro, prata ou diamantes. O seu paradeiro é desconhecido, embora os mapas e histórias da localização sejam fartos. Quase todos são falsos, mas há os verdadeiros que precisam ser decodificados, pois geralmente são compostos de enigmas e referências da época.

As histórias sobre minas perdidas, geralmente trazem os seguintes elementos:

  • A mina é descoberta e garimpada por um trabalhador eremita, que morre sem dizer a localização.
  • A mina é conhecida dos povos nativos que se recusam a dar a localização exata.
  • A mina é descoberta em uma região remota, mas quando seus descobridores retornam para explorá-la não encontram mais a localização.
  • O descobridor morre e quando seu corpo é descoberto, geralmente traz alguma pista ou riqueza que prova sua descoberta.
  • Os descobridores são mortos por nativos hostis, que depois ocultam a entrada da mina.
  • Nas colônias espanholas do Novo Mundo, muitas minas foram exploradas sob a supervisão dos padres Jesuitas, antes deles serem expulsos em 1767.

Algumas lendas sobre minas perdidas possuem embasamento histórico; enquanto outras são totalmente fantasiosas. Mas as histórias continuam a render inúmeras publicações populares, além de filmes e quadrinhos.

Lista das lendas sobre minas perdidas[editar | editar código-fonte]

África[editar | editar código-fonte]

Austrália[editar | editar código-fonte]

  • Recifes de Lasseter (Lasseter's Reef)

Bolívia[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Colômbia[editar | editar código-fonte]

  • Mina Chivor, uma mina de esmeraldas perdida por 200 anos, quando foi redescoberta 1

México[editar | editar código-fonte]

  • Mina de Diamantes perdida de Vicente Guerrero
  • Mina Perdida de Naranjal
  • Planchas de Plata, Sonora, (também chamada de Bolas de Plata). Periodicamente dada como perdida, sua localização é bem documentada.
  • Mina de Prata de Tayopa, Sonora

Estados Unidos da América[editar | editar código-fonte]

  • Mina de Ouro do Holandês, Arizona
  • Mina com a porta de ferro, Arizona
  • Mina Perdida de Pegleg, Califórnia; supostamente encontrada pelo montanhês "Pegleg" Smith
  • Mina Perdida de Breyfogle, Califórnia ou Nevada
  • Mina Secreta de Death Valley Scotty, Califórnia or Nevada
  • Mina Perdida Gunsight, Califórnia ou Nevada
  • Adams Diggings, Novo México ou Arizona
  • Mina Perdida Blue Bucket, Oregon
  • Mina de Prata Swift, Kentucky ou Tennessee
  • Mina Perdida de San Saba (também conhecida como Mina Perdida de Bowie ou Mina Perdida Almagres, Texas)
  • Mina Perdida Rhoades, Utah
  • Mina Perdida do Padre, várias localizações nos EUA
  • Mina Perdida Cabin, várias localizações nos EUA
  • Mina dos dois franceses, Oregon

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. I. A. Mumme (1982) The Emerald, Port Hacking, New South Wales: Mumme Publications, p.21-22.