Miniopterus brachytragos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaMiniopterus brachytragos
Taxocaixa sem imagem
Estado de conservação
Não avaliada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Chiroptera
Família: Miniopteridae
Género: Miniopterus
Espécie: M. brachytragos
Nome binomial
Miniopterus brachytragos
Goodman et al., 2009
Distribuição geográfica
Miniopterus brachytragos range.svg

Miniopterus brachytragos é uma espécie de morcego da família Miniopteridae. Endêmica de Madagascar. As populações desta espécie foram historicamente incluídas em Miniopterus manavi, mas estudos moleculares publicados em 2008 e 2009 indicaram que esta suposta espécie consistia em cinco espécies distintas, incluindo M. brachytragos. A espécie têm sido encontrada em florestas secas e úmidas em altitudes de 320 m ao nível do mar.

Miniopterus mahafaliensis é pequeno e de coloração marrom escura no ventre e acastanhada no dorso. O trago é curto. O uropatágio é hirsuto e o palato côncavo.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Durante a década de 2000, estudos moleculares revelaram que o gênero Miniopterus, amplamente distribuído na África, Eurásia e Austrália, era muito mais rico em espécies do que previamente conhecido. Em uma publicação de 1995, Faune de Madagascar, Randolph Peterson e colaboradores listaram quatro espécies de Miniopterus em Madagascar e nas ilhas Comoros, incluindo o M. manavi com uma distribuição ampla, ocorrendo tanto em Madagascar como em Comoros.[1] Em 2008 e 2009, entretanto, Steven Goodman e colaboradores apresentaram evidências que o antigo conceito de M. manavi compreendia cinco espécies distintas morfológica e geneticamente.[2] [3] [4] estas incluíam M. manavi restrito ao Platô Central, M. griveaudi e M. aelleni nas ilhas Comoros e no norte e oeste de Madagascar, M. mahafaliensis no sudoeste e M. brachytragos no norte e oeste da ilha.[5] [6] As cinco espécies reconhecidas do complexo M. manavi não são estritamente relacionadas entre si, mas aparentemente adquiriram suas similaridades através de convergência evolutiva.[7] Em algumas localidades (como na Reserva Natural de Tsingy de Namoroka) quatro espécies crípticas do complexo M. manavi, incluindo o M. brachytragos, podem ser encontradas em simpatria, ou seja, no mesma área geográfica.[8]

Miniopterus brachytragos foi descrito como uma espécie nova em 2009 por Goodman e colaboradores.[9] O epíteto específico combina as palavras em grego antigo reek]] brachys "curto" e tragos "cabra" e refere-se ao trago curto, uma das principais características distinguíveis da espécie.[10] Análises das sequências de genes do citocromo b do DNA mitocondrial sugerem que o M. brachytragos é mais relacionado com o clado M. manavi e com outras espécies malgaxes, M. petersoni.[11] Há alguma variação dentro da espécie - o indivíduo mais distinto, da ilha de Nosy Komba, difere cerca de 2.1% de outros indivíduos da mesma espécie em sua sequência do citocromo b — mas Goodman e colaboradores julgaram as amostras insuficientes para formur uma conclusão clara sobre a estrutura filogeográfica dentro da espécie.[12]

Distribuição geográfica e habitat[editar | editar código-fonte]

Miniopterus brachytragos é encontrado em vários tipos de habitats. Na região de Namoroka, ele tem sido registrado em altitudes de 100 a 200 m em florestas decíduas secas e florestas de galeria. Outro espécime foi capturado numa região de carste em Bemaraha. Perto de Daraina, no noroeste, a espécie ocorre na floresta úmida de planícies associada a floresta seca a 320 m de altitude. Em outro local no noroeste, na península Masoala, ele é encontrado em floresta de galeria de planícies ao nível do mar. Em Nosy Komba, seu habitat consiste de floresta seca associada com Mangifera indica, introduzida na área.[13]

Description[editar | editar código-fonte]

Miniopterus brachytragos é um morcego pequeno, de cauda curta com pelagem esparsa. A coloração da pelagem do ventre é marrom escura e no dorso é acastanhado.[14] Miniopterus mahafaliensis é similar em coloração, mas outros Miniopterus pequenos são mais escuros.[15] As orelhas são parcialmente hirsutas na porção superior, mas virtualmente glabras na inferior e terminam de forma arredondada.[16] O trago é curto e tem uma base larga, algumas vezes com uma crista na lateral. Ele termina em uma extremidade pontuda e ligeiramente arredondada, que é coberta com pelos finos e pouco perceptíveis.[17] O curto trago é uma característica que facilmente o diferencia das demais espécies de Miniopterus.[18] A membrana da asa é marrom, mas o uropatágio é mais claro. As membranas da asa e o uropatágio são fixados na porção superior da perna no mesmo nível, acima do joelho. O uropatágio é relativamente coberto de pelos, particularmente na porção superior.[19] M. manavi e M. mahafaliensis também têm um uropatágio densamente hirsuto, mas o M. aelleni e M. griveaudi é apenas esparsamente coberto de pelos ou totalmente glabros.[20]

Em 28 de 30 espécimes mensurados por Goodman e colegas, o comprimento total foi de 83 a 92 mm, com média de 87.4 mm; o comprimento da cauda foi de 38 a 43 mm, com média de 40.2 mm; o comprimento do membro inferior foi de 5 a 6 mm, com média de 5.8 mm; o comprimento do trago foi de 3 a 4 mm, com média de 3.9 mm; o comprimento da orelha foi de 9 a 11 mm, com média de 10.0 mm; o comprimento do braço foi de 35 a 38 mm, com média de 36.6 mm; e o peso corporal foi de 2.9 a 6.3 g, com média de 4.3 g.[21] Não há evidência para um dimorfismo sexual acentuado.[22]

No crânio, o rostro é curto, em relação as outras espécies do gênero, e em formato linear.[23] O sulco central na depressão nasal é relativamente largo e profundo. Os ossos frontais são ligeiramente arredondados e ostentam uma indistinta crista sagital. A crista lambdoide também é pouco desenvolvida.[24] A porção média do palato é côncava, ao invés de plana como no M. aelleni e M. manavi.[25] Na margem dorsal do palato encontra-se a curta e rombuda espinha palatal posterior. Miniopterus brachytragos têm 36 dentes e sua fórmula dentária é: Superior: 2.1.2.3 / Inferior: 3.1.3.3. Como característico dos Miniopterus, o primeiro molar superior (P1) é menor e mais simplificado que o segundo (P2).[26]

Ecologia[editar | editar código-fonte]

Pouco se conhece sobre a ecologia do M. brachytragos, mas as espécies de Miniopterus geralmente se alimentam de insetos, reproduzem-se sazonalmente e vivem em grandes colônias em cavernas.[27]

Referências

Literatura citada[editar | editar código-fonte]

  • GOODMAN, S.M.; MAMINIRINA, C.P.; WEYENETH, N.; BRADMAN, H.M.; CHRISTIDIS, L.; RUEDI, M.; APPLETON, B.. (2009a). "The use of molecular and morphological characters to resolve the taxonomic identity of cryptic species: the case of Miniopterus manavi (Chiroptera: Miniopteridae)". Zoologica Scripta 38: 339–363.
  • GOODMAN, S.M.; MAMINIRINA, C.P.; BRADMAN, H.M.; CHRISTIDIS, L.; APPLETON, B.. (2009). "The use of molecular phylogenetic and morphological tools to identify cryptic and paraphyletic species: examples from the diminutive long-fingered bats (Chiroptera: Miniopteridae: Miniopterus) on Madagascar". American Museum Novitates 3669: 1-34.
  • Nowak, R.M. 1994. Walker's Bats of the World. Baltimore: The Johns Hopkins University Press, 287 pp. ISBN 978-0-8018-4986-2
  • WEYENETH, N.; GOODMAN, S.M.; STANLEY, W.T.; RUEDI, M.. (2008). "The biogeography of Miniopterus bats (Chiroptera: Miniopteridae) from the Comoro Archipelago inferred from mitochondrial DNA". Molecular Ecology 17: 5205–5219.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Miniopterus brachytragos