Minoru Niizuma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Minoru Niizuma (Tóquio, 1930 - Long Island, Estados Unidos da América, 5 de Setembro de 1998) foi um escultor japonês, naturalizado norte-americano. Completou os seus estudos na Universidade Nacional de Belas-Artes e Música de Tóquio, em 1955, e expôs com a Associação de Arte Moderna japonesa, de 1954 a 1958. Transferiu-se para Nova Iorque, em 1959, e foi instrutor no Brooklyn Museum Art School, de 1964 a 1970. Foi professor adjunto na Universidade de Columbia, de 1972 a 1984. Niizuma trabalhou em mármore, granito, basalto e outros materiais. A sua obra reflecte, muitas vezes, a influência da arte oriental e da arte contemporânea ocidental. Está representado em alguns dos principais museus do mundo. Em Portugal, encontra-se presente na Fundação Calouste Gulbenkian. A sua obra, "Açores" (1987), em basalto, realizada para o I Simpósio Internacional de Escultura em Pedra, que teve lugar na ilha de São Miguel, encontra-se, actualmente, junto à Praia das Milícias, em Ponta Delgada.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.