Minstrel in the Gallery

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minstrel in the Gallery
Álbum de estúdio de Jethro Tull
Lançamento 5 de setembro de 1975
Gravação 1974-1975
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 44:50
Gravadora(s) Chrysalis Records
Produção Ian Anderson
Cronologia de Jethro Tull
Último
Último
War Child
(1974)
Too Old to Rock 'n' Roll: Too Young to Die!
(1976)
Próximo
Próximo
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic [1] 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg

Minstrel In The Gallery é o oitavo álbum de estúdio da banda britânica Jethro Tull.[1] Foi lançado em setembro de 1975 e alcançou o sétimo lugar nas paradas de álbuns pop da Billboard.

Este álbum foi remasterizado e relançado com cinco faixas bônus em novembro de 2002, trazendo também versões ao vivo de "Minstrel in the Gallery" e "Cold Wind to Valhalla".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Minstrel In The Gallery" - 8:13
  2. "Cold Wind To Valhalla" - 4:19
  3. "Black Satin Dancer" - 6:52
  4. "Requiem" - 3:45
  5. "One White Duck / 010 = Nothing At All" - 4:37
  6. "Baker St. Muse" - 16:39
  7. "Grace" - 0:50
Faixas bónus
  1. "Summerday Sands" - 3:44
  2. "March the Mad Scientist" - 1:48
  3. "Pan Dance" - 3:25
  4. "Minstrel in the Gallery" - 2:11
  5. "Cold Wind to Valhalla" - 1:32

Personnel[2] [editar | editar código-fonte]

Pessoal adicional
  • David Palmer – arranjos orquestrais e condução
    • Rita Eddowes, Elizabeth Edwards, Patrick Halling and Bridget Procter - violinos
    • Katharine Tullborn - violoncelo
  • Brian Ward - fotos
  • Ron Kriss e J.E. Garnett - capa, baseada em um trabalho de Joseph Nash
  • Robin Black - engenheiro de som

Referências

  1. a b "Minstrel in the Gallery". Allmusic
  2. (1975). "Anotações de Ministrel in the Gallery". Em Ministrel in the Gallery [Capa do discor]. Chrysalis.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]