Minutemen (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minutemen
Informação geral
Origem San Pedro, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pós-punk
Rock alternativo
Hardcore punk
Punk rock
Período em atividade 19801985
Gravadora(s) SST Records
New Alliance Records
Afiliação(ões) The Reactionaries
fIREHOSE
Dos
Unknown Instructors
The Stooges
Minuteflag
Integrantes
D. Boon
Mike Watt
George Hurley

O Minutemen foi uma banda punk estadunidense formada em San Pedro, Califórnia, em 1980. Composta pelo guitarrista D. Boon, pelo baixista Mike Watt e pelo baterista George Hurley, o Minutemen gravou quatro álbuns. Com a morte do guitarrista D. Boon, em dezembro de 1985, vitimado por um acidente automobilístico, o Minutemen chegou ao fim. Eles eram notados na comunidade punk californiana devido à filosofia "jamming econo", um senso de calmaria refletido em suas turnês e apresentações, enquanto suas atitudes ecléticas e experimentais influenciaram bastante no desenvolvimento do rock.

Formação[editar | editar código-fonte]

A história do Minutemen começou quando D. Boon e Mike Watt se conheceram aos 13 anos de idade. Watt estava andando em um parque de sua cidade natal, San Pedro, na Califórnia, quando Boon, que brincava com outros garotos, caiu de cima de uma árvore, bem próxima à Watt.1 Ambos garotos dividiam uma paixão pela música. Foi a mãe de D. Boon que o ensinou a tocar guitarra e sugeriu a Watt que ele aprendesse a tocar baixo. Entretanto, a princípo, Watt não sabia nem mesmo o que era um baixo.2 Ambos, eventualmente, começaram a tocar música juntos, sendo que a maior parte do repertório deles era formada por covers de artistas e bandas que eles admiravam. No verão de 1973, Watt e Boon formaram o "Bright Orange Band", com Joe, o irmão de D. Boon, na bateria. Em 1976, eles descobriram o punk, mas um acontecimento marcaria Boon pelo resto de sua vida: o falecimento de sua mãe, que leva a "Bright Orange Band" ao fim. No ano seguinte, Boon e Watt juntaram-se a uma banda chamada "Starstruck".3 No entanto, com o fim da banda, Boon e Watt conheceram o baterista George Hurley e, assim, acabaram por fomar o "The Reactionaries", com Martin Tamburovich no papel de vocalista.

As bandas realmente não duravam muito tempo, e, após o fim do "The Reactionaries", Boon e Watt formaram, em janeiro de 1980, o Minutemen. Após um mês com o Minutemen tocando sem baterista, período fértil em que Boon e Watt escreveram as primeiras músicas, a banda ensaiou e fez alguns shows com Frank Tonche na bateria. Originalmente o grupo queria que o baterista George Hurley tocasse bateria para eles, mas, com o fim da antiga "The Reactionaries", ele havia entrado em uma banda de new wave chamada "Hey Taxi". Tonche saiu do grupo, dizendo que o público não estava gostando do som da banda, e, em junho de 1980, George Hurley finalmente assumiu a bateria do Minutemen. A primeira grande aparição do Minutemen foi abrindo um show para o "Black Flag".

Começo[editar | editar código-fonte]

Greg Ginn, do Black Flag, e a SST Records, produziu o primeiro EP (de 7 polegadas) do Minutemen, o chamado "Paranoid Time", o que solidificou o estilo éclético da banda. Como diversas bandas punk faziam na época, a banda começou a vender os seus EP em shows e também em algumas pequenas lojas locais. Eles obtiveram grane êxito na cena hardcore. Após outros lançamentos em EP, a banda começou a se tornar bastante popular na cena uderground.

Logo no início, o grupo tornou-se mais "Mersh" (gíria para "comercial"), trazendo mais solos de guitarra, coros e fade-outs. Mas, no momento de seu segundo LP, "What Makes a Man Start Fires?", que, por sinal, conseguiu chamar bastante atenção da imprensa alternativa e underground, eles mostraram que eram parte do som da banda, apesar de manter suas raízes punks e experimentais. Eles continuaram fazendo turnês, que inclui também a maior turnê já feita por eles; uma apresentação dupla na Europa, juntamente com o "Black Flag". A longa turnê deixou o Minutemen com um ar de banda séria e fizeram também com que eles ficassem mais respeitados. Mais tarde, em 1983, eles lançaram o terceiro LP, "Buzz or Howl Under the Influence of Heat".

O Minutemen conseguiu bastante atenção também com o lançamento do álbum duplo, "Double Nickels on the Dime", de 1984. Esse álbum é citado como um dos mais álbuns mais inovativos do rock underground americano dos anos 80. Nesse álbum também, eles co-escreveram músicas com outros músicos conhecidos, tais como Henry Rollins, Chuck Dukowski e Joe Baiza. Já em 1985, eles lançaram a sua gravação mais comercial: "Project: Mersh". Embora o álbum também tenha conseguido atenção, certa fama e prestígio, as vendas foram bem mais fracas do que o álbum anterior. Eles continuaram fazendo turnês e, após o lançamento do álbum "3-Way Tie (For Last)", eles decidiram dar um pequeno tempo. Na sua última turnê, eles tocaram com o R.E.M., outra banda que, na época, ainda estava começando. O último show do Minutemen foi em Charlotte, na Carolina do Norte, no dia 13 de dezembro de 1985.

A Morte de D. Boon[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de dezembro de 1985, Boon foi vitimado por um acidente de van, colocando o fim no Minutemen. Watt caiu em depressão profunda, mas foi convencido pelo Sonic Youth a continuar tocando. Toda forma de mídia em que Watt atua (ou acaba fazendo parte) é dedicada à D. Boon.

Jackass[editar | editar código-fonte]

  • A banda também é conhecida pela música "Corona", que é o tema da série e do filme americano Jackass.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

EP (Extended Plays)[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]